Menu
2020-04-01T17:57:03-03:00
Fuga

Saída de dólar supera entrada em US$ 10,791 bilhões no ano até dia 27 de março, diz BC

Fluxo cambial do ano até 27 de março ficou negativo em US$ 10,791 bilhões, diz BC; em igual período de 2019, resultado era positivo em US$ 4,444 bilhões

1 de abril de 2020
16:04 - atualizado às 17:57
Banco Central do Brasil
Banco Central do Brasil - Imagem: Shutterstock

O fluxo cambial do ano até 27 de março ficou negativo em US$ 10,791 bilhões, informou nesta quarta-feira, 1º de abril, o Banco Central. Em igual período do ano passado, o resultado era positivo em US$ 4,444 bilhões. Os dados refletem, em grande parte, os efeitos da pandemia do novo coronavírus sobre o fluxo de moeda estrangeira.

A saída pelo canal financeiro neste ano até 27 de março foi de US$ 24,230 bilhões. O resultado é fruto de aportes no valor de US$ 144,260 bilhões e de envios no total de US$ 168,490 bilhões. O segmento reúne os investimentos estrangeiros diretos e em carteira, remessas de lucro e pagamento de juros, entre outras operações.

No comércio exterior, o saldo anual acumulado até 27 de março ficou positivo em US$ 13,439 bilhões, com importações de US$ 38,773 bilhões e exportações de US$ 52,212 bilhões. Nas exportações estão incluídos US$ 9,595 bilhões em Adiantamento de Contrato de Câmbio (ACC), US$ 17,948 bilhões em Pagamento Antecipado (PA) e US$ 24,668 bilhões em outras entradas.

Março

Depois de encerrar fevereiro com saídas líquidas de US$ 4,408 bilhões, o País registrou fluxo cambial negativo de US$ 5,999 bilhões em março até o dia 27, informou o Banco Central. Os dados refletem, em grande parte, os efeitos da pandemia do novo coronavírus sobre o fluxo de moeda estrangeira.

O canal financeiro apresentou saídas líquidas de US$ 13,390 bilhões no período. Isso é resultado de aportes no valor de US$ 55,048 bilhões e de retiradas no total de US$ 68,439 bilhões.

No comércio exterior, o saldo de março até o dia 27 é positivo em US$ 7,391 bilhões, com importações de US$ 13,133 bilhões e exportações de US$ 20,524 bilhões. Nas exportações, estão incluídos US$ 5,765 bilhões em ACC, US$ 6,637 bilhões em PA e US$ 8,122 bilhões em outras entradas.

Semana

Em meio aos efeitos da pandemia do novo coronavírus sobre a economia, o fluxo cambial registrado na semana passada (de 23 a 27 de março) para o Brasil ficou negativo em US$ 2,152 bilhões, informou o Banco Central.

O canal financeiro apresentou saída líquida de US$ 3,834 bilhões na semana, resultado de aportes no valor de US$ 11,296 bilhões e de envios no total de US$ 15,131 bilhões.

No comércio exterior, o saldo na semana passada ficou positivo em US$ 1,682 bilhão, com importações de US$ 3,324 bilhões e exportações de US$ 5,007 bilhões. Nas exportações, estão incluídos US$ 1,121 bilhão em ACC, US$ 1,340 bilhão em PA e US$ 2,546 bilhões em outras entradas.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

varejo em transformação

Magazine Luiza encaixa ‘última peça’ de ecossistema com novas aquisições

Varejista comprou empresas que produzem conteúdo e publicidade, passo estratégico para a companhia expandir mercado-alvo potencial

de olho nos balanços

Multiplan e Notre Dame Intermédica: os balanços que movimentam o mercado nesta sexta-feira

Ibovespa deve ser influenciado por, entre outros fatores, os números do segundo trimestre das duas companhias

esquenta dos mercados

TikTok na mira dos EUA aprofunda crise com a China e mercados azedam

Na agenda do dia, o destaque é o relatório do emprego americano, o payroll. No Brasil, os investidores ficam de olho na inflação oficial, o IPCA.

decisões em meio à crise

Justiça determina que Renault reintegre 747 demitidos em julho

Trabalhadores da fábrica estão em greve desde o anúncio dos cortes e decidiram na quinta-feira, 6, manter a paralisação até que a empresa reabra negociações

mensagem no exterior

Guedes responde a críticas ambientais dizendo que os EUA ‘mataram índios’

Ministro da Economia subiu o tom contra americanos ao ser questionado sobre política ambiental do governo Bolsonaro

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements