Menu
2019-04-15T08:54:11-03:00
Estadão Conteúdo
tensões comerciais

UE autoriza negociações com EUA por acordo para eliminar tarifas industriais

Comissão europeia afirmou que deseja cortar tarifas visando um aumento adicional de exportações da UE e dos EUA no valor de cerca de 26 bilhões de euros

15 de abril de 2019
8:54
Estados Unidos e União Europeia
Estados Unidos e União Europeia - Imagem: Shutterstock

O Conselho Europeu afirmou nesta segunda-feira, 15, ter autorizado a Comissão Europeia a abrir formalmente negociações com os Estados Unidos por um acordo comercial limitado à eliminação de tarifas para produtos industriais, excluindo produtos agrícolas, e um acordo de avaliação de conformidade, com o objetivo de remover barreiras não tarifárias.

"Queremos cortar tarifas sobre produtos industriais, uma vez que isso pode levar a um aumento adicional de exportações da UE e dos EUA no valor de cerca de 26 bilhões de euros", comentou o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker.

Para a comissária de Comércio da UE, Cecilia Malmström, trata-se de uma decisão "bem-vinda" que ajudará a "aliviar tensões comerciais". "Estamos agora prontos para começar conversas formais por esses dois acordos almejados que trarão benefícios tangíveis para as pessoas e as economias em ambos os lados do Atlântico", disse em comunicado.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

Oferta inicial de ações

Kalunga protocola pedido de IPO na CVM; veja alguns números da varejista

Com foco na expansão e reforço de caixa, varejista é a terceira empresa a solicitar abertura de capital na B3 nesta semana

Corrida espacial

Elon Musk quer levar humanos para Marte até 2026

A empresa aeroespacial do bilionário, SpaceX, pretende criar uma cidade no planeta nos próximos 10 anos; ações da Tesla podem se beneficiar

Recuou!

Captação da poupança cai pela 1ª vez desde janeiro

Apesar do recuo, a poupança acumula entrada líquida de R$ 145,71 bilhões de janeiro a novembro – melhor desempenho para o período

Retrospectiva da semana

Coquetel anticrise: vacina e dinheiro na veia

Na onda das boas notícias, Ibovespa fechou a sexta-feira, 4, perto das máximas

Pandemia

Covid-19: Bolsonaro diz que governo não terá como socorrer os necessitados se ‘fechar tudo de novo’

Presidente avalia que o país não tem mais condições de se endividar

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies