Menu
2019-04-05T15:49:50-03:00
Estadão Conteúdo
de olho no balanço

Sabesp: lucro líquido atinge R$ 1,507 bi no 4º trimestre (alta de 146% em 1 ano)

Resultado financeiro ficou positivo entre outubro e dezembro de 2018, em R$ 29,6 milhões, contra cifra negativa de R$ 403,5 milhões observada em 2017

29 de março de 2019
8:01 - atualizado às 15:49
Sabesp
Imagem: Shutterstock

A Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) apurou lucro líquido de R$ 1,507 bilhão no último trimestre de 2018, cifra 146,1% maior que os R$ 612,6 milhões anotados em igual período do ano anterior. Com isso, a estatal paulista acumulou lucro líquido de R$ 2,835 bilhões em 2018, o que representa um aumento de 12,5% em relação a 2017.

Já o Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) no critério ajustado foi de R$ 2,324 bilhões entre outubro e dezembro de 2018, configurando alta de 66,7% na base anual. No trimestre, a margem Ebitda ajustada alcançou 47,4%, ante 34,7% um ano antes.

No acumulado de 2018, o Ebitda ajustado da Sabesp somou R$ 6,540 bilhões, 24,1% maior que em 2017, enquanto a margem atingiu 40,7%, alta de 3,6 pontos percentuais.

A receita líquida, considerando a receita de construção, foi de R$ 4,902 bilhões no quarto trimestre, 22,0% acima do mesmo intervalo de 2017. No acumulado de 2018, a linha somou R$ 16,085 bilhões, alta anual de 10,1%.

A receita de construção diminuiu 18,3% no quarto trimestre em relação a igual período de 2017, para R$ 764,3 milhões. No ano, a queda foi de 11,1%, para R$ 2,802 bilhões, o que a empresa atribuiu aos maiores investimentos na construção de ativos nos municípios operados em 2017, principalmente no Sistema Produtor São Lourenço (PPP).

O resultado financeiro ficou positivo entre outubro e dezembro de 2018, em R$ 29,6 milhões, contra cifra negativa de R$ 403,5 milhões observada um ano antes. Em 2018, a linha ficou negativa em R$ 1,264 bilhão, ante R$ 458,1 milhões também negativos em 2017.

Operacional

O volume faturado de água e esgoto totalizou 950,1 milhões de metros cúbicos (m3) no quarto trimestre de 2018, o que corresponde a um aumento de 0,8% em relação ao mesmo período de 2017. No segmento de água, o indicador alcançou 534,0 milhões de m? (+1,1%), enquanto em esgoto o volume foi de 416,1 milhões de m3 (+0,5%).

No acumulado de 2018, o volume faturado de água e esgoto atingiu 3,749 bilhões de m3, um crescimento anual de 1,5%.

Perspectivas

Em relatório da administração sobre 2018, a companhia menciona que um dos focos para 2019 é a obtenção das licenças para iniciar as obras de captação da Bacia do Rio Itapanhaú, estrutura que será fundamental para enfrentar futuras estiagens na região metropolitana de São Paulo, área que, naturalmente, possui baixíssima disponibilidade hídrica.

Para o período de 2019 a 2023, a Sabesp planeja investir diretamente cerca de R$ 18,7 bilhões, sendo R$ 7,7 bilhões em água e R$ 11,0 bilhões em coleta e tratamento de esgoto. Até 2023, a estatal tem a meta de realizar 954 mil novas ligações de água e 1,2 milhão de novas ligações de esgoto.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

seu dinheiro na sua noite

A vingança das sardinhas

Podia ser o título de um filme de terror, mas está mais para uma história de superação. No jargão do mercado financeiro, sardinhas são os pequenos investidores — pessoas físicas como eu e você. No mar revolto da bolsa de valores, as sardinhas costumam virar presas fáceis para os grandes investidores — ou tubarões, como […]

balanço

Pix movimenta R$ 11,8 bilhões na primeira semana de operação

Volume considera as transações realizadas entre o dia 16 de novembro, início da ferramenta, até ontem, dia 22

ainda não é oficial

Biden deve nomear Janet Yellen como secretária do Tesouro, diz jornal

Se confirmada pelo Senado, Janet Yellen será a primeira mulher a assumir a função; bolsas subiram com a notícia

fim do dia

Tudo para cima: Ibovespa fecha em alta com vacina de Oxford 70% eficaz, enquanto risco fiscal pressiona dólar e juros

Principal índice da B3 fecha no maior patamar desde 21 de fevereiro e acumula ganhos de 14% em novembro. Paralisia com reformas e crescente dívida pública instigam alta da moeda americana

Corrida contra o tempo

Moody’s: vacinação em massa tem potencial significativo de melhora do PIB global

Hoje foi a vez da AstraZeneca, que seguiu as farmacêuticas Moderna e Pfizer nas semanas anteriores, todas com eficácia na casa dos 90%.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies