Menu
2020-02-28T11:22:36-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
olho no balanço

Companhia alemã de produtos químicos, Basf tem lucro de US$ 164 milhões no quarto trimestre; ações caem 4,5%

Com o resultado, a empresa acumula queda na receita pelo terceiro período trimestral consecutivo e recuo no lucro por dois trimestres seguidos

28 de fevereiro de 2020
11:22
basf
Imagem: Shutterstock

A companhia alemã de produtos químicos Basf informou nesta sexta-feira, 28, que obteve lucro líquido de 150 milhões de euros (cerca de US$ 164,2 milhões) no quarto trimestre de 2019. O resultado representa queda de 56,5% na comparação com igual período do ano anterior, quando foi reportado lucro líquido de 345 milhões de euros.

Após a divulgação dos resultados financeiros, as ações da companhia operavam em queda de 4,49% na Bolsa de Frankfurt, sendo negociadas a 53,33 euros às 9h30 de Brasília.

Já o Ebitda aumentou 14,6%, de 1,30 bilhão de euros para 1,49 bilhão de euros. O Ebit (lucro antes de juros e impostos) excluindo itens especiais avançou 23% para 765 milhões de euros no quarto trimestre de 2019 ante 621 milhões obtidos no quarto trimestre de 2018.

As vendas caíram 2% no período, para 14,69 bilhões de euros, ante 14,99 bilhões de euros em igual período do ano anterior. Na Divisão de Soluções Agrícolas, as vendas da Basf no quarto trimestre de 2019 aumentaram 7,4%, de 1,684 bilhão de euros para 1,808 bilhão de euros.

A companhia também registrou melhor desempenho no Ebit excluindo itens especiais do segmento, com avanço de 323% de 38 milhões de euros para 161 milhões de euros.

"Os ativos e negócios adquiridos da Bayer tiveram um desempenho muito bom em 2019. Eles contribuíram significativamente para o aumento de vendas e ganhos", o CEO da multinacional alemã, Martin Brudermüller, em comunicado divulgado para a imprensa e investidores.

Analistas consultados pela própria empresa previam Ebit (lucro antes de juros e impostos) excluindo itens especiais de 655 milhão de euros e receita de 15,11 bilhões de euros.

Com o resultado obtidos no quarto trimestre, a Basf acumula queda na receita pelo terceiro período trimestral consecutivo e recuo no lucro por dois trimestres seguidos.

Brexit

A companhia afirmou que o seu desempenho no ano passado foi influenciado negativamente pelo acirramento do conflito comercial entre Estados Unidos e China e pelas incertezas relacionadas ao Brexit, que pesaram sobre as vendas nos principais mercados da empresa.

A Basf relatou também, em nota, que o crescimento da produção industrial e química foi significativamente mais lento que o esperado.

"Nossa empresa teve um bom desempenho, mesmo em tempos difíceis. 2019 foi um ano desafiador, com fortes ventos contrários à economia global", afirmou Brudermüller.

Para o ano fiscal de 2020, a companhia espera que as vendas no acumulado do ano fiquem entre 60 bilhões e 63 bilhões de euros e Ebit (lucro antes de juros e impostos) excluindo itens especiais entre 4,2 bilhões e 4,8 bilhões de euros.

No acumulado do ano de 2019, a Basf obteve lucro líquido de 8,42 bilhões de euros, Ebit excluindo itens especiais de 4,54 bilhões de euros e vendas de 59,32 bilhões de euros, enquanto analistas consultados pela Vara Research esperavam lucro líquido de 9,05 bilhões de euros, Ebit excluindo itens especiais de 4,53 bilhões de euros e vendas de 61,18 bilhões de euros no ano.

A empresa, contudo, pondera que as estimativas para 2020 não consideram a disseminação mundial do coronavírus. "A menor demanda e interrupções de produção em muitas indústrias já são consequências visíveis das medidas tomadas para impedir a propagação do vírus", disse o presidente executivo, Martin Brudermueller. A Basf disse que espera que os efeitos negativos do coronavírus tenham "um impacto significativo em todo o mundo", especialmente nos dois primeiros trimestres deste ano.

"No entanto, não esperamos que os efeitos da doença sejam totalmente compensados ao longo do ano", afirmou Brudermueller.

Ainda sobre o coronavírus, a empresa informou que as principais plantas da China voltaram a operar em 17 de fevereiro.

Até o fim deste ano, a Basf pretende cortar 6 mil postos de trabalho globalmente, o que estava previsto anteriormente para ocorrer até o fim de 2021, dentro deu seu processo de revisão organizacional.

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

Crise do coronavírus

O que os líderes podem fazer em meio à pandemia? Para Bill Gates, há três passos fundamentais

O bilionário Bill Gates listou algumas medidas que julga essenciais para que governos e lideranças políticas possam combater de maneira mais eficaz o surto de coronavírus

Pesquisa Datafolha

59% são contra e 37% a favor da renúncia de Bolsonaro em meio à pandemia

Um levantamento do Datafolha, divulgado neste domingo, 5, mostra que 59% dos brasileiros são contra uma renúncia do presidente Jair Bolsonaro em meio ao combate à pandemia pela covid-19. Outros 37% são a favor, conforme vem sendo pedido por políticos da oposição. Outros 4% não sabem dizer. Para apenas 33% dos entrevistados, a gestão da […]

LIÇÕES PARA O SEU DINHEIRO

Recomendações de leitura para um investidor em quarentena

Três livros para você sobreviver ao isolamento e sair deste furacão como um investidor ainda melhor.

O BC e o coronavírus

Preferimos ter um lado fiscal um pouco pior para que as pessoas possam honrar seus contratos, diz Campos Neto

O presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto, destacou que a instituição se preocupa em dar condições às empresas cumprirem suas obrigações financeiras, evitando um movimento de quebra massiva de contratos

Crise da Covid-19

Brasil ultrapassa marca de 10 mil casos de coronavírus

Em 24 horas, o Brasil notificou mais de mil novos casos de coronavírus e outros 72 casos fatais. A taxa de mortalidade no país está em 4,2%

Em conversa com o setor de varejo

Governo faz o máximo para o dinheiro chegar à ponta final, diz Guedes

O ministro Paulo Guedes, participou de conferência com líderes do setor de varejo neste sábado, detalhando as inciativas do governo na crise do coronavírus

Guerra de preços

Arábia Saudita e Rússia continuam trocando farpas e trazem preocupação ao mercado de petróleo

Arábia Saudita e Rússia voltaram a trocar acusações no âmbito da guerra de preços do petróleo — e já se começa a falar que a reunião emergencial da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) da próxima segunda-feira foi por água abaixo

Impactos

Crise do coronavírus reduz consumo de carne e já paralisa 11 frigoríficos no país

A indústria da carne já começa a sentir os primeiros efeitos da crise do coronavírus, com uma menor demanda por produtos — o que paralisa alguns frigoríficos no país

Seu Dinheiro no Sábado

MAIS LIDAS: Um bilionário na luta contra o coronavírus

A notícia a respeito das iniciativas do bilionário Elon Musk no combate à pandemia de coronavírus foi a mais lida dessa semana no Seu Dinheiro

Ano difícil

Braskem fecha 2019 com prejuízo líquido de R$ 2,8 bilhões, revertendo o lucro de 2018

A Braskem encerrou 2019 com um prejuízo bilionário e contração nas receitas e no Ebitda em relação a 2018

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements