Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-02-18T12:33:51-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Moda impactada

Chanel cancela desfile na China pelo surto de coronavírus

Empresa não forneceu nova data para o desfile; outros grandes nomes da indústria da moda diziam esperar públicos menores durante seus eventos na China

18 de fevereiro de 2020
12:33
Vírus coronavírus China Ibovespa
Imagem: Shutterstock

A Chanel cancelou o desfile que realizaria na China em maio em razão do surto de coronavírus, informa a Reuters, citando comunicado da empresa desta terça-feira.

"Considerando a situação atual e seguindo a orientação das autoridades chinesas, a Chanel decidiu adiar o projeto de uma réplica da coleção Paris – 31 rue Cambon de 2019/20 em maio em Pequim para um momento posterior e mais apropriado", disse o comunicado. Não foi dada nenhuma nova data para o desfile.

A China monitora a situação da Chanel de perto e disse que em primeiro lugar "estavam a saúde e o bem-estar de seus time e clientes". O país é um importante e lucrativo mercado para grandes empresas de moda, como a Chanel, cujos donos são os bilionários irmãos franceses Alain e Gerard Wertheimer, e suas rivais LVHM, Kering e Burberry.

Companhias de luxo têm enfrentado um impacto em suas vendas advindo do surto do coronavírus com o fechamento de lojas e corte de campanhas de publicidade na segunda maior economia do mundo.

Gucci e outros nomes da indústria de luxo detidas pela francesa Kering disseram, na semana passada, que esperavam públicos menores para seus desfiles neste mês.

*Com informações da Reuters

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

OCCUPY B3

MTST ocupa sede da B3 em protesto contra o governo e a desigualdade social

Militantes do movimento por moradia entraram no saguão da bolsa de valores em ato contra as altas no desemprego e na inflação

Balança, mas (ainda) não cai

Qual o destino da Evergrande? Veja quatro possíveis cenários para a crise da gigante chinesa

As ações da Evergrande subiram mais de 17% na bolsa de valores de Hong Kong após um acordo com credores. A situação, porém, está longe de ser resolvida. Saiba o que esperar

mercado cripto

Bitcoin e criptomoedas: XP e Rico lançam dois fundos, com investimento a partir de R$ 100

Com gestão passiva, produtos são voltados ao público geral, com taxa de administração de 0,5% ao ano, sem proteção cambial ou taxa de performance

Destaques da bolsa

Cyrela (CYRE3): ‘Sem razões para ânimo’ com o setor, Credit Suisse rebaixa recomendação para construtora e ações têm queda firme

Banco suíço, que rebaixou recomendação de “compra” para “neutra”, vê um cenário difícil para as construtoras nos próximos meses por causa da alta da inflação e da taxa básica de juros

Novos tempos

De volta ao escritório: Bradesco anuncia retorno ao trabalho presencial a partir de outubro

A retomada gradual está prevista para ocorrer a partir do dia 4 de outubro e vai seguir todos os protocolos sanitários, de acordo com o banco

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies