Menu
2020-02-10T16:26:12-03:00
Surto dentro do gigante

Coronavírus deve manter atividade econômica da China moderada por semanas

Swissquote avalia que o surto de coronavírus foi o principal fator de impacto no índice de preços ao consumidor da China

10 de fevereiro de 2020
16:26
Vírus coronavírus China Ibovespa
Imagem: Shutterstock

A China voltou das suas férias prolongadas do ano-novo lunar esta semana, mas a "atividade provavelmente permanecerá moderada por mais algumas semanas, talvez meses, até que a poeira abaixe", aponta a Swissquote, em relatório enviado a clientes. A instituição avalia que o surto de coronavírus foi o principal fator de impacto no índice de preços ao consumidor da China, que em janeiro saltou para seu maior valor em mais de oito anos.

"O aumento da inflação reavivou as preocupações sobre se o Banco Popular da China (PBoC) terá menos liberdade para facilitar sua política monetária e apoiar a economia chinesa afetada pelo surto de coronavírus, após mais de um ano e meio de atritos comerciais com os EUA", diz a Swissquote.

A instituição alerta para a expansão do coronavírus, com o número de mortos pelo vírus passando de 900 e atingindo mais de 40 mil pessoas, com casos fora da China aumentando. "Também há dúvidas de que os números na China possam ser maiores do que os relatados", pondera a Swissquote.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

foco no nordeste

Desenvolvimento Regional autoriza R$ 30,7 milhões para saneamento em 17 Estados

Segundo a pasta, a maior fatia dos recursos foi destinada ao Nordeste (R$ 15,8 milhões), seguida pela região Norte (R$ 6,5 milhões)

caso das rachadinhas

Presidente do STJ decide colocar Queiroz em prisão domiciliar

O caso tramita sob segredo de Justiça. Preso desde 18 de junho, Queiroz é apontado como operador de um suposto esquema de “rachadinhas” – apropriação de salários de funcionários – no antigo gabinete do senador Flávio Bolsonaro

O dia dos mercados

Com cautela em NY, bolsa fecha em queda de 0,6% após voltar aos 100 mil pontos; dólar recua

Em sessão de volatilidade, bolsa retorna ao patamar de 100 mil, mas não consegue manter fôlego com cautela em bolsas americanas. Dólar tem leve queda e se aproxima de R$ 5,30

ALÉM DE MORTOS E FERIDOS...

Os ‘falidos’ do coronavírus: veja as empresas que quebraram na pandemia

Companhias aéreas foram as primeiras a sentir o baque, seguidas por empresas que dependem também do turismo ou de viagens corporativas. Varejistas com fraca presença no e-commerce também sofreram com a ausência de clientes.

dados do ministério da Economia

Estatais apresentaram resultado líquido de R$ 109,1 bilhões em 2019, alta de 53%

De acordo com balanço apresentado nesta quinta-feira pelo Ministério da Economia, isso representa um aumento de 53% em relação ao lucro de 2018 e é o maior valor desde 2008

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements