Menu
2020-12-15T08:56:17-03:00
Estadão Conteúdo
Pós-crise

China: Produção industrial e vendas no varejo aceleram recuperação em novembro

O NBS também divulgou a taxa de desemprego urbano da China, que diminuiu pelo quarto mês seguido, de 5,3% em outubro para 5,2% em novembro.

15 de dezembro de 2020
8:56
china juros
Imagem: Shutterstock

A atividade econômica da China manteve forte ímpeto e acelerou sua recuperação em novembro, segundo dados oficiais. Em relação a novembro de 2019, a produção industrial chinesa aumentou 7% no mês passado, ampliando o ganho de 6,9% visto em outubro, mostra pesquisa divulgada pelo Escritório Nacional de Estatísticas (NBS, pela sigla em inglês) do país. O resultado de novembro superou a expectativa de analistas consultados pelo The Wall Street Journal, que previam alta de 6,8% na produção.

Também na comparação anual, as vendas no varejo da segunda maior economia do mundo subiram 5% em novembro, depois de avançarem 4,3% em outubro. Neste caso, porém, a estimativa do mercado era de acréscimo mais robusto nas vendas, de 5,5%. Já os investimentos em ativos fixos tiveram expansão anual de 2,6% entre janeiro e novembro, ganhando força considerável em relação à alta de 1,8% observada no acumulado do ano até outubro. A previsão para os primeiros 11 meses de 2020 era de aumento de 2,5%.

O NBS também divulgou a taxa de desemprego urbano da China, que diminuiu pelo quarto mês seguido, de 5,3% em outubro para 5,2% em novembro.

Vendas de moradias

As vendas de moradias na China tiveram expansão de 9,5% entre janeiro e novembro ante igual período do ano passado, à medida que a segunda maior economia do mundo continuou se recuperando da pandemia do novo coronavírus, segundo dados do Escritório Nacional de Estatísticas. O resultado mostra aceleração ante o acumulado até outubro, quando as vendas apresentaram acréscimo anual de 8,2%.

Os investimentos no desenvolvimento de projetos imobiliários registraram crescimento anual de 6,8% nos primeiros 11 meses de 2020, após subirem 6,3% entre janeiro e outubro. Já as construções iniciadas - considerando-se tanto residências quanto propriedades comerciais - diminuíram 2% no confronto anual do período de onze meses. Até outubro, porém, o recuo anual neste segmento havia sido mais intenso, de 2,6%. Fonte: Dow Jones Newswires.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

Receita Federal dos EUA

Binance é investigada por manter contas suspeitas de lavagem de dinheiro nos EUA

Desde 2019, a Binance não oferece mais serviços de trading de criptomoedas para quem mora nos Estados Unidos

Sobe e desce da commodity

Dia de correção: minério de ferro cai forte e derruba ações da Vale e siderúrgicas

As ações da Vale, Gerdau, Usiminas e CSN estão entre as maiores baixas do Ibovespa hoje, influenciadas pela cotação do minério de ferro

Rombo nas contas assusta

Decisão do STF sobre ICMS pode acelerar reforma tributária

O risco de um desfalque maior na arrecadação do governo deve intensificar os esforços da equipe econômica para acelerar a tramitação das mudanças no Congresso

Reação ao balanço

Lucrou, mas não empolgou. Ações do IRB caem mesmo com melhora no resultado

Papéis da resseguradora (IRBR3) estavam entre as maiores quedas do Ibovespa nesta sexta-feira; Credit Suisse vê piora operacional da companhia

Prepare o bolso

Petrobras diz que manterá ritmo de reajustes nos preços de combustíveis

Um executivo confirmou que não haverá mudanças na política de preços da estatal, que segue sem frequência definida

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies