Menu
2020-05-21T08:37:26-03:00
Jasmine Olga
Jasmine Olga
Cursando jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP), já passou pelo Centro de Cidadania Fiscal (CCiF) e o setor de comunicação da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo
Esquenta dos mercados

Reunião de Bolsonaro e governadores é destaque em dia de tensão renovada entre EUA e China

Com a escalada de tensão entre Estados Unidos e China, os índices futuros em Nova York e o pregão europeu operam no vermelho. No Brasil, a expectativa é pela reunião virtual entre o presidente Jair Bolsonaro e governadores.

21 de maio de 2020
8:18 - atualizado às 8:37
China e Estados Unidos
Imagem: Shutterstock

Nesta quinta-feira, o presidente Jair Bolsonaro discute com governadores sobre o veto ao reajuste de servidores públicos - muito esperado pelo mercado e pela equipe econômica, em contrapartida ao auxílio emergencial aos Estados e municípios. Na agenda econômica local, destaque para a divulgação da arrecadação federal.

No exterior, temos uma piora do humor nos negócios, já que as tensões entre Estados Unidos e China seguem crescendo. A marca de 5 milhões de casos de coronavírus no mundo também inspiram cautela. Dentre as principais divulgações econômicas do dia, destaque para o número de pedidos do auxílio-desemprego nos Estados Unidos, que segue sendo um termômetro para a situação da economia norte-americana.

Surfando o bom humor

Mesmo com pontos de tensão local, o Ibovespa conseguiu seguir o otimismo externo visto nesta quarta-feira e terminou o dia em alta de 0,71%, a 81.319,45 pontos.

Um dos motores para o dia de alta foi o anúncio da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) de que um acordo com China para recuperação do mercado de petróleo foi firmado. O objetivo é estabilizar os preços da commodity.

BC no jogo

Em live da Abdib, na tarde de ontem, o presidente do Banco Central Roberto Campos Neto, tentou impedir apostas contra o real, dizendo que o Banco Central continuará atuando no câmbio, podendo até mesmo aumentar a atuação se necessário.

Ontem, o dólar fechou o dia com queda de 1,17%, a R$ 5,6809.

Perguntado sobre qual seria o piso para a Selic, que hoje se encontra em 3% ao ano, o presidente do BC afirmou que 'países com dívidas maiores encerram o processo de corte de juros com taxas um pouco maiores também'. Ele também disse que a crise atual pode ser mais longa e o desvio fiscal maior.

Selando a paz?

O presidente Jair Bolsonaro participa hoje de videoconferência com governadores. O objetivo é melhorar a relação do Governo Federal com os Estados. Ponto de atrito entre as duas partes nos últimos meses, medidas de isolamento social não serão discutidas.

A expectativa é que Bolsonaro discuta o veto aos reajustes salariais do funcionalismo público. A medida foi aprovada na semana passada no pacote de auxílio aos Estados e municípios. Paulo Guedes, que espera que o veto se concretize, também participará da reunião.

Pontos de tensão

Os números de casos do coronavírus continuam avançando no país, nos aproximando dos números registrados pelos Estados Unidos - país com o maior número de casos no mundo. No total, já são 291,5 mil infectados e 18,8 mil mortos.

Já no campo político, expectativa pela decisão do ministro Celso de Mello sobre o vídeo da reunião ministerial do dia 22 de abril - que pode ser anunciada a qualquer momento - , e pelo depoimento de Paulo Marinho, suplente de Flávio Bolsonaro no Senado e que denunciou o vazamento de informações da Operação Furna da Onça a Flávio Bolsonaro. Hoje, Marinho irá depor à PGR.

Em meio à tantas crises, a pesquisa XP/Ipespe divulgada ontem mostra uma queda no apoio popular do presidente. O índice de "bom/ótimo" caiu para 25%. 23% dos entrevistados acreditam que o governo do presidente é apenas regular - deixando o apoio ao presidente abaixo da casa dos 50%.

Em relação à atuação do presidente durante a crise sanitária, 58% dos entrevistadoss acreditam que a atuação é ruim ou péssima.

EUA X China

O clima de tensão entre Estados Unidos e China voltou a pesar. O presidente Donald Trump voltou a criticar o país asiático pela atuação contra o coronavírus, culpando os chineses pela pandemia.

A Casa Branca publicou um relatório com mais de 20 páginas culpando a China de atividades 'malignas' nos mais diversos setores, como políticas econômicas, violação de direitos humanos, regime militar e desinformação.

Além do renovado clima de guerra entre os países, os investidores também observam o avanço do coronavírus no globo.

Enquanto alguns países começam a reabrir suas economias, o vírus segue se espalhando. Segundo a Universidade Johns Hopkins, que compila dos dados sobre a doença, mais de 5 milhões de pessoas já foram infectadas, com 330 mil mortes registradas. A marca diluí o otimismo com as reaberturas econômicas e com o avanço de uma vacina.

Neste cenário que inspira maior cautela, as principais bolsas asiáticas fecharam em baixa.

O clima de tensão entre as duas principais economias do mundo contamina o pregão europeu, que opera no campo negativo desde a abertura. No velho continente, os negócios ainda digerem os últimos dados de atividade econômica do bloco. A economia da zona do euro continua se retraindo, mas o PMI composto da região superou expectativas, ficando em 30,5 em maio.

Depois de quatro altas consecutivas, os índices futuros em Nova York amanhecem em queda.

Subindo mais

O petróleo parece seguir para mais um dia de alta, agora com expectativas pela reunião legislativa anual da China - quando a maior consumidora da commodity poderá decidir sobre novas políticas monetárias e fiscais que podem levar a um aumento da demanda.

Por volta das 7h30, o barril do petróleo WTI para julho tinha alta de 2%. Já Brent avançava 1,34%, a US$ 36,23.

Agenda

Está previsto para hoje a divulgação da arrecadação federal (10h30).

Na agenda econômica internacional está previsto o número de pedidos de auxílio-desemprego semanal nos EUA (9h30), dados do setor imobiliário (11h) e PMIs preliminares de maio.

Olho também nos dirigentes do Federal Reserve, que falarão em diversos eventos durante o dia, incluindo o presidente Jerome Powell.

Fique de olho

  • Latam irá aumentar sua operação em junho de 5% da capacidade pré-crise para 9%.
  • Dona da Estapar, a Allpark venceu a licitação pela zona sul de Santo André.
  • A Notre Dame Intermédica adquiriu o Hospital do Coração de Balneário Camboriú, em SC, via sua subsidiária Clinipam.
  • Lojas Americanas emitirá R$ 500 milhões em debêntures.
  • O plano de recuperação judicial da Atvos, parte do Grupo Odebrecht, foi aprovado.
Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

Balanço da covid no país

Brasil supera Itália em número de mortes por coronavírus e chega a 33.884

O Brasil registrou 33.884 mortes provocadas pelo coronavírus até agora. Há 612.862 casos confirmados da doença em todo o país

coronavírus na energia

Copasa prorroga pagamento de contas devido à pandemia

A Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) informou que prorrogou os prazos das medidas de auxílio aos clientes, a fim de minimizar os impactos à população devido à pandemia do novo coronavírus

seu dinheiro na sua noite

Licença para gastar

Na crise financeira de 2008, as autoridades dos países desenvolvidos se encontraram diante de um dilema: era certo usar dinheiro público para salvar os bancos que estavam à beira da falência? Se por um lado eles foram os grandes culpados pelo próprio destino, por outro os efeitos colaterais de uma quebradeira no sistema financeiro afetariam […]

Recorde histórico

Em meio à pandemia, poupança tem captação líquida recorde de R$ 37,201 bilhões em maio

Este é o maior volume de depósitos líquidos em um único mês em toda a série histórica do BC, iniciada em janeiro de 1995

Bolsa imparável

Ibovespa sobe pelo quinto dia, desafiando até mesmo o tom mais cauteloso no exterior

O Ibovespa contrariou a tendência global e fechou em alta, aproximando-se do patamar dos 94 mil pontos. O tom mais cauteloso visto lá fora só foi sentido no mercado de câmbio, com o dólar à vista subindo e voltando a R$ 5,13

MP 936

Maia avalia que desoneração de folha evita mais desemprego na crise

Para o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), a prorrogação da desoneração da folha de pagamento até o fim de 2021, como proposto no texto da medida provisória 936 aprovada pela Câmara, vai evitar um impacto de R$ 10 bilhões nos custos de mão de obra de 17 setores

Efeito covid

Busca por passagem aérea no Brasil atinge mínima histórica no Google

Diante de pandemia que deixou aéreas sem operação e impôs isolamento, as buscas por passagem aérea no Brasil atingiram o menor nível histórico no Google

Marink Martins: In GOLD we trust

Marink Martins vai apresentar o que se passa na mente dos principais investidores internacionais, condensando a avaliação de quem já esteve a frente da tesouraria de grandes bancos nos EUA e no Brasil.     Sem opções rentáveis na renda fixa, todos querem alternativas seguras. Agora, Marink Martins compartilha exclusivamente com você qual poderá ser a […]

Bruno Bianco

Meta é incluir informais no mercado formal no pós-pandemia, diz secretário

O secretário especial de Previdência e Trabalho, Bruno Bianco, afirmou que o governo federal estuda como incluir no mercado formal a população de trabalhadores informais que precisou recorrer ao governo federal para receber o auxílio emergencial de R$ 600

Pré-sal

Com vinda de navios-tanque, Petrobras eleva capacidade de escoamento do pré-sal

A Petrobras recebe na próxima semana a primeira de quatro embarcações previstas para este ano para escoar a produção das plataformas do pré-sal

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements