Menu
2019-04-04T14:17:57-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Assumindo o papel de Bolsonaro

Paulo Guedes toma as rédeas da articulação pela reforma da Previdência, diz jornal

“Posto Ipiranga” assume as funções de Bolsonaro e de Onyx Lorenzoni na tentativa de melhorar a relação entre o Executivo e o Legislativo

28 de março de 2019
16:04 - atualizado às 14:17
O ministro da Economia Paulo Guedes, durante cerimônia de posse aos presidentes dos bancos públicos.
Guedes passará a liderar a articulação da reforma no Congresso - Imagem: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O ministro da Economia, Paulo Guedes, é quem deve comandar as picapes da reforma da Previdência a partir de agora. De acordo com informações do jornal Valor Econômico, o "posto Ipiranga" vai assumir o papel do presidente Jair Bolsonaro e do ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, na articulação política do projeto.

Na prática, caberá a Guedes negociar com o Congresso as mudanças necessárias para que a reforma consiga ser aprovada. Mais cedo nesta quinta-feira, 28, o ministro almoçou com parlamentares na tentativa de "vender" a ideia da nova Previdência.

A notícia é vista com interesse tanto na ala política quanto no mercado financeiro. Há uma expectativa de que Guedes possa mudar o clima ruim que se instalou na última semana em Brasília, com Bolsonaro e o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, trocando farpas públicas. Vale lembrar, inclusive, que Guedes é considerado uma ponte do Executivo com Maia pela proximidade que ambos têm.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

Agenda de resultados

Em clima de Carnaval, Ambev divulga balanço anual nesta semana; veja o que esperar dos números

Cervejaria tem tudo para entregar resultados mais positivos em 2019, após sofrer com números fracos e a maior concorrência nos últimos anos

Acesso liberado

Os segredos da bolsa: ações para não ficar de ressaca na quarta-feira de cinzas

Enquanto a bolsa está fechada para o Carnaval, fique atento ao desempenho dos ADRs de companhias brasileiras nos EUA — eles darão uma pista importante sobre como será a reabertura das negociações por aqui, na quarta-feira

Clima tenso na política

Bolsonaro ainda não respondeu carta dos governadores, diz Doria

Mandatários estaduais acusam o presidente de dar declarações que ferem a democracia brasileira

Planejando o futuro

3 erros que você deve evitar ao planejar seus investimentos para aposentadoria

Fique de olho pois nesse longo caminho existem algumas ciladas que muita gente acaba caindo

Os movimentos do magnata

Warren Buffett vendeu mais de US$ 800 milhões em ações da Apple no último trimestre. Mas o que isso significa?

Conheça algumas razões para que esse volume de ações da Apple tenha saído das mãos de um dos maiores investidores do mundo

Oportunidade como poucas

‘Brasil tem potencial para ser líder em finanças verdes’, afirma presidente do UBS

Sylvia Coutinho afirma que o país pode conseguir atrair investimentos externos se souber aproveitar essa oportunidade

Produção de biogás

O ‘pré-sal caipira’: a energia que vem da criação de porcos

Dejetos dos suínos se tornaram matéria-prima para a produção de biogás

Climão no governo

Bolsonaro afirma que ‘implodiu’ Inmetro por ‘excesso de zelo’ em regra para táxis

Conflito acabou levando para a demissão da presidente do órgão, Angela Flores

IPOs no radar

Com impulso de médias empresas, bolsa pode movimentar R$ 200 bilhões

Marcas conhecidas e empresas regionais estão buscando assessoria financeira ou até já protocolaram pedido para o IPO

Epidemia mundial

Número de infectados por coronavírus no mundo passa de 78,5 mil

Do total, 77.027 foram diagnosticados somente na China

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements