Menu
2021-05-07T15:50:22-03:00
Renan Sousa
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP) e já passou pela Editora Globo
Jasmine Olga
Jasmine Olga
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP), já passou pelo Centro de Cidadania Fiscal (CCiF) e o setor de comunicação da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo
Mercados hoje

Payroll abaixo do esperado fortalece o Ibovespa e bolsa volta aos 121 mil pontos; dólar tem nova queda firme

O payroll era o dado mais esperado do dia no exterior. Isso fez as bolsas europeias inverterem o sinal, os futuros do petróleo Brent caírem quase 1,0% e com certeza terá reflexos nos negócios ao longo do dia

7 de maio de 2021
10:34 - atualizado às 15:50
alta da bolsa
Imagem: shutterstock

A sexta-feira (7) tem sido de repercussão no mercado. O relatório de emprego dos Estados Unidos, um dos indicadores mais importantes de atividade, veio (muito) abaixo do esperado, mas isso não desanimou os investidores.

Muito pelo contrário. A leitura é de que Jerome Powell está certo e ainda existe muito chão para que a economia de fato volte aos trilhos, o que significa juros baixos por mais tempo. 

Só nesta tarde, o presidente Joe Biden e a secretária do Tesouro americano, Janet Yellen, confirmaram essa leitura. Mas o mercado ainda tem lá suas dúvidas. 

Por isso, os índices globais chegaram a desacelerar um pouco na última hora - mas o Ibovespa voltou a testar os 121 mil pontos. Por volta das 15h40, o principal índice da bolsa brasileira registrava alta de 0,90%, aos 121,59 pontos. Por sua vez, o dólar à vista recua 1,02%, cotado a R$ 5,2226 no mesmo horário. O índice DXY, que compara a moeda americana com uma cesta de moedas fortes, atingiu as mínimas em Nova York.

O payroll era o dado mais esperado do dia no exterior. Isso fez as bolsas europeias inverterem o sinal e as bolsas americanas operarem em alta.

Powell está certo?

O relatório de empregos dos Estados Unidos (payroll) veio abaixo do esperado. As estimativas de 1 milhão de novos postos de trabalho foram frustradas por um número muito menor: apenas 266 mil novas vagas

A taxa de desemprego também surpreendeu. O indicador veio em 6,1%, contrariando a projeção de queda para 5,8%.

Enquanto alguns economistas acreditam que isso aponta para uma fraca retomada da economia, outros pensam que isso afasta os sinais de superaquecimento dos EUA. A inflação no país tem gerado temores no mercado, e o Fed (o BC americano) está de olho vivo nos índices de preços.

Mas o mercado de juros americano está confuso. Após abrir o dia em queda, os Treasuries voltaram a exibir uma tendência de alta. O mercado de juros brasileiro segue o mesmo movimento. Confira:

  • Janeiro/2022: de 4,79% para 4,84%
  • Janeiro/2023: de 6,54% para 6,61%
  • Janeiro/2025: de 8,04% para 8,04%
  • Janeiro/2027: de 8,66% para 8,61%

Caiu, mas segura

A Pesquisa Mensal do Comércio (PMC) divulgada hoje pelo IBGE surpreendeu positivamente o mercado. De acordo com a Ativa Investimentos, era esperada uma queda de 5,1% na passagem de fevereiro para março. Mas a queda foi muito menos intensa, apenas 0,6%, no varejo restrito, e 5,3%, no ampliado, ante expectativa de -11,5%.

Gigante asiático

Enquanto os Estados Unidos ainda patinam em alguns setores, na direção oposta, os dados da balança comercial chinesa vieram positivos. As exportações saltaram 32,3% em abril na comparação com o mesmo  período de 2020. O número veio acima das estimativas de crescimento de 21%, bem como as importações, que vieram na faixa dos 43,1% (frente a projeção de 40%).

Com isso, o saldo da balança comercial chinesa foi de US$ 42,85 bilhões no mês passado, um salto bem acima dos US$ 28,20 bilhões esperados.

Raio-x

As principais bolsas europeias operam em queda na manhã desta sexta-feira (7). O otimismo com a retomada da economia global chegou a animar os índices pela manhã, mas o payroll acabou desanimando. E os sólidos dados da balança comercial chinesa fizeram os índices asiáticos operarem com ganhos, mas fecharam de maneira mista com a cautela do coronavírus ainda no radar.

Sobe e desce

Confira as maiores altas do dia:

CÓDIGONOMEVALORVAR
CCRO3CCR ONR$ 13,4810,49%
ECOR3Ecorodovias ONR$ 12,415,62%
IGTA3Iguatemi ONR$ 42,125,54%
MULT3Multiplan ONR$ 25,005,00%
B3SA3B3 ONR$ 52,743,82%

Confira também as maiores quedas:

CÓDIGONOMEVALORVAR
USIM5Usiminas PNAR$ 23,04-2,25%
PRIO3PetroRio ONR$ 18,81-2,03%
BEEF3Minerva ONR$ 9,97-1,48%
BRFS3BRF ONR$ 20,78-1,14%
UGPA3Ultrapar ONR$ 20,06-1,08%
Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

seu dinheiro na sua noite

IPO da Smart Fit: vai sair da jaula o monstro!

Eu nunca fui muito de academia, confesso. Já tive meus tempos de malhar regularmente, mas nunca consegui tomar gosto pela coisa. Exercícios repetitivos não me cativam, meu negócio sempre foi dançar, de preferência em turma, com professor e horário, se não eu falto. Como você deve imaginar, entre meus colegas jornalistas não é muito diferente. […]

atenção, acionista

Vale eleva valor de dividendo a ser em pago em 30 de junho para R$ 2,189 por ação

No dia 17 de junho, a empresa tinha informado o pagamento de R$ 2,177 de dividendo por ação; demais condições da distribuição não serão alteradas

de olho na inovação

Moeda digital é nova forma de representação da moeda já emitida, diz Campos Neto

Segundo ele, ela não se confunde com os criptoativos, como o bitcoin, que não têm característica de moeda, mas sim de ativos

em audiência

Yellen diz esperar apoio do G-20 para proposta de imposto corporativo global

Grupo das 20 maiores economias do mundo se reúne em julho e deve debater o assunto

retomada

PIB da Argentina sobe 2,6% no 1º trimestre

Na comparação com igual período do ano passado, o avanço foi de 2,5%

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies