Menu
2020-04-03T08:15:39-03:00
Estadão Conteúdo
aliviando a crise

China reduz compulsórios e libera US$ 56,5 bilhões em crédito para empresas

Iniciativa tem o objetivo de encorajar ainda mais a concessão de crédito para pequenas empresas que estão vulneráveis em meio ao choque econômico

3 de abril de 2020
8:15
coronavírus china
Imagem: Shutterstock

O banco central da China, conhecido como PBoC, decidiu nesta sexta-feira reduzir compulsórios bancários pela segunda vez em menos de um mês, como parte de uma estratégia de Pequim de estimular uma economia fortemente atingida pela pandemia de coronavírus.

O PboC anunciou que vai cortar os compulsórios exigidos de pequenos e médios bancos comerciais e rurais em um ponto porcentual, liberando 400 bilhões de yuans (US$ 56,5 bilhões) em liquidez no sistema bancário.

A redução ocorrerá em duas etapas, nos dias 15 de abril e 15 de maio, período depois do qual 4 mil bancos e empresas de leasing em operação na China terão de alocar 6% de seus depósitos para o PBoC.

A iniciativa tem o objetivo de encorajar ainda mais a concessão de crédito para pequenas empresas que estão vulneráveis em meio ao choque econômico do coronavírus, afirmou o PBoC.

O BC chinês também informou que vai reduzir a taxa de juros cobrada sobre excesso de reservas dos bancos, de 0,72% para 0,35%. Com o corte, o PBoC pretende impulsionar a eficiência do setor bancário na utilização de seus recursos. Fonte: Dow Jones Newswires.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

seu dinheiro na sua noite

Expectativa vs. realidade

Quando eu estava na terceira série do ensino médio, o coordenador do curso deu um alerta aos alunos: em geral os estudantes agem como se o vestibular fosse o objetivo final, e quando passam têm aquela sensação de “ah! Nunca mais vou precisar estudar!” Mas é depois do vestibular que a coisa começa a ficar […]

mudança nas estruturas

Acionistas da Cosan aprovam reorganização societária

Com isso, Cosan Logística e Cosa Limited serão incorporadas pela Cosan

FECHAMENTO DA SEMANA

Ano novo, vida velha: Ibovespa recua e dólar sobe mais de 2% com piora do cenário fiscal e avanço da covid-19

Semana foi negativa para os mercados brasileiros mesmo após a aprovação de vacinas e entusiasmo com Biden no exterior

preocupação

Ex-BCs dizem que atraso na vacinação preocupa por pressão fiscal

Carlos Viana disse não ver uma mudança estrutural no processo inflacionário no País, onde, assim como a atual direção do BC, vê como temporário os choques de preços

pandemia

Anvisa aprova segundo lote da vacina CoronaVac

Diferença da análise do segundo lote para o primeiro está no fato de que o envase e os processos de rotulagem e embalagem ocorrem no Instituto Butantan

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies