Menu
2020-11-16T18:48:47-03:00
Jasmine Olga
Jasmine Olga
Cursando jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP), já passou pelo Centro de Cidadania Fiscal (CCiF) e o setor de comunicação da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo
relatório focus

Mercado suaviza projeção de queda para o PIB em 2020; confira destaques do Relatório Focus

Projeção para a inflação também foi revisada para cima, passando de 3,20% para 3,25%

16 de novembro de 2020
8:51 - atualizado às 18:48
análise projeção focus
Imagem: Shutterstock

Os economistas do mercado financeiro suavizaram a previsão de queda do Produto Interno Bruto (PIB) para 2020 no Relatório Focus divugado nesta segunda-feira (16) pelo Banco Central. A projeção para a queda da economia brasileira passou de 4,80% para queda de 4,66%.

A expectativa para a inflação também foi revisada para cima. O mercado espera que o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) avance a 3,25%, contra 3,20% do relatório da semana passada. Há um mês a projeção era de alta de 2,65%.

Focus melhora expectativa para PIB

Conforme o Relatório de Mercado Focus, a expectativa para a economia este ano passou de retração de 4,80% para queda de 4,66%. Há quatro semanas, a estimativa era de baixa de 5,00%. Para 2021, o mercado financeiro manteve a previsão do Produto Interno Bruto (PIB), de alta de 3,31%. Quatro semanas atrás, estava em 3,47%.

No Focus divulgado nesta segunda-feira, 16, a projeção para a produção industrial de 2020 foi de baixa de 5,49% para retração de 5,34%. Há um mês, estava em baixa de 5,98%. No caso de 2021, a estimativa de crescimento da produção industrial foi de 4,00% para 3,72%, ante 4,27% de quatro semanas antes.

A pesquisa Focus mostrou ainda que a projeção para o indicador que mede a relação entre a dívida líquida do setor público e o PIB para 2020 passou de 67,74% para 67,00%. Há um mês, estava em 67,40%. Para 2021, a expectativa foi de 70,00% para 69,60%, ante 70,00% de um mês atrás.

Previsão para o IPCA

Os economistas também alteraram a previsão para o IPCA - o índice oficial de preços - em 2020. O Relatório de Mercado Focus divulgado nesta segunda-feira pelo Banco Central, mostra que a mediana para o IPCA neste ano foi de alta de 3,20% para 3,25%. Há um mês, estava em 2,65%. A estimativa para o índice em 2021 foi de 3,17% para 3,22%. Quatro semanas atrás, estava em 3,02%.

O relatório Focus trouxe ainda a projeção para o IPCA em 2022, que seguiu em 3,50%. No caso de 2023, a expectativa permaneceu em 3,25%. Há quatro semanas, essas expectativas eram de 3,50% e 3,25%, nesta ordem.

A projeção dos economistas para a inflação está abaixo do centro da meta de 2020, de 4,00%, sendo que a margem de tolerância é de 1,5 ponto porcentual (índice de 2,50% a 5,50%). No caso de 2021, a meta é de 3,75%, com margem de 1,5 ponto (de 2,25% a 5,25%). A meta de 2022 é de 3,50%, com margem de 1,5 ponto (de 2,00% a 5,00%), enquanto o parâmetro para 2023 é inflação de 3,25%, com margem de 1,5 ponto (de 1,75% a 4,75%).

No início do mês, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) informou que a inflação de outubro foi de 0,86%. Em 12 meses, a taxa acumulada está em 3,92%.

Entre as instituições que mais se aproximam do resultado efetivo do IPCA no médio prazo, denominadas Top 5, a mediana das projeções para 2020 foi de 3,08% para 3,14%. Para 2021, a estimativa do Top 5 passou de 3,31% para 3,36%. Quatro semanas atrás, as expectativas eram de 2,82% e 3,17%, respectivamente.

No caso de 2022, a mediana do IPCA no Top 5 permaneceu em 3,50%, igual a um mês atrás. A projeção para 2023 no Top 5 seguiu em 3,38%, também igual a quatro semanas antes.

Últimos 5 dias úteis

A projeção mediana para o IPCA de 2020 atualizada com base nos últimos 5 dias úteis foi de 3,27% para 3,39%, conforme o Relatório Focus. Houve 41 respostas para esta projeção no período. Há um mês, o porcentual calculado estava em 2,76%.

No caso de 2021, a projeção do IPCA dos últimos 5 dias úteis foi de 3,27% para 3,38%. Há um mês, estava em 3,10%. A atualização no Focus foi feita por 41 instituições.

Outros meses

Os economistas do mercado financeiro alteraram a previsão para o IPCA em novembro de 2020, de alta de 0,40% para avanço de 0,45%. Um mês antes, o porcentual projetado indicava alta de 0,29%

Para dezembro, a projeção no Focus foi de alta de 0,55% para 0,56% e, para janeiro de 2021, passou de alta de 0,38% para 0,39%. Há um mês, os porcentuais indicavam elevações de 0,44% e 0,32%, nesta ordem.

No Focus agora divulgado, a inflação suavizada para os próximos 12 meses foi de alta de 3,52% para 3,56% de uma semana para outra - há um mês, estava em 3,37%.

Confira as principais projeções do Relatório Focus desta semana

IPCA

  • 2020: de 3,20% para 3,25%
  • 2021: de 3,17% para 3,22%
  • 2022: estável em 3,50%
  • 2023: estável em 3,50%

PIB

  • 2020: de -4,80% para -4,66%
  • 2021: estável em 3,31%
  • 2022: estável em 2,50%
  • 2023: estável em 2,50%

Câmbio

  • 2020: de R$ 5,45 para R$ 5,41
  • 2021: estável em R$ 5,20
  • 2022: estável em R$ 5,00
  • 2023: de R$ 4,94 para R$ 4,88

Selic

  • 2020: estável em 2%
  • 2021: estável em 2,75%
  • 2022: estável em 4,50%
  • 2023: estável em 6,0%
Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

SOB NOVA DIREÇÃO

Em assembleia tensa, acionistas da Petrobras destituem Castello Branco

Minoritários chegaram a indicar quatro candidatos, mas mudaram de ideia e retiraram duas candidaturas, diante da falta de votos

INSIGHTS ASSIMÉTRICOS

Como ficam as ações dos países emergentes com a recuperação nos EUA?

Como as ações acompanham os lucros, há um fluxo de recursos para os EUA em detrimento do que foi verificado no final do ano passado

Entrevista exclusiva

PicPay chega aos 50 milhões de usuários e fundador fala dos planos para chegar aos celulares de todos os brasileiros

Com IPO no radar, aplicativo segue a trilha aberta pelo chinês WeChat e acelera crescimento com novos serviços e a contratação de pesos-pesados do mercado

IR 2021

Até quem já morreu precisa prestar contas ao Leão: como fazer declaração de espólio e informar herança no IR

Declarar espólio é obrigatório quando este se enquadra nas regras de obrigatoriedade e quando ocorre a conclusão do processo de inventário; herdeiros também precisam informar valores recebidos nas suas declarações

seu dinheiro na sua noite

Fidelidade em baixa com a pandemia

Não, não estou falando da fidelidade entre casais. Até porque, por mais que a convivência excessiva em família na quarentena tenha abalado alguns casamentos, o momento não anda muito propício às puladas de cerca. Estou falando do setor de fidelidade, que abarca as empresas de programas de pontos e milhagem, sobretudo aqueles ligados às companhias […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies