Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-02-12T17:49:49-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
de olho no setor

Varejo cresce 1,8% em 2019, no terceiro ano consecutivo de alta

Setor teve leve retração de 0,1% em dezembro, interrompendo sete meses seguidos de avanço nas vendas, segundo o IBGE

12 de fevereiro de 2020
9:43 - atualizado às 17:49
varejo compras
Imagem: Shutterstock

O varejo terminou 2019 com uma alta de 1,8% e fechou o terceiro ano consecutivo de taxas positivas, embora tenha havido uma desaceleração em relação a 2017 (2,1%) e 2018 (2,3%), segundo dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quarta-feira (12).

O varejo nacional teve leve retração de 0,1% em dezembro, na comparação com novembro do ano passado, interrompendo sete meses seguidos de avanço nas vendas.

Segundo a gerente de pesquisa do IBGE, Isabella Nunes, a presença de recurso livre adicional devido a liberação dos saques nas contas do FGTS a partir do mês de setembro e a melhoria na concessão de crédito à pessoa física são alguns fatores que podem ter influenciado o resultado no segundo semestre.

"O comércio ainda não se recuperou totalmente da crise de 2015 e 2016, mas está em seu momento mais elevado desde outubro de 2014”, explica Nunes.

Seis das oito atividades pesquisadas no comércio varejista tiveram taxas negativas de novembro para dezembro, sendo que o que mais pesou no índice geral foi o recuo em Hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo (-1,2%).

“Essa atividade, que tem peso de 44% no total do varejo, foi particularmente afetada pelo comportamento dos preços das carnes”, diz Nunes.

Segundo a especialista, o fato de a Black Friday em 2019 ter caído na última sexta-feira do mês de novembro levou o comércio a expandir as promoções no fim de semana seguinte e, assim, muitas das vendas desse evento ocorreram já em dezembro, no domingo do dia 1º. "Isso pode ter influenciado nos resultados positivos para o setor de móveis e eletrodomésticos”, diz.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

Logística portuária

Alaska aceita proposta para vender da Log-In (LOGN3) para MSC; ação sobe mais 7% hoje

A gestora é a principal acionista da companhia, com uma participação de 45% do capital da Log-In; cota do fundo subiu ontem apesar da queda do Ibovespa

Gestão de ativos

Alívio nos ares: Gol (GOLL4) refinancia R$ 1,2 bi em dívidas de curto prazo

Com isso, o endividamento de curto prazo da companhia aérea ficará ao redor de R$ 500 milhões — o que representa o menor nível desde 2014

Exile on Wall Street

Entre renda e multiplicação de capital, você pode ficar com os dois — Veja como

Você se lembra da sua primeira conta poupança? A minha e a do meu irmão foram abertas por volta dos meus 11 anos, quando nossos pais nos levaram ao banco para depositar o dinheirinho acumulado de nossas três fontes de renda — as moedas de casa, o troco dos lanches da escola e as generosas […]

Não é 'block' mas é 'chain'

Aceita bitcoin: Tráfico de drogas no Rio de Janeiro aceitava criptomoedas por WhatsApp; envolvidos são presos

O grupo coordenava o envio, estoque, compra e venda por meio de um grupo “oficial” no aplicativo de mensagens

MERCADOS HOJE

Aumento do IOF pega mal e Ibovespa recua mais de 1%; dólar sobe a R$ 5,32

Depois de meses de especulação e preocupação, a saída encontrada pelo governo federal para financiar o novo Bolsa Família, rebatizado de Auxílio Brasil, não agradou o mercado e o Ibovespa começa refletindo esse mau humor.  Ontem, o presidente Jair Bolsonaro assinou um decreto que eleva o Imposto sobre Operações Financeiras até dezembro, o que deve […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies