Menu
2020-04-23T20:35:51-03:00
Estadão Conteúdo
Medidas de socorro

Bolsonaro afirma em live que pente-fino no auxílio emergencial deve levar 10 dias

Até o encerramento da sua transmissão de vídeo semanal no Facebook, Bolsonaro não citou o ministro da Justiça, Sérgio Moro

23 de abril de 2020
20:35
Presidente da República Jair Bolsonaro acompanhado da Primeira-Dama Michelle Bolsonaro, visitam o Estúdio do artista Romero Britto.
Imagem: Alan Santos/PR

O presidente Jair Bolsonaro disse que o governo deve levar mais 10 dias para processar todos os cadastros para recebimento do auxílio emergencial. Em live transmitida em sua página no Facebook nesta quinta-feira, 23, Bolsonaro esteve ao lado do presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães.

"Esse pente fino que está sendo feito, mais uns 10 dias deve chegar a um ponto final. Antes de completar os 30 dias do recebimento da primeira parcela vai começar a pagar a segunda", prometeu o presidente da República. Segundo Bolsonaro, mais de 33 milhões de pessoas já receberam o auxílio emergencial e 45 milhões fizeram cadastro, número maior do que o que o governo esperava inicialmente.

Já Pedro Guimarães garantiu que o governo vai respeitar a lei para fazer os pagamentos, sem que incorra no risco de cometer uma "pedalada fiscal" para pagar o benefício. "Não há a menor possibilidade deste governo realizar um pagamento sem que tenha dinheiro e esteja no orçamento. Existe dinheiro para a primeira parcela, na verdade pra todas, mas como tivemos um número muito maior de pessoas cadastradas do que qualquer um imaginava, vai ter que aumentar o valor do orçamento", explicou o presidente da Caixa.

Moro

Até o encerramento da sua transmissão de vídeo semanal no Facebook, Bolsonaro não citou o ministro da Justiça, Sérgio Moro. O presidente apareceu na live ao lado do presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, e falou somente sobre o pagamento do auxílio emergencial e dos impactos na atividade econômica causados pela pandemia da covid-19.

A ameaça de demissão de Moro movimentou o noticiário durante a tarde. O ministro teria ameaçado deixar o cargo depois de o presidente Bolsonaro manifestar intenção de trocar o comando da Polícia Federal (PF). No Twitter, o nome de Moro ainda está entre os assuntos mais comentados e já acumula mais de 430 mil menções nesta quinta-feira.

Desemprego

Bolsonaro voltou a defender a tese de que "o desemprego e o vírus precisam ser combatidos juntos" e afirmou, durante transmissão ao vivo, que "se a renda cair, a morte chega mais cedo". Segundo Bolsonaro, "está na casa de milhões o número de pessoas que perderam emprego formal". O presidente também afirmou que o "emprego vem sendo destruído desde lá trás".

"Entre o Brasil, que tem uma renda per capita e uma economia, e um país pobre, de um outro continente, o africano, por exemplo, a expectativa de vida é maior aqui ou lá de Zimbábue?", perguntou Bolsonaro ao presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, que participava da transmissão. "É maior aqui", respondeu Guimarães. "Por quê? Porque tem a renda maior", emendou Bolsonaro.

"Eu estou respondendo a processo dentro e fora do Brasil e sendo acusado de genocídio por ter defendido uma tese diferente da OMS. O pessoal fala tanto em seguir a OMS, né? O diretor-presidente da OMS é médico? Não é médico", afirmou Bolsonaro.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

decisão judicial

Justiça ordena religação de internet do governo do RJ; Oi alega inadimplência

Empresa acusa o governo do Estado de ter uma dívida com a empresa desde 2017 – hoje ela está em R$ 300 milhões

promessa de ipo

Locaweb compra ConnectPlug por R$ 18 milhões e avança em segmento de alimentação

Empresa comprada começou em food services mas hoje também atende outros segmentos, com foco em pequenas e médias empresas

seu dinheiro na sua noite

Mais fácil falar que fazer

Hoje foi um daqueles dias em que as falas dos detentores do poder no cenário doméstico até repercutiram no mercado, mas foram sobrepostas pelos fatos e pelo que aconteceu no exterior. O mercado local começou o dia animado com as apresentações do presidente Jair Bolsonaro e do ministro da Economia, Paulo Guedes, no badalado evento […]

perspectivas

Para Verde e SPX, auxílio emergencial por mais três meses não é preocupante

Luis Stuhlberger e Rogério Xavier dizem que a medida pode ser necessária, caso a vacinação demore demais; ambos veem 2021 positivo para os mercados

FECHAMENTO

Aceno liberal do governo não convence e bolsa fecha o dia no vermelho; na contramão, dólar cai mais de 3%

Em evento do Credit Suisse, Bolsonaro e Guedes reafirmaram o compromisso com o andamento das reformas e das privatizações, mas o mercado espera ações mais concretas

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies