Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-12-05T12:50:17-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
PROMESSA DESCUMPRIDA

Reforma administrativa não sai antes das eleições, admite relator da proposta na Câmara

O deputado Arthur Maia afirmou que faltou empenho do executivo para garantir que o texto fosse aprovado no Congresso

5 de dezembro de 2021
18:01 - atualizado às 12:50
reajuste servidores
Imagem: Marcos Corrêa/PR

Uma das grandes promessas o presidente Jair Bolsonaro não poderá ser cumprida antes das eleições de 2022, é o que diz o relator da reforma administrativa na Câmara, Arthur Maia (DEM-BA). O deputado admitiu ao Broadcast que não vê possibilidade de o texto ser aprovado durante o atual governo.

Maia afirma que a dificuldade está no "timing" para votação do projeto: matérias polêmicas como a reforma podem ter tramitação travada no Congresso ano eleitoral. A precaução é para evitar desgaste entre os parlamentares e suas bases.

"Toda reforma, por mexer em estruturas, tem resistências. Na medida em que vai se aproximando da eleição, temas como esse são mais difíceis de tramitar na Câmara", lamentou.

Ficou para escanteio

O deputado também criticou a falta de empenho do Executivo em fazer a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) andar no Congresso. Para ele, o desinteresse é fruto da inviabilidade de se aprovar o texto ainda no governo Bolsonaro.

O Executivo encaminhou. A Câmara cumpriu a parte que lhe cabe. Agora, para que ela seja aprovada no Plenário da Câmara e do Senado, é preciso que haja participação efetiva do Poder Executivo. E eu não sinto isso, infelizmente. A exceção do ministro Paulo Guedes, que realmente tem demonstrado interesse grande na aprovação da reforma, o Palácio do Planalto não tem se movimentado.

Arthur Maia

A proposta, que mexe com direitos do funcionalismo público, foi aprovada em comissão especial da Câmara em setembro e agora precisa passar pelo plenário da Casa e do Senado, com votações em dois turnos em ambas. A PEC, no entanto, enfrenta resistência de congressistas e pressões de funcionários públicos, mas é defendida por Guedes como essencial para redução de gastos públicos.

*Com informações do Broadcast

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

TECHS SOFREM

Por que a alta dos juros nos EUA derruba as ações de Locaweb (LWSA3) e Inter (BIDI) na B3?

O movimento com as ações ligadas ao setor de tecnologia na B3 ocorre desde o início do ano. Os papéis da Locaweb, por exemplo, acumulam queda de 40% apenas nos primeiros dias de 2022

FOLLOW ON

BRF definirá dia 1º preço da ação no follow on, que pode girar cerca de R$ 8 bi

A operação pode abrir o caminho para a Marfrig assumir o controle da BRF

Fatia maior

Gestora Alaska aumenta participação na Cogna (COGN3) para mais de 15%, e ação dispara

Papel tem uma das maiores altas do Ibovespa depois que gestora de Henrique Bredda e Luiz Alves Paes de Barros informou ter adquirido mais ações na companhia de educação

O PLAYSTATION QUE SE CUIDE

Em guerra pelo metaverso, Microsoft compra fabricante do ‘Call of Duty’ e do ‘Candy Crush’ por R$ 380 bilhões

Aquisição da Activision Blizzard pela empresa fundada por Bill Gates é a maior da história do setor de games

BITCOIN (BTC) HOJE

‘Freakconomics’ 2.0: atentado nos Emirados Árabes faz bitcoin (BTC) cair; entenda o que mais movimenta as criptomoedas hoje

Avanço do petróleo, valorização dos Treasuries, queda das bolsas e pressão no bitcoin: tudo está conectado ao atentado de hoje

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies