Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-03-17T11:45:06-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
governo dará detalhes em breve

Brasil tem primeira morte por coronavírus

Governo do estado de São Paulo deve informar detalhes numa coletiva logo mais, segundo publicação

17 de março de 2020
10:47 - atualizado às 11:45
mascara_coronavirus_galeao_abr_29022000123
Passageiros e funcionários circulam vestindo máscaras contra o novo coronavírus (Covid-19) no Aeroporto Internacional Tom Jobim- Rio Galeão - Imagem: Fernando Frazão/Agência Brasil

O estado de São Paulo registrou a primeira morte pelo novo coronavírus, segundo a Secretaria Estadual de Saúde. A vítima era um homem de 62 anos, de acordo com a Folha de S. Paulo. O governo deve informar detalhes nesta terça-feira (17), às 13h.

Nesta terça-feira, a prefeitura do município de São Paulo decretou situação de emergência na cidade em função da pandemia. Já o governo do estado cancelou eventos públicos culturais e esportivos em locais abertos e fechados e está recomendando que eventos privados também sejam cancelados.

Entre as medidas para intensificar o enfrentamento ao Covid-19, anunciadas pelo governo, a partir de hoje, todos os funcionários públicos estaduais de São Paulo com mais de 60 anos, excetuando os que trabalham nas áreas de segurança pública e saúde, deverão trabalhar de casa. Já os 153 Centros de Convivência do Idoso ficarão todos fechados por 60 dias.

Mercados

O coronavírus é motivo de estresse entre os agentes financeiros. Em todo o mundo, as praças acionárias registram perdas acumuladas desde o início do ano. Nesta segunda, o Ibovespa chegou a subir mais de 3%, depois de derreter 13% ontem, mas perdeu fôlego após a notícia de que o Brasil já tinha o primeiro caso de morte no país devido ao novo coronavírus.

Por volta das 10h50, o principal índice da bolsa avançava apenas 0,57%, a 71.574,27 pontos. Na Europa, as principais praças ficam perto do zero a zero; nos Estados Unidos, os futuros de Nova York sobem mais de 1%. Acompanhe nossa cobertura de mercados.

Casos aumentam

Segundo informações do Ministério da Saúde nesta segunda-feira (16), o Brasil tem 234 casos confirmados de coronavírus. Na sexta-feira (13), o total passou de 100 pela primeira vez.

São Paulo é responsável por mais da metade dos casos (152). Em seguida vêm Rio de Janeiro (31), Distrito Federal (13), Santa Catarina (7), Rio Grande do Sul e Paraná (6), Minas Gerais (5), Goiás (3), Bahia, Mato Grosso do Sul e Pernambuco (2). Amazonas, Alagoas, Sergipe, Espírito Santo e Rio Grande do Norte registram um caso confirmado de coronavírus (um caso por unidade da Federação).

Já os casos suspeitos ultrapassaram os 2 mil, chegando a 2.064. São Paulo lidera com 1.177, seguido por Rio Grande do Sul (119), Santa Catarina (109), Distrito Federal (107) e Rio de Janeiro (96).

*Com Agência Brasil

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

Prévia da estatal

Petrobras (PETR4) anuncia produção do terceiro trimestre hoje, mas os dados da ANP já antecipam o que vem por aí; confira

Os dados chegam ao mercado em um momento de fortes críticas à política de preços da companhia e ameaças de desabastecimento

Exile on Wall Street

Quem não tem teto de vidro? As implicações das ameaças ao teto de gastos sobre seus investimentos

Ameaça ao teto fiscal exige atenção redobrada sobre a necessidade de diversificação e algumas proteções para a carteira – e há possíveis bons hedges para o momento

bitcoin (BTC) hoje

É recorde! Bitcoin (BTC) atinge nova máxima histórica com o novo rali das criptomoedas

A aprovação do ETF nos EUA impulsionou a alta do bitcoin, mas a principal criptomoeda do mercado pode subir ainda mais, segundo analistas

MERCADOS HOJE

Ibovespa engata recuperação, mas segue sob pressão do risco fiscal; dólar tem alívio após leilão do BC, mas juros futuros disparam

A agenda local está esvaziada nesta semana, mas os investidores aguardam por um desfecho para a PEC dos precatórios

COLUNA DO JOJO

Bolsa hoje: estaria o governo querendo furar o teto?

Ignorando o bom humor internacional de ontem, nós brasileiros vivemos nossa própria realidade, muito afetados com o vaivém de Brasília, que prejudicou bastante os mercados e que promete prejudicar ainda mais nos próximos dias

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies