Menu
2020-11-04T16:56:01-03:00
Estadão Conteúdo
Fluxo cambial

Saída de dólares supera entrada em US$ 20,008 bi no ano em outubro, diz BC

No mesmo período de 2019, o resultado havia sido negativo em US$ 21,465 bilhões.

4 de novembro de 2020
16:55 - atualizado às 16:56
dinheiro dólar
Imagem: Shutterstock

O fluxo cambial total do ano até 30 de outubro foi negativo em US$ 20,008 bilhões, informou nesta quarta-feira, 4, o Banco Central. No mesmo período de 2019, o resultado havia sido negativo em US$ 21,465 bilhões.

Leia também:

O resultado do ano está diretamente ligado aos efeitos da pandemia de covid-19 sobre a economia. Durante a crise, investidores aceleraram em março e abril o envio de dólares a outros países, em movimento de busca por segurança. Posteriormente, verificou-se certa acomodação nos fluxos.

No ano até 30 de outubro, a saída líquida de dólares pelo canal financeiro foi de US$ 52,765 bilhões. Este resultado é fruto de aportes no valor de US$ 387,574 bilhões e de envios no total de US$ 440,339 bilhões. O segmento reúne investimentos estrangeiros diretos e em carteira, remessas de lucro e pagamento de juros, entre outras operações.

No comércio exterior, o saldo acumulado ficou positivo em US$ 32,757 bilhões, com importações de US$ 130,644 bilhões e exportações de US$ 163,401 bilhões. Nas exportações estão incluídos US$ 21,164 bilhões em Adiantamento de Contrato de Câmbio (ACC), US$ 57,481 bilhões em Pagamento Antecipado (PA) e US$ 84,755 bilhões em outras entradas.

Outubro

Depois de registrar saídas líquidas de US$ 3,482 bilhões em setembro, o País fechou outubro com fluxo cambial negativo de US$ 1,311 bilhão, informou o Banco Central (BC).

No canal financeiro, houve saída líquida de US$ 560 milhões em outubro, resultado de aportes no valor de US$ 31,597 bilhões e de retiradas no total de US$ 32,157 bilhões.

No comércio exterior, o saldo ficou negativo em US$ 751 milhões, com importações de US$ 14,531 bilhões e exportações de US$ 13,780 bilhões. Nas exportações, estão incluídos US$ 1,274 bilhão em ACC, US$ 4,224 bilhões em PA e US$ 8,283 bilhões em outras entradas.

Semana

O fluxo cambial da semana passada (de 26 a 30 de outubro) ficou negativo em US$ 643 milhões, informou o Banco Central.

O canal financeiro registrou na semana passada saída líquida de US$ 869 milhões. Isso foi resultado de aportes no valor de US$ 7,487 bilhões e de envios no total de US$ 8,357 bilhões.

No comércio exterior, o saldo ficou positivo em US$ 226 milhões no período, com importações de US$ 5,016 bilhões e exportações de US$ 5,242 bilhões. Nas exportações, estão incluídos US$ 431 milhões em ACC, US$ 1,723 bilhão em PA e US$ 3,089 bilhões em outras entradas.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

fique de olho

Itaú anuncia pagamento de juros sobre capital próprio

Serão R$ 0,05648 por ação, com retenção de 15% de imposto de renda na fonte; pagamento é uma antecipação aos aos dividendos e JPC do resultado de 2021

mudanças na estatal

Conselheiro recém-eleito da Petrobras renuncia

Marcelo Gasparino da Silva foi eleito no último dia 12; executivo indica medida como “irrevogável”

seu dinheiro na sua noite

B3 Fashion Week

A semana de moda da bolsa brasileira está pegando fogo! Flashes por todos os lados, comentários entusiasmados, queixos caídos a cada novo desfile. As grandes marcas não pouparam esforços para a coleção outono/inverno — e, como era de se esperar, um intenso burburinho toma conta dos bastidores. Essa sexta-feira foi particularmente animada, com a Renner […]

Moradia classe A

Pandemia, juros baixos e dólar caro: combo impulsiona o mercado de imóveis de luxo

Uma combinação que prejudicou boa parte das empresas brasileiras acabou beneficiando o segmento imobiliário de alto padrão

fechamento da semana

Brasília impede Ibovespa de decolar, mas saldo da semana ainda é positivo; dólar vai a R$ 5,58

No Brasil, o que garantiu um bom desempenho do Ibovespa foi a alta das commodities e a recuperação econômica de Estados Unidos e China.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies