🔴 SAVE THE DATE: 22/07 – FERRAMENTA PARA GERAR RENDA COM 1 CLIQUE SERÁ LIBERADA – CONHEÇA

Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
No Seu Dinheiro você encontra as melhores dicas, notícias e análises de investimentos para a pessoa física. Nossos jornalistas mergulham nos fatos e dizem o que acham que você deve (e não deve) fazer para multiplicar seu patrimônio. E claro, sem nada daquele economês que ninguém mais aguenta.
Congresso

Rodrigo Maia é reeleito presidente da Câmara dos Deputados com 334 votos

Deputado ocupará o cargo pela terceira vez consecutiva e fala em fazer reformas de forma pactuada. No Senado, sessão foi suspensa e será retomada amanhã

Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
1 de fevereiro de 2019
22:05 - atualizado às 22:23
Rodrigo Maia (DEM-RJ). - Imagem: J.Batista/Câmara dos Deputados

Em linha com o previsto pelos analistas políticos e pelo mercado, o senador Rodrigo Maia (DEM-RJ) vai comandar a Câmara dos Deputados. Maia foi eleito em primeiro turno com 344 votos, resultado considerado expressivo, para o biênio 2019/2020.

Outros seis deputados disputavam o comando da Casa que terá papel no encaminhamento da agenda de reformas do governo Jair Bolsonaro. Maia foi candidato oficial do bloco PSL, PP, PSD, MDB, PR, PRB, DEM, PSDB, PTB, PSC e PMN.

Rodrigo Maia assumiu a cadeira emocionado e agradeceu os votos dos deputados e aos competidores.

“Nós teremos muitos desafios. A Câmara precisa de modernização na relação com a sociedade, nos nossos instrumentos de trabalho, para que a gente possa ficar mais perto dos cidadãos. Precisamos modernizar as nossas leis, simplificá-las, e fazer as reformas de maneira pactuada”, disse.

Maia afirmou que, apesar de ter disputado o cargo por três vezes, sempre se emocionou na disputa. “Cresci nesta Casa, convivendo com todos os partidos”, declarou.

Concorreram com candidaturas avulsas, Fábio Ramalho (MDB-MG), que teve 66 votos; Marcelo Freixo (Psol-RJ), com 50 votos; JHC (PSB-AL), com 30 votos; Marcel Van Hattem (Novo-RS), com 23 votos; Ricardo Barros (PP-PR), com 4 votos; e General Peternelli (PSL-SP), com 2 votos.

Senado

Na Casa Revisora, a indefinição segue. Os senadores tentaram se entender sobre quem deve presidir a sessão, se o senador mais velho ou se Davi Alcolumbre (DEM-AP) e se a votação será aberta ou fechada. Por volta das 22h15, Alcolumbre suspendeu a sessão e convocou para amanhã, sábado 11 horas, a continuidade da reunião preparatória para a eleição.

Mais cedo, Alcolumbre realizou votação em plenário e 50 senadores votaram a favor do voto aberto e 2 foram contrários.

Há uma batalha regimental, pois o regimento interno do Senado prevê eleição secreta para a presidência. Mas também é possível que o Plenário tenha entendimento diferente. No entanto, se discute, também, se basta a maioria dos votos para “alterar” o regimentou o se tem de ocorrer votação unânime pela nova interpretação.

Senadores Renan Calheiros (DEM-AL) e Tasso Jereissati (PSDB-CE) discutem no Senado. - Imagem: Pedro França/Agência Senado

*Com Agências Câmara e Senado

Compartilhe

Sem crise

Com inflação em alta, Guedes questiona: “Qual o problema de a energia ficar um pouco mais cara?”

26 de agosto de 2021 - 6:54

Ministro afirma que economia está e vai continuar crescendo, mas admite que existem “algumas nuvens no horizonte” para o próximo ano

Economia na economia

Teto de gastos e Previdência já geraram economia de R$ 900 bi em juros, diz estudo do Ministério da Economia

8 de abril de 2021 - 12:11

Essa economia de quase R$ 1 trilhão em juros é equivalente a 28,12 vezes a despesa anual do programa Bolsa Família (de cerca de R$ 32 bilhões)

Difícil crescer

‘Foco é somar esforços para agenda de reformas’, diz presidente do Itaú Unibanco

2 de fevereiro de 2021 - 11:50

Para ele, o principal fator de atraso para a retomada econômica é a falta de um plano de vacinação e comentou o último balanço da empresa

ministro pistola

Guedes renova esperança com avanço de reformas e critica Maia

26 de janeiro de 2021 - 10:50

Ministro critica “disfuncionalidade” do sistema político por permitir que centro-esquerda domine votações, apesar da vitória da centro-direita nas eleições

entrevista exclusiva

Reformas podem voltar à pauta do Congresso em até dois meses, diz Sachsida

22 de junho de 2020 - 6:01

Em entrevista ao Seu Dinheiro, o Secretário de Política Econômica do Ministério da Economia conta que o governo pretende retomar agenda pró-mercado “fraterna” no pós-crise

INSS

Como pedir concessão e prorrogação do auxílio-doença durante pandemia

3 de junho de 2020 - 13:30

Previdência seleciona perguntas mais frequentes feitas pelos segurados.

Confusão na Alesp

Reforma da Previdência de servidor paulista é aprovada em meio a tumulto na Alesp

3 de março de 2020 - 13:18

Servidores que protestavam contra o projeto do governador João Doria (PSDB) entraram em confronto com a Tropa de Choque da Polícia Militar, que estava dentro do prédio

na alesp

Reforma da Previdência em São Paulo é aprovada em primeiro turno

19 de fevereiro de 2020 - 7:13

PEC estabelece idade mínima para aposentadoria, de 62 anos para mulheres e 65 para homens, acaba com o recebimento de adicionais por tempo de serviço e proíbe a acumulação de vantagens temporárias

Expansão

Com reforma, previdência privada aberta volta a crescer

10 de fevereiro de 2020 - 8:47

No ano passado, os novos depósitos em planos de previdência privada aberta somaram R$ 126,4 bilhões, expansão de 16,9% frente a 2018. A captação líquida, que considera os resgates realizados no período, foi de R$ 55,5 bilhões, consolidando uma expansão de 40,4%

PENSATA DE DOMINGO

Nunca é tarde para entrar na bolsa. Será?

26 de janeiro de 2020 - 5:41

Hoje quero falar sobre a visão que eu e o Rodolfo compartilhamos para o ano de 2020. E, claro, o que você deve fazer com seus investimentos para chegar à aposentadoria precoce.

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar