Menu
2019-12-03T10:33:16-03:00
Estadão Conteúdo

Ministro francês ameaça com “forte resposta” da UE se EUA confirmarem tarifas

Embora tenha insistido que uma guerra comercial “não é do interesse de ninguém”, Le Maire disse que a França conversou esta semana com a Comissão Europeia sobre medidas retaliatórias da UE caso Washington cumpra a ameaça

3 de dezembro de 2019
10:13 - atualizado às 10:33
shutterstock_1098003935
Imagem: Shutterstock

O ministro de Finanças da França, Bruno Le Maire, disse nesta terça-feira que haverá uma "forte resposta" da União Europeia (UE) se o governo dos EUA seguir adiante com uma proposta de tarifar em 100% até US$ 2,4 bilhões em produtos franceses, incluindo vinhos, champanhes e queijos.

Ontem, o Escritório do Representante Comercial dos EUA (USTR, na sigla em inglês) propôs a punição tarifária por causa de um imposto francês sobre serviços digitais que prejudica gigantes da tecnologia, como as americanas Google, Amazon e Facebook.

"É simplesmente inaceitável", disse Le Maire à Radio Classique. "Não é o comportamento que esperamos dos EUA em relação a um dos seus maiores aliados."

Segundo Le Maire, o imposto francês tem o objetivo de "estabelecer justiça tributária". A França deseja que empresas digitais paguem impostos em países onde faturam e faz pressão para que seja fechado um acordo internacional sobre o acordo.

Embora tenha insistido que uma guerra comercial "não é do interesse de ninguém", Le Maire disse que a França conversou esta semana com a Comissão Europeia sobre medidas retaliatórias da UE caso Washington cumpra a ameaça de tarifar bens franceses.

Mais cedo, durante coletiva de imprensa em Londres, o presidente dos EUA, Donald Trump, disse que Washington vai tarifar os vinhos da França e "todo o resto", em razão do imposto, e que não vai permitir que a França "tire vantagem" de empresas americanas. "Não sou apaixonado por essas empresas (de tecnologia), mas são nossas empresas", disse o presidente.

Trump está na capital inglesa para participar de reunião de cúpula da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan). Com informações da Associated Press.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

Novos tempos

Alvo de Bolsonaro, home office avança no setor público

Bolsonaro usou trabalho remoto para atacar presidente da Petrobras

Mais uma na área

FDA autoriza uso emergencial de vacina de dose única nos EUA

Imunizante é produzido pela Johnson & Johnson

Contra a pandemia

Matéria-prima para produção de 12 milhões de doses de vacina chega ao Rio

Total de efetivamente imunizados não chega a 1% da população brasileira

Acordo confirmado

Notre Dame Intermédica e Hapvida chegam a acordo para combinação de negócios

Ações da Notre Dame serão incorporadas pela Hapvida; acordo resultará em uma das maiores empresas de saúde do mundo

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies