Menu
2019-04-04T14:17:57-03:00
Assumindo o papel de Bolsonaro

Paulo Guedes toma as rédeas da articulação pela reforma da Previdência, diz jornal

“Posto Ipiranga” assume as funções de Bolsonaro e de Onyx Lorenzoni na tentativa de melhorar a relação entre o Executivo e o Legislativo

28 de março de 2019
16:04 - atualizado às 14:17
O ministro da Economia Paulo Guedes, durante cerimônia de posse aos presidentes dos bancos públicos.
Guedes passará a liderar a articulação da reforma no Congresso - Imagem: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O ministro da Economia, Paulo Guedes, é quem deve comandar as picapes da reforma da Previdência a partir de agora. De acordo com informações do jornal Valor Econômico, o "posto Ipiranga" vai assumir o papel do presidente Jair Bolsonaro e do ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, na articulação política do projeto.

Na prática, caberá a Guedes negociar com o Congresso as mudanças necessárias para que a reforma consiga ser aprovada. Mais cedo nesta quinta-feira, 28, o ministro almoçou com parlamentares na tentativa de "vender" a ideia da nova Previdência.

A notícia é vista com interesse tanto na ala política quanto no mercado financeiro. Há uma expectativa de que Guedes possa mudar o clima ruim que se instalou na última semana em Brasília, com Bolsonaro e o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, trocando farpas públicas. Vale lembrar, inclusive, que Guedes é considerado uma ponte do Executivo com Maia pela proximidade que ambos têm.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

Teste de fé

Segredos da bolsa: Powell e Campos Neto testam a fé dos investidores nos banqueiros centrais

Testemunhos do presidente do Fed perante a Câmara e o Senado dos EUA e coletiva de Campos Neto tendem a inspirar cautela entre os investidores

dinheiro estrangeiro

Sem reformas, fim da pandemia pode não trazer investimentos

Desde 2015, a participação de estrangeiros nos títulos de dívida pública caiu de 20,8% para 9%; quadro fiscal piorou com a pandemia

coronavírus

Doria anuncia que São Paulo receberá 5 milhões de doses de CoronaVac

Segundo o governador de São Paulo, previsão é de que haja 46 milhões de doses até dezembro

o app dos jovens

TikTok banido dos EUA? Entenda a polêmica em torno do aplicativo

Trump prometeu tirar o aplicativo chinês do país neste domingo, mas medida não deve ser colocada em prática; entenda as razões por trás da ofensiva americana

entrevista

‘Não se pode esperar para cortar privilégio’, diz ex-secretário do Ministério da Economia

Paulo Uebel defende que o Congresso aprove uma regra de transição na proposta da reforma administrativa para incluir o fim dos privilégios que grupo de servidores atuais ainda goza

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements