Menu
2019-11-08T06:38:14-03:00
Estadão Conteúdo
ficou pra depois

STF adia para abril de 2020 julgamento de ações sobre royalties

Medidas contestam mudanças nas regras de distribuição de royalties do petróleo; adiamento ocorre em razão de pedidos formulados por governadores de Estados

8 de novembro de 2019
6:38
24/01/2018 Presidente da República em Exercício, Rodrigo Maia
( 24/01/2018) Ministra Cármen Lúcia. - Imagem: Marcos Corrêa/PR

O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu adiar para abril do ano que vem o julgamento de ações que contestam mudanças nas regras de distribuição de royalties do petróleo. Com isso, cinco Ações Diretas de Inconstitucionalidade, que estão sob a relatoria da ministra Cármen Lúcia, saem da pauta do plenário da Corte do próximo dia 20 de novembro e vão para o dia 22 de abril de 2020.

"O adiamento ocorre em razão de pedidos formulados nos autos por governadores de Estados, com vistas à proposição de audiência de conciliação", diz o STF. "Na decisão, que acatou parcialmente o pedido, a eminente ministra relatora determinou o sobrestamento dos processos pelo prazo máximo de 120 dias", acrescenta.

Um dos pedidos de adiamento foi feito pelo governador do Estado do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, que propôs à ministra Cármen Lúcia a realização de uma audiência de conciliação sobre o tema com a participação das 27 Unidades da Federação.

De acordo com Witzel, o impacto financeiro da ação, ajuizada pelo Rio, pode causar a quebra do Estado, caso o plenário do Supremo não fique do lado das autoridades fluminenses. O governador enfatizou no pedido ao Supremo que o Rio está em "recuperação fiscal" e que a legislação sobre royalties leva a uma perda de mais R$ 30 bilhões ao Estado, considerando o período de 2019 até 2023.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

Proventos

Banco do Brasil anuncia pagamento de R$ 416 milhões em Juros sobre Capital Próprio (JCP)

Terão direito ao provento os investidores com posição acionária na empresa no dia 11 de março

o melhor do seu dinheiro

Brandão balança mais não cai?

Chegamos ao fim de mais uma semana tensa nos mercados, que começou com a derrocada das ações da Petrobras, em razão da interferência do governo na presidência da estatal, e termina com pressões na bolsa e no dólar motivadas pelas preocupações dos investidores com a inflação nos Estados Unidos e alta nas taxas dos títulos […]

URGENTE

Hapvida e NotreDame chegam a um acordo sobre fusão, afirma site

A maior combinação entre duas empresas brasileiras criará uma gigante do setor de saúde, com um valor de R$ 110 bilhões.

fechamento da semana

Tensão em Brasília leva Ibovespa de volta aos 110 mil pontos e afunda estatais; dólar vai a R$ 5,60

Em semana marcada pela tensão entre governo e mercado, o Ibovespa recuou 7,09%, de volta aos 110 mil pontos. O dólar disparou acima dos R$ 5,60

Abandonando o barco?

Ações do Banco do Brasil recuam quase 5% com possibilidade de saída de André Brandão

Brandão tem mostrado insatisfação com o cargo e quer deixar o comando da estatal, segundo jornal; BB nega que presidente tenha renunciado

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies