A AÇÃO QUE ESTÁ REVOLUCIONANDO A INFRAESTRUTURA DO BRASIL E PODE SUBIR 50%. BAIXE UM MATERIAL GRATUITO

2022-06-24T15:41:26-03:00
Eslen Brito
Eslen Brito
Repórter multimídia do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP) e já passou pela Rádio Alpha FM e pela Jornalismo Júnior.
Putin sem saída?

Rússia está a dois dias de um calote forçado: dívida milionária vence — e o país segue suspenso de sistema de pagamentos internacional

Fim do prazo do pagamento de uma dívida de US$ 100 milhões aos EUA pode motivar ações legais contra a Rússia

24 de junho de 2022
15:41
Putin
O presidente da Rússia, Vladimir Putin - Imagem: Reprodução/Flickr

A guerra comercial entre Rússia e Estados Unidos já vem de longa data, mas o conflito na Ucrânia abriu novos capítulos dessa acirrada disputa. Agora, Putin está a dois dias de não conseguir pagar uma dívida de US$ 100 milhões ao país norte-americano.

Logo após a ofensiva russa contra a Ucrânia, nações ocidentais suspenderam o país do sistema SWIFT de pagamentos internacionais. No último mês, os EUA encerraram uma isenção da Rússia de pagamentos de títulos públicos, o que significa que investidores americanos estavam impedidos de receber pagamentos do país.

Bloqueado do sistema Swift, impedida de realizar pagamentos em euro e dólar e com apenas 30 dias para efetuar a transação, a Rússia parece estar sem saída.

Na ocasião, o ministro da economia russo anunciou que pagaria a dívida em rublos e acusou os EUA de forçarem uma dívida artificial. Antes desses bloqueios, a Rússia já havia antecipado o pagamento de parte do débito e agendado a transferência do equivalente a US$ 100 milhões em maio.

Leia também:

O país ainda tem cerca de US$ 1 bilhão em pagamentos previstos até o fim do ano. Caso a Rússia falhe com a obrigação de pagar as dívidas, credores podem levantar ações judiciais que prejudicam a reputação do Estado.

Além disso, a inadimplência russa pode prejudicar um futuro retorno às instituições globais de mercado, aumentando, inclusive, os custos dos seus empréstimos.

*Com informações do Business Insider

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

BALANÇO

Inter (INBR31) reverte prejuízo em lucro de R$ 15,5 milhões no segundo trimestre; confira os números

15 de agosto de 2022 - 21:01

No semestre encerrado em 30 de junho de 2022, o Inter superou a marca de 20 milhões de clientes, que equivale a 22% de crescimento no período

BALANÇO DA HOLDING

Lucro líquido da Itaúsa (ITSA4) recua 12,5% no segundo trimestre, mas holding anuncia JCP adicional; confira os destaques do balanço

15 de agosto de 2022 - 19:52

A Itaúsa (ITSA4) esperou até o último dia da temporada de balanços para revelar os números do segundo trimestre. E a paciência dos investidores não foi recompensanda: a companhia lucrou R$ 3 bilhões, uma queda de 12,5% na comparação com o mesmo período do ano passado. O retorno sobre o patrimônio líquido (ROE) sobre o […]

BALANÇO

Resultado da Méliuz (CASH3) piora e empresa de cashback registra prejuízo líquido de R$ 28,2 milhões no segundo trimestre

15 de agosto de 2022 - 19:07

Os papéis da Méliuz amargam perdas de 87% no ano, mas entraram no mês de agosto em tom mais positivo, com ganho mensal de 7%

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Magazine Luiza (MGLU3) dá a volta por cima, XP vai às compras e futuro do ethereum; confira os destaques do dia

15 de agosto de 2022 - 18:52

Há pouco mais de dois meses, quando conversei com diversos analistas e gestores de mercado sobre as expectativas para o segundo semestre, poucos foram aqueles que apostaram nos setores de grande exposição à economia doméstica como boas alternativas para a segunda metade do ano.  Não que empresas ex-queridinhas como Magazine Luiza (MGLU3), Via (VIIA3) e […]

ACIONISTAS FELIZES

Dividendos: Itaúsa (ITSA4) pagará JCP adicional e data de corte é nesta semana; veja como receber

15 de agosto de 2022 - 18:47

Vale lembrar que, após a data de corte, as ações serão negociadas “ex-direitos” e passarão por um ajuste na cotação referente aos proventos já alocados

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies