💰IPCA + 8% e outros títulos ‘premium’: receba as melhores ofertas de renda fixa no seu WhatsApp

Cotações por TradingView
2019-04-04T14:11:09-03:00
Estadão Conteúdo
Mês de pagar dívidas

Saques em poupança superam depósitos em R$ 11,23 bilhões em janeiro

Retiradas líquidas refletem a necessidade de recursos para pagar despesas como IPTU, IPVA, matrículas e materiais escolares

6 de fevereiro de 2019
16:11 - atualizado às 14:11
Jarra de moedas representa poupança
Janeiro é, tradicionalmente, um mês em que as famílias retiram recursos da cadernetaImagem: Shutterstock

Para fazer frente às despesas do início de ano, os brasileiros sacaram R$ 11,232 bilhões líquidos da caderneta de poupança em janeiro, informou o Banco Central. O montante é o segundo maior da história para o mês de janeiro, perdendo apenas para os R$ 12,032 bilhões sacados em janeiro de 2016. A série histórica do BC começou em janeiro de 1995.

Os saques líquidos registrados no mês passado refletem, em grande parte, a necessidade de recursos para pagar despesas como IPTU, IPVA, matrículas e materiais escolares. Janeiro já é, tradicionalmente, um mês em que as famílias retiram recursos da caderneta, sendo que muitas vezes a origem do dinheiro é o 13º terceiro salário pago em dezembro.

A diferença é que os R$ 11,232 bilhões líquidos retirados da caderneta em janeiro deste ano é mais que o dobro do montante registrado em janeiro de 2018 (R$ 5,201 bilhões). Foram R$ 205,905 bilhões em saques no mês passado, contra R$ 194,673 bilhões em depósitos.

Considerando os rendimentos de R$ 2,940 bilhões na poupança em janeiro, o saldo global da caderneta chegou aos R$ 788,989 bilhões. No fim de 2018, este saldo estava em R$ 797,281 bilhões.

Recuperação

Em função da crise econômica, a caderneta registrou saídas líquidas em 2015 e 2016, mas iniciou um processo de recuperação no ano seguinte. Em 2018, em meio à relativa retomada do emprego e da renda, a poupança fechou o ano com captação líquida de R$ 38,260 bilhões.

Esta procura maior pela poupança no ano passado ocorreu apesar de a rentabilidade ser, atualmente, inferior ao visto em anos anteriores. Hoje a poupança é remunerada pela taxa referencial (TR), que está próxima de zero, mais 70% da Selic (a taxa básica de juros da economia). A Selic, por sua vez, está em 6,50% ao ano desde março de 2018. Na noite desta quarta-feira, o BC anunciará o novo patamar da Selic, mas a tendência é de que a taxa não mude.

Esta regra de remuneração da poupança vale sempre que a Selic estiver abaixo dos 8,50% ao ano. Quando estiver acima disso, a poupança é atualizada pela TR mais uma taxa fixa de 0,5% ao mês (6,17% ao ano). Esta remuneração, mais elevada, deixou de valer em setembro de 2017, quando a Selic passou para abaixo do nível de 8,50%.

Brasil

Apesar dos resultados positivos da caderneta nos dois últimos anos, os brasileiros ainda não têm o hábito de guardar dinheiro. Dados do Banco Mundial mostram que, em 2017, apenas 32% dos brasileiros com mais de 15 anos de idade guardaram alguma quantia de dinheiro - seja na caderneta, seja em qualquer outra aplicação financeira. A média global é de 48% e nos países de alta renda o porcentual é de 73%.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

DE OLHO NAS REDES

China deu “empurrãozinho” e fez esta ação decolar em novembro; agora ela é a favorita das corretoras para quem quer lucrar antes do fim de 2022; descubra

7 de dezembro de 2022 - 14:56

Ainda dá tempo de lucrar antes do fim de 2022. Afinal, não é porque o ano está acabando que você tem que ficar de bobeira, ainda existem boas oportunidades que podem colocar uma grana no seu bolso até dia 31 de dezembro e o Seu Dinheiro te revela duas delas.  Em uma publicação exclusiva na […]

MAIS BARATO

Depois de gasolina e diesel, Petrobras (PETR4) reduz preço do gás de cozinha em quase 10% para as distribuidoras; veja novos valores

7 de dezembro de 2022 - 14:50

Em um comunicado da estatal enviado à imprensa, a empresa afirma que a partir de amanhã haverá uma redução de R$ 3,58 para R$ 3,23 por quilo

Atualização

Tesouro Direto passa a aceitar PIX e a ser acessado com cadastro Gov.br

7 de dezembro de 2022 - 14:29

Programa de investimento em títulos públicos do Tesouro Nacional lançou cadastro unificado que simplifica o registro de novos investidores

ALÔ, FANTÁSTICO!

De novo? Loft faz terceira demissão em massa somente neste ano — novo corte atinge mais de 300 funcionários

7 de dezembro de 2022 - 13:38

Segundo a empresa, o novo corte acontece em razão da “reorganização” dos negócios. Em abril, a Loft demitiu cerca de 159 funcionários

BRINDE AOS ACIONISTAS

Dividendos e JCP: Ambev (ABEV3) anuncia pagamento de proventos; confira valores e prazos

7 de dezembro de 2022 - 12:21

A gigante de bebidas irá pagar R$ 0,76 por ação em JCP, mas o valor líquido cai com os 15% de imposto de renda retidos na fonte

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies