Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2020-07-29T18:41:10-03:00
Jasmine Olga
Jasmine Olga
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP), já passou pelo Centro de Cidadania Fiscal (CCiF) e o setor de comunicação da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo
Novidade

Banco Central lançará notas de R$ 200 no fim de agosto, estampadas pelo lobo-guará

Segundo o comunicado do Banco Central, serão impressas 450 milhões de cédulas, que entrarão em circulação no final de agosto.

29 de julho de 2020
15:54 - atualizado às 18:41
Moeda Nacional, Real, Dinheiro, notas de real
Imagem ilustrativa - Imagem: Marcello Casal Jr / Agência Brasil

A família das notas do Real vai crescer. A garça-branca, a arara, o mico-leão-dourado, a onça-pintada e a garoupa agora também terão a companhia do lobo-guará. O Banco Central anunciou na tarde desta quarta-feira (29) que o Conselho Monetário Nacional (CMN) aprovou o lançamento da nova nota de R$ 200, que será estampada pelo lobo-guará, escolhido após uma pesquisa da entidade.

Segundo o comunicado do Banco Central, serão impressas 450 milhões de cédulas, totalizando R$ 90 bilhões, que entrarão em circulação no final de agosto. Os elementos e características da cédula serão divulgados no lançamento oficial, no fim de agosto. A escolha do lobo-guará é resultado de uma pesquisa realizada em 2001 pelo BC.

A diretora de Administração do Banco Central, Carolina de Assis Barros, explicou que o projeto já era pré-existente, e o momento se mostrou oportuno para o lançamento, já que a pandemia do coronavírus trouxe um aumento na demanda por papel-moeda desde março. Além disso, foi observado um maior entesouramento do dinheiro, e o retorno do auxílio emergencial ao sistema tem acontecido de forma mais lenta do que o esperado.

A diretora do BC afirmou também que o lançamento da nova cédula é uma medida preventiva, com o Banco Central se adiantando a um possível crescimento na demanda de papel-moeda nos próximos meses, mas que no momento a quantidade existente é adequada para suprir a demanda. Com a nova cédula, o BC espera reduzir custos de logística e distribuição de numerário pelo país.

Carolina de Barros disse que o CMN autorizou R$ 113,4 milhões para impressão de 450 milhões de cédulas de R$ 200 e 170 milhões de cédulas de R$ 100 e que a a impressão das novas moedas não está relacionada com a inflação. "Temos um sistema de metas. No momento, a inflação é baixa, estável, e controlada".

As 450 milhões de notas de R$ 200 serão lançadas gradualmente, de acordo com a necessidade do sistema. As moedas estão em fase final de testes de impressão.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

efeito pandemia

Sem peças importadas, indústria busca produção local, mas esbarra em custo

Escassez de produtos como máscaras e respiradores, que marcou o início da pandemia, depois se estendeu a semicondutores, insumos e autopeças e se agravou com o aumento dos preços

é possível, sim

O segredo para ser feliz no trabalho, segundo esta especialista

Beverly Jones, autora do “Find Your Happy at Work”, arriscou algumas respostas em entrevista recente e falou sobre desconforto, networking e tédio; veja abaixo

em família

Sobrinho-neto do bilionário Warren Buffett supera Berkshire Hathaway no ano

Ações da Boston Omaha, holding de capital aberto co-liderada pelo sobrinho-neto do bilionário, Alex Buffett Rozek, estão batendo os papéis da Berkshire Hathaway

novo serviço

Grupo pão de Açúcar vai fazer entrega para lojistas de seu marketplace

No próximo ano, a companhia passará a oferecer a possibilidade de que os lojistas virtuais armazenem produtos nos centros de distribuição do GPA

inovação

Varejo online agora quer conquistar a fronteira da venda de produto fresco

A partir do mês que vem, começa a funcionar no País uma startup mexicana de tecnologia do setor de supermercados que vai explorar exatamente esse filão

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies