Menu
2020-10-26T16:51:33-03:00
Estadão Conteúdo
dados oficiais

Balança: Superávit na 4ª semana de outubro foi de US$ 1,5 bilhão

Segundo a Secretaria de Comércio Exterior do Ministério da Economia, o valor foi alcançado com exportações de US$ 4,604 bilhões e importações de US$ 3,025 bilhões

26 de outubro de 2020
16:51
dinheiro dólar
Imagem: Shutterstock

A balança comercial brasileira registrou superávit comercial de US$ 1,579 bilhão na quarta semana de outubro (de 19 a 25). De acordo com dados divulgados nesta segunda-feira, 26, pela Secretaria de Comércio Exterior do Ministério da Economia, o valor foi alcançado com exportações de US$ 4,604 bilhões e importações de US$ 3,025 bilhões.

As exportações ficaram praticamente estáveis na comparação com o mesmo mês do ano passado (0,4%), com recuo de 20,1% em Agropecuária, aumento de 11,9% na indústria extrativa e de 2,7% em produtos da indústria de transformação.

Já as importações registraram queda de 23,1%, com recuo de 22,8% em produtos da indústria de transformação, de 42,8% em indústria extrativa e de 2,0% em agropecuária.

No mês de outubro, a balança tem superávit US$ 4,777 bilhões até o dia 25, com exportações de US$ 14,300 bilhões e importações de US$ 9,523 bilhões. O valor está 87,3% maior do que o saldo do mês de outubro de 2019.

No acumulado do ano, o saldo comercial é superavitário em US$ 46,966 bilhões, 27% a mais do que no mesmo período do ano passado. O valor é resultado da queda maior nas compras do que nas vendas: as exportações somaram no período US$ 170,824 bilhões (-5,8%) e importações de US$ 123,858 bilhões (-14,6
%).

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

Tem cupom pra isso?

Ações da Méliuz sobem após lançamento de plataforma de empréstimos online

A companhia, que desde 2019 oferece um cartão de crédito sem anuidade e com cashback, vem ampliando a gama de serviços financeiros

MERCADOS HOJE

Ibovespa ignora tensão em Brasília e busca romper marca histórica; dólar recua

Exterior positivo traz fôlego aos negócios locais, mas problemas em Brasília persistem

Exile on Wall Street

Bolsa não precisa de motivos para subir e os ganhos acontecerão – mesmo no pior cenário

Do fim de fevereiro até este meio de abril, o Ibovespa retomou os 120 mil pontos rapidamente, e sem qualquer utopia. Isso nos traz uma importante lição enquanto investidores agnósticos: a Bolsa não precisa de motivos para subir. Repita o mantra: não precisa de motivos para subir, não precisa de motivos… assim como você não […]

Taxa zero pra todo o lado

Easynvest zera taxa de corretagem para maioria das operações com ações, BDRs e opções

A corretora digital já não cobrava por investimentos em renda fixa e agora quer expandir essa ideia para ações, BDRs e opções do aplicativo

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies