Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-02-02T11:50:28-03:00
Estadão Conteúdo
Difícil crescer

‘Foco é somar esforços para agenda de reformas’, diz presidente do Itaú Unibanco

Para ele, o principal fator de atraso para a retomada econômica é a falta de um plano de vacinação e comentou o último balanço da empresa

2 de fevereiro de 2021
11:50
Agência do Itaú
Imagem: Shutterstock

O novo presidente do Itaú Unibanco, Milton Maluhy, evitou comentar sobre o risco de impeachment do presidente Jair Bolsonaro, mas ressaltou que o foco do Brasil tem de ser a soma de esforços para uma agenda de reformas além do avanço da imunização da população contra a covid-19.

"O ponto mais importante é que não discutimos hipóteses. O Congresso elegeu seus líderes e a agenda que temos para o Congresso é o foco em agenda reformistas", afirmou ele, em teleconferência com a imprensa, a primeira após assumir o comando do maior banco da América Latina.

Ele lembrou que na curva de juros há prêmios de risco embutidos e que, portanto, o País tem de sinalizar ao mercado com uma agenda de reformas. Para Maluhy, as três medidas mais importantes são: aprovação da PEC emergencial, além das reformas tributária e administrativa.

Passadas as eleições no Congresso, o novo presidente do Itaú vê como ação mais urgente o avanço do plano de vacinação no Brasil. "Um atraso na vacinação pode comprometer metade do crescimento de 4% que esperamos para o Produto Interno Bruto (PIB) em 2021", disse.

Sobre o "novo" Congresso, ele parabenizou os eleitos, Arthur Lira (PP-AL) e Rodrigo Pacheco (DEM-MG) para as presidências da Câmara e do Senado. Disse que as eleições foram importantes, mas cobrou o avanço de uma agenda reformista.

"Após as eleições no Congresso, nossa expectativa é de voltar a discutir reformas e agenda de crescimento para o País. Temos de voltar à agenda reformista", disse Maluhy.

Inadimplência

Milton Maluhy reconheceu nesta terça-feira, 2, na teleconferência de imprensa para comentar os resultados do balanço, que a inadimplência deve subir em 2021, mas disse que a dinâmica será melhor do que a imaginada pelo banco anteriormente. Ele lembrou que, em razão dos programas de renegociação de dívidas, a taxa de inadimplência do Itaú atingiu o menor nível da história. A expectativa, segundo o executivo, é que o índice de atrasos superiores a 90 dias suba em 2021 a ponto de ficar próximo dos níveis anteriores à crise causada pela pandemia.

Mesmo com o esperado aumento da inadimplência, o custo de crédito deve cair, afirmou o executivo. "Com as provisões feitas em 2020, é natural que, à medida que os atrasos subam, sejam consumidas as provisões já feitas, e por isso o custo de crédito caia ao longo do ano, porque já houve antecipação", disse.

O executivo, que disse 96% das carteiras de crédito já estão fora dos períodos de carência, acredita que o pico da inadimplência deve ocorrer entre o último trimestre de 2021 e o primeiro trimestre de 2022, mas ponderou que, com as incertezas que ainda existem para a economia, é difícil fazer uma previsão.

Para 2021, o Itaú espera expansão de 4% do PIB, como retomada da crise. Contudo, disse Maluhy, essa expectativa cai pela metade se o plano de vacinação atrasar em seis meses, piorando também as perspectivas para o emprego.

De qualquer forma, o crédito tem crescido, em especial para linhas de menor risco, como veículos, imobiliário e consignado, afirmou o executivo. "Ainda vemos carteira de veículos e consignado com demanda forte", afirmou o novo presidente do banco.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

DE OLHO NA BOLSA

Esquenta dos mercados: Bolsas no exterior operam sem direção definida de olho na inflação dos EUA e Ibovespa mira em coletiva de Paulo Guedes hoje

Depois de recuperar força e encerrar aos 112 mil pontos ontem (27), a bolsa brasileira deve acompanhar a divulgação do resultado primário do governo e a coletiva do ministro da Economia

Sextou com o Ruy

Investindo em startups: empresas iniciantes podem trazer ganhos absurdos com uma grande tacada, mas ela precisa ser certeira

Antes destinado para milionários, hoje em dia já existe plataforma aberta para você investir em startups com grande potencial de valorização. E com aportes tão pequenos quanto R$ 1 mil.

Mais de 200 empresas

A temporada de resultados vem aí: confira o calendário de balanços do quarto trimestre de 2021

A temporada de resultados do quarto trimestre começa nesta terça (1º). Confira o calendário de balanços feito pelo Seu Dinheiro

OFERTA ADIADA

Por que Petrobras (PETR4) e Novonor decidiram suspender a venda bilionária de participação na Braskem (BRKM5)

As duas empresas adiaram a oferta que poderia movimentar mais de R$ 8 bilhões com a venda de até 154,9 milhões de ações da petroquímica

FIM DA SUSPENSÃO

Volta do sistema do Banco Central para consulta de dinheiro ‘esquecido’ em bancos já tem data marcada; veja quando o SVR estará novamente no ar

Quem tiver valores a receber também será informado sobre a data em que poderá solicitar a transferência dos recursos para sua conta

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies