Menu
2019-07-29T19:43:15-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Livre comércio

Secretário de Comércio dos EUA vem ao Brasil para consolidar ‘relação forte’ entre os dois países

Wilbur Ross será recebido pelo presidente Jair Bolsonaro e pelos ministros Paulo Guedes e Tarcísio Rodrigues

29 de julho de 2019
19:37 - atualizado às 19:43
Bandeira do Brasil e dos EUA
Imagem: Shutterstock

O ministro da Economia, Paulo Guedes, receberá na tarde de quarta-feira, dia 31, em Brasília, o secretário de Comércio dos Estados Unidos, Wilbur Ross, que está em visita oficial ao país. Os encontros devem consolidar entendimentos “para uma relação comercial e industrial forte entre os dois países”.

O presidente Jair Bolsonaro já manifestou o interesse de ampliar as relações comerciais e até buscar um acordo de livre comércio com os americanos. Bolsonaro se encontrará com Ross também na quarta-feira, no Palácio do Planalto.

Segundo o Ministério da Economia, durante os quatro dias de permanência do secretário, o governo brasileiro buscará o aprofundamento da parceria entre Brasil e EUA, iniciada em março deste ano, durante visita do presidente Bolsonaro ao presidente dos EUA, Donald Trump.

Esta é a primeira vez, desde 2011, que um chefe do Departamento de Comércio americano visita o país.

Pauta

Entre os temas em pauta estão a retomada do Fórum de CEO’s Brasil-Estados Unidos, que reúne de dez a 12 executivos de cada país. E a nova agenda do Diálogo Comercial Brasil-Estados Unidos, por meio do qual os dois governos buscam obter avanços em temas como facilitação de comércio e propriedade intelectual.

Durante a visita a São Paulo, o secretário participará de várias reuniões com autoridades governamentais, empresários e industriais. Um dos encontros mais importantes é a comemoração dos 100 anos da Câmara de Comércio Brasil-EUA (Amcham Brasil).

Segundo a Amcham, a aproximação pode resultar numa agenda concreta, onde o objetivo principal é um acordo de livre comércio firmado entre os dois países.

No dia 1º de agosto, Ross retorna de Brasília a São Paulo para participar do 17º Fórum de Liderança em Infraestrutura da América Latina, que articula os projetos estratégicos de infraestrutura entre o setor público, as empresas e outros agentes desse segmento.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

Entre a cruz e a espada

Bitcoin se aproxima da “Cruz da Morte”: O que isso significa para a criptomoeda?

O bitcoin tocou essa linha imaginária no último final de semana, o que deve determinar o futuro da moeda para os próximos meses

Buscando confiança

Números de abril mostram melhora do IRB, mas queda da ação mostra que desconfiança persiste

Estratégia de rever contratos, principalmente no exterior, diminuiu as receitas fora do Brasil, mas ajudou sinistralidade e resultado final

Economia dos eua

Dirigente do Fed admite inflação alta, mas defende contínuo apoio monetário

Presidente da distrital do banco admitiu que as leituras recentes de inflação estão “altas” e devem ser monitoradas de perto

Aperto monetário

Vem aí uma alta de 1 ponto na Selic? Por que o mercado elevou as projeções para os juros após a ata do Copom

Juro básico da economia pode subir para 5,25% ao ano já em agosto se o Copom decidir apertar o ritmo de elevação da Selic para conter as pressões inflacionárias

Novo passo

PDG lança Vernyy, nova unidade de negócios de prestação de serviços imobiliários

Construtora está diversificando atividades como parte do seu plano de recuperação judicial

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies