Menu
2020-05-28T10:49:23-03:00
Estadão Conteúdo
de olho na retomada

China diz ter espaço em políticas fiscal e monetária para mudança na economia

Premiê do país prometeu apoio ao setor de exportação e pequenas e médias empresas que foram duramente atingidas pelo coronavírus

28 de maio de 2020
10:49
China
Imagem: Shutterstock

A China tem espaço em políticas fiscal e monetária para caso de grandes mudanças na economia, disse o primeiro-ministro Li Keqiang nesta Quinta-feira (28). "É essencial manter a economia da China em andamento", disse Li a repórteres após a conclusão do Congresso Nacional do Partido Comunista.

Embora o governo tenha decido não adotar uma meta de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) para 2020, Li considera que, caso o país consiga cumprir outras metas, como criação de empregos, a economia local ainda poderá se expandir. Por outro lado, o primeiro-ministro, que disse que as medidas políticas existentes já eram "vigorosas", reiterou que as autoridades não recorrerão a estímulos massivos em meio à crise econômica.

O premiê prometeu apoio ao setor de exportação e pequenas e médias empresas que foram duramente atingidas pelo coronavírus. "A recessão será seguida por um novo boom", disse ele a repórteres. Fonte: Dow Jones Newswires.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

executivo dos sonhos

Otimismo toma conta de investidores da BR Distribuidora com chegada de ex-CEO da Eletrobras

Trabalho feito pelo executivo na Eletrobras anima investidor quanto às perspectivas futuras da distribuidora de combustíveis

Mercado de capitais

Caixa terá “foco total” no IPO de cinco subsidiárias na B3, incluindo o banco digital

Banco público quer levar para a bolsa as unidades de seguros, cartões, fundos, loterias e o recém criado banco digital, segundo o presidente da Caixa, Pedro Guimarães

Prévias

XP Inc. atinge R$ 660 bilhões em ativos sob custódia e 2,8 milhões de clientes em 2020

Ativos sob custódia cresceram 61% em relação a 2019, com captação líquida de R$ 198 milhões e valorização de mercado de R$ 53 milhões

Exile on Wall Street

Vendo Monza 2.0, única dona

Era descolado ter um Monza quando ele chegou ao Brasil. Mas seria ridículo ter um Monza ainda hoje. E tudo bem. O Monza continua com sua marca na história do mercado automobilístico brasileiro.

PODCAST TELA AZUL

Tela Azul #16: A profissão do Futuro e o que procuramos para investir numa empresa de educação

Na edição desta semana do Tela Azul, recebemos o Felipe Paiva, fundador da Let’s Code.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies