Menu
2020-03-11T17:41:36-03:00
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA. Trabalhou por 18 anos nas principais redações do país, como Agência Estado/Broadcast, Gazeta Mercantil e Valor Econômico. É coautor do ensaio “Plínio Marcos, a crônica dos que não têm voz" (Boitempo) e escreveu os romances “O Roteirista” (Rocco), “Abandonado” (Geração) e "Os Jogadores" (Planeta).
Efeito coronavírus

Juros sobem forte no mercado futuro e reduzem espaço para cortes na Selic

Investidores diminuíram apostas de cortes mais agressivos na taxa básica de juros pelo Banco Central para combater os efeitos do coronavírus na economia

11 de março de 2020
17:40 - atualizado às 17:41
Coronavírus mercados bolsa
Imagem: Shutterstock

Os efeitos do choque do coronavírus não são sentidos apenas na bolsa e no dólar. O mercado de juros futuros vem passando por um forte ajuste nos últimos dias, com a redução das apostas de cortes mais agressivos na taxa básica de juros (Selic).

Na última semana, as taxas do contrato DI com vencimento em 2021 saltaram de 3,76% para 4,175%. O ajuste é ainda mais forte nos DIs mais longos. O contrato que vence em 2025 saiu de 5,79% para 6,83% desde a última quarta-feira.

Esse movimento no mercado de juros futuros diminui a margem para o Banco Central combater os efeitos do coronavírus na economia com cortes na Selic, segundo Wladimir Caramaschi, estrategista-chefe do Indosuez Wealth Management.

Ele credita esse movimento à alta do dólar, que pressiona os índices de inflação e, mais recentemente, do indicador de risco-país.

“O Banco Central não pode operar com uma Selic muito baixa e com risco-país subindo, senão coloca uma pressão enorme no câmbio.” – Wladimir Caramaschi, Indosuez Wealth Management

A próxima reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) está marcada para a semana que vem. Caramaschi ainda acredita que o BC vai promover uma redução de 0,25 ponto percentual nos juros, para 4% ao ano. Mas tem dúvidas sobre a possibilidade de novas reduções.

“O mercado deu como certo que os países podem fazer políticas anticíclicas para combater crises, mas nem sempre essa é uma verdade para os emergentes”, afirmou o estrategista.

Para um gestor de fundos com quem eu conversei, a alta dos juros futuros tem mais relação com o pânico que se instalou nos mercados do que com apostas mais concretas sobre a trajetória da Selic.

Ele diz que a situação no mercado pode mudar dependendo dos estímulos de outros Bancos Centrais para tentar evitar uma recessão com a pandemia do coronavírus.

Na madrugada de hoje, o BC inglês reduziu a taxa de juros em 0,50 ponto porcentual, para 0,25%, e anunciou um programa de financiamento para apoiar pequenas e médias empresas.

A grande expectativa agora fica para a reunião do Banco Central Europeu (BCE), que acontece amanhã cedo.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

balanços 3º tri

Hypera Pharma atinge maior receita da história e lucro cresce 29,4% no terceiro trimestre

Além da evolução de dois dígitos no segmento de ‘sell-out’ (vendas em farmácias), o período também fechou a conclusão de dois grandes negócios para a Hypera Pharma

Mudanças no time

BB Seguridade anuncia Marcio Hamilton Ferreira como novo diretor-presidente

Ferreira é graduado em Administração de empresas e desde janeiro ocupava o cargo de Diretor-Presidente da Brasilprev, empresa investida da BB Seguridade.

Multa de US$ 40 milhões

Justiça dos EUA aprova acordo para encerramento de ação coletiva, diz BRF

A empresa pagou a quantia de US$ 40 milhões para encerrar todas as demandas pendentes e que possam vir a ser propostas por pessoas ou entidades

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Um grande passo para a Arezzo

A Arezzo, rede de lojas de calçados femininos presente em boa parte dos shoppings brasileiros, abriu o capital na bolsa em 2011. Se você buscar no Google, provavelmente vai encontrar a matéria que eu escrevi na época sobre o IPO da empresa. Eu inclusive estive na sede da antiga BM&FBovespa (atual B3) na manhã do […]

fechando a conta no azul

Perdeu, mas ganhou: Ibovespa tem correção e cai, mas termina semana em alta; juros disparam com inflação

Índice não conseguiu manter toada positiva vista em outros dias e recuou com quedas de bancos e Petrobras; dólar sobe com inflação maior à vista

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies