Menu
2019-08-16T11:50:13-03:00
Bruna Furlani
Bruna Furlani
Jornalista formada pela Universidade de Brasília (UnB). Fez curso de jornalismo econômico oferecido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Tem passagem pelas editorias de economia, política e negócios de veículos como O Estado de S.Paulo, SBT e Correio Braziliense.
Vai que vai!

Roxinho trouxe novidades… Nubank libera cartão com função débito

A funcionalidade já estava sendo testada desde dezembro do ano passado pelos mais de 2,5 milhões de clientes que possuem a conta digital da instituição

15 de agosto de 2019
12:15 - atualizado às 11:50
Cartão e aplicativo do Nubank
Cartão e aplicativo do Nubank - Imagem: Shutterstock

Ele não para. Depois de confirmar que havia captado US$ 400 milhões em uma nova rodada de investimentos, o Nubank trouxe mais uma novidade nesta quinta-feira (15). A fintech liberou o cartão com função débito para todos os clientes que tiverem interesse.

Agora, os usuários da NuConta poderão solicitar o acesso à nova funcionalidade pelo app do Nubank. Para fazer isso basta ir em configurações e depois ir em pedir função débito.

Quem tem o novo modelo de cartão Nubank contactless, que foi lançado em setembro do ano passado, terá a ativação do débito feita de forma automática após esse processo.

A funcionalidade já estava sendo testada desde dezembro do ano passado pelos clientes que possuem a conta digital da instituição.

Já sabe quais os melhores investimentos até o fim do ano? Baixe de graça nosso eBook exclusivo com as melhores dicas.

NuConta

Com mais de 8 milhões de clientes da NuConta, o diferencial dela está principalmente no fato de prometer uma rentabilidade de 100% do CDI para os recursos em conta e de ser gratuita.

Na prática, o dinheiro da conta dos clientes fica aplicado em títulos públicos, com o menor risco de crédito da economia brasileira, pois há garantia do governo federal.

Na escala do risco de calote, os títulos públicos são ainda mais seguros que as aplicações de renda fixa garantidas pelo FGC. É dessa aplicação em títulos públicos que vem a rentabilidade da NuConta.

Para abri-la, o usuário não precisa ser cliente do cartão de crédito ou vice-versa. Também não é preciso ter convite nem ficar em fila de espera. Trata-se de um produto feito para todos os públicos, basta solicitar a abertura pelo site ou pelo app.

Não há tarifa de manutenção de conta e praticamente todos os serviços são gratuitos. O cliente tem direito a fazer transferências ilimitadas, em tempo real ou agendadas, de NuConta para NuConta ou entre contas de instituições diferentes via TED, tudo de graça e sem limite de valor. Também é possível pagar boletos e a própria fatura do cartão Nubank, sem custo.

Mas um dos pontos que podem ser negativos, caso o usuário precise fazer saque, é a cobrança de R$ 6,50 por saque nos terminais da Rede 24 Horas ou Saque e Pague.

Para investigar se a NuConta realmente vale a pena, a repórter Julia Wiltgen pesquisou tudo a respeito dela e contou nesta matéria se tanto ela quanto o Nubank são tudo isso mesmo, se daria para trocá-los pelo seu bancão e se a conta da fintech seria a melhor alternativa para a sua reserva de emergência.

Valendo US$ 10 bilhões

E grande parte das inovações que a fintech vem fazendo no mercado está ligada ao aporte que recebeu de investidores. No total, foram cerca de US$ 820 milhões captados em sete rodadas de investimento, sendo que a última ocorreu em julho passado.

Na ocasião, o Nubank recebeu aporte de US$ 400 milhões. Apesar de a dona do cobiçado cartão roxo não ter confirmado, ela foi avaliada em cerca de US$ 10 bilhões no aporte de capital, segundo informações de mercado.

Os investimentos foram liderados pelo fundo americano TCV. Trata-se do primeiro negócio relevante na América Latina realizado pelo fundo, que já colocou dinheiro em empresas como a plataforma de hospedagem Airbnb e nas redes sociais Facebook e LinkedIn.

Os fundos que já haviam investido em rodadas anteriores do Nubank, como Tencent, DST Global, Sequoia Capital, Dragoneer, Ribbit Capital e Thrive Capital, também entraram com dinheiro na nova rodada.

O negócio consolida a fintech brasileira como o maior banco digital do mundo. Além disso, a a empresa informa que já é a sexta maior instituição financeira do Brasil em número de clientes, com mais de 12 milhões de usuários de seus cartões.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

Seu Dinheiro na sua noite

O grande respiro do câmbio e mais…

“Ih, vai ser uma semana daquelas”, pensei eu na segunda-feira, ao olhar a agenda de eventos previstos para os dias seguintes. Teríamos decisão do Copom e relatório de empregos nos EUA — e isso sem contar os inúmeros balanços corporativos. Em semanas assim, eu gosto de traçar alguns cenários na minha cabeça: se o BC […]

Fechamento da semana

Real ganha do dólar na semana e bolsa sobe mais de 2% com economia americana nem tão aquecida e Copom incisivo

Os problemas domésticos foram para baixo do tapete e os fatores externos ajudaram o Real a se valorizar e a bolsa a romper resistências importantes. Confira um resumo da semana.

Mudou de ideia?

Elon Musk passa a recomendar cautela com o dogecoin às vésperas de sua participação no SNL

O bilionário, que já fez a moeda-meme disparar 60% com apenas um tweet, exibiu um alerta para as limitações do mercado de criptoativos

pandemia

Estudo aponta relação entre negacionismo de Bolsonaro e evolução da pandemia no Brasil

Segundo o levantamento, em cidades onde o presidente obteve mais de 50% dos votos no segundo turno das eleições de 2018, número de mortes foi 415% maior do que nos municípios onde ele perdeu o pleito

Insistência incomoda

Ex-presidente do BC Affonso Pastore acredita que ajuste parcial da Selic é insustentável

O economista defende o reconhecimento explícito de que a instituição perseguirá o ajuste integral da taxa básica de juros

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies