Menu
2020-08-15T14:42:00-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Guerra Comercial

EUA e China adiam revisão de Fase 1 do acordo comercial

Videoconferência prevista para este sábado teria sido adiada por conflitos de agenda e necessidade de China comprar mais exportações dos EUA.

15 de agosto de 2020
14:41 - atualizado às 14:42
Guerra comercial, China, Estados Unidos EUA
Xi Jinping (China) e Donald Trump (EUA) - Imagem: Shutterstock

Os Estados Unidos e a China adiaram a revisão da Fase 1 de seu acordo comercial, prevista para este sábado, 15, disseram fontes familiarizadas com os planos à Reuters, citando conflitos de agenda e a necessidade de dar tempo para mais compras chinesas de exportações dos EUA.

Não há ainda nova data para a revisão, segundo as fontes. Estava marcada para este sábado uma videoconferência entre autoridades chinesas e norte-americanas, aniversário de seis meses da entrada em vigor do acordo, selado em 15 de fevereiro.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

Prévia do terceiro trimestre

Grandes bancos começam a olhar crise pelo retrovisor, mas com lucro ainda em queda

Lucro combinado de Itaú, Banco do Brasil, Bradesco e Santander deve aumentar em relação ao trimestre anterior, mas ainda ficará bem abaixo dos patamares de 2019

Coluna do Mioto

Vinte conselhos não óbvios de carreira

Estes são conselhos de carreira para jovens profissionais que tenham a ambição de serem promovidos e terem relevância dentro das suas empresas

balanços 3º tri

Hypera Pharma atinge maior receita da história e lucro cresce 29,4% no terceiro trimestre

Além da evolução de dois dígitos no segmento de ‘sell-out’ (vendas em farmácias), o período também fechou a conclusão de dois grandes negócios para a Hypera Pharma

Mudanças no time

BB Seguridade anuncia Marcio Hamilton Ferreira como novo diretor-presidente

Ferreira é graduado em Administração de empresas e desde janeiro ocupava o cargo de Diretor-Presidente da Brasilprev, empresa investida da BB Seguridade.

Multa de US$ 40 milhões

Justiça dos EUA aprova acordo para encerramento de ação coletiva, diz BRF

A empresa pagou a quantia de US$ 40 milhões para encerrar todas as demandas pendentes e que possam vir a ser propostas por pessoas ou entidades

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies