Menu
2020-11-26T10:47:40-03:00
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Diretor de redação do Seu Dinheiro. Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA, trabalhou nas principais publicações de economia do país, como Valor Econômico, Agência Estado e Gazeta Mercantil. É autor dos romances O Roteirista, Abandonado e Os Jogadores
Passivo ambiental

Conta da Braskem por afundamento de bairros em Maceió pode chegar a quase R$ 11 bilhões

Medidas para o encerramento das atividades na capital de Alagoas determinadas pela Agência Nacional de Mineração (ANM) podem aumentar despesa da Braskem em mais R$ 3 bilhões

26 de novembro de 2020
10:47
Braskem
Imagem: Shutterstock

A conta da Braskem para a reparação dos problemas enfrentados pela companhia na atividade de mineração de sal-gema em Maceió pode ficar ainda mais alta. A estimativa agora é que a despesa com o passivo ambiental atinja quase R$ 11 bilhões.

A petroquímica anunciou hoje que recebeu um ofício da Agência Nacional de Mineração (ANM) a respeito das medidas para o encerramento das atividades na capital de Alagoas. A empresa foi acionada depois do afundamento do solo e rachaduras em edificações em bairros na região próxima à da extração de sal.

Leia também:

A Braskem estima que a implementação das medidas das ANM terá um valor adicional de R$ 3 bilhões em custos e despesas. Esse custo é adicional aos R$ 7,9 bilhões já provisionados pela companhia, o que eleva a conta total para R$ 10,9 bilhões.

A agência determinou o fechamento da mina incluindo o preenchimento com material sólido de determinados poços de sal adicionais, segundo a Braskem.

“Tais custos e despesas adicionais, se confirmados, serão incorridos no longo prazo em razão da complexidade dos aspectos técnicos”, acrescenta a empresa controlada pela Odebrecht e pela Petrobras.

A Braskem pondera que o valor adicional considera as informações preliminares existentes até o momento e que ainda não houve esclarecimentos com a ANM. Isso significa que o desembolso efetivo pode ser "materialmente diferente" dessa estimativa.

Em outubro, a petroquímica anunciou a inclusão de mais 2.000 imóveis no programa de compensação financeira e realocação à população situada nas áreas de risco. A companhia provisionou R$ 5,2 bilhões no balanço para fazer frente ao programa.

Ainda não está claro se a empresa conseguirá reaver ao menos parte dessas despesas. Na divulgação dos resultados do terceiro trimestre, a Braskem informou que está em tratativas com as seguradoras sobre a cobertura das suas apólices de seguro.

O pagamento de eventuais indenizações, porém, dependerá da avaliação de cobertura dos seguros dessas apólices. “Sendo assim, nenhuma indenização foi reconhecida nas demonstrações financeiras”, informou a da Braskem.

No pregão de hoje da B3, as ações da Braskem (BRKM5) recuavam 1,84% por volta das 10h30, enquanto o Ibovespa operava em queda de 0,37% no mesmo horário. No ano, os papéis acumulam desvalorização de 21%, contra uma queda de 5% do principal índice da bolsa.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

balanço do dia

Covid-19: casos sobem para 15,5 milhões e mortes, para 432,6 mil

O total de vidas perdidas durante a pandemia subiu para 432.628. Entre ontem e hoje, foram registradas 2.211 novas mortes.

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Mudaram as estações, mas nada mudou na bolsa

Quem olha para o saldo do Ibovespa na semana pode achar que os últimos dias foram um marasmo. O índice, afinal, ficou praticamente estável — uma quase desprezível queda de 0,13%. “Mas eu sei que alguma coisa aconteceu / tá tudo assim, tão diferente”, já dizia a música. E é verdade: nada mudou na bolsa, […]

Fechamento da semana

Inflação americana e minério de ferro vivem ‘dias de luta e dias de glória’, monopolizando a semana; dólar avança e bolsa recua no período

O minério de ferro puxou Vale e siderúrgicas para cima – mas depois derrubou. A inflação americana também assustou, mas conseguiu acalmar o ânimo dos investidores. Confira tudo o que movimentou a semana

Engordando o caixa

Petrobras gera US$ 2,5 bilhões com desinvestimentos em 2021; venda mais recente é para fundo árabe

E a estatal não deve parar por aí, pois o diretor financeiro da empresa já reafirmou a intenção de continuar com o programa de venda de ativos

Em evento do BofA

Presidente do BC revela preocupação com análise de autonomia no STF e planos para PIX internacional

Campos Neto e o ministro da Economia, Paulo Guedes, têm conversado com ministros da Corte sobre os questionamento acerca do tema

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies