Menu
2019-08-06T17:15:42-03:00
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA. Trabalhou por 18 anos nas principais redações do país, como Agência Estado/Broadcast, Gazeta Mercantil e Valor Econômico. É coautor do ensaio “Plínio Marcos, a crônica dos que não têm voz" (Boitempo) e escreveu os romances “O Roteirista” (Rocco), “Abandonado” (Geração) e "Os Jogadores" (Planeta).
Nas alturas

Após nova rodada de captação, Nubank agora vale quase R$ 40 bilhões

Dona do cobiçado cartão roxo, Nubank já é a sexta maior instituição financeira do país em número de clientes e maior banco digital do mundo

26 de julho de 2019
16:41 - atualizado às 17:15
Cartão da fintech Nubank
Imagem: Divulgação

Agora é oficial. O Nubank confirmou que captou US$ 400 milhões (R$ 1,5 bilhão) em uma nova rodada de investimentos. A empresa dona do cobiçado cartão roxo não confirma, mas foi avaliada em cerca de US$ 10 bilhões (aproximadamente R$ 38 bilhões) no aporte de capital, segundo informações de mercado. O negócio consolida a fintech brasileira como o maior banco digital do mundo.

Os investimentos foram liderados pelo fundo americano TCV. Trata-se do primeiro negócio relevante na América Latina realizado pelo fundo, que já colocou dinheiro em empresas como a plataforma de hospedagem Airbnb e nas redes sociais Facebook e LinkedIn.

Os fundos que já haviam investido em rodadas anteriores do Nubank, como Tencent, DST Global, Sequoia Capital, Dragoneer, Ribbit Capital e Thrive Capital, também entraram com dinheiro na nova rodada.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter

A captação acontece pouco mais de uma semana depois de o banco digital alemão N26, espécie de versão europeia do Nubank, anunciar uma captação de US$ 170 milhões e confirmar os planos de desembarcar no Brasil.

Com o novo aporte, a fintech brasileira acumula US$ 820 milhões captados em sete rodadas de investimento. Criada em 2013, a empresa informa que já é a sexta maior instituição financeira do Brasil em número de clientes, com mais de 12 milhões de usuários de seus cartões.

A empresa começou com uma emissora de cartão de crédito sem anuidade, vinculada a um aplicativo pelo celular, mas vem expandindo os produtos. Primeiro, com a criação de conta que permite pagamentos, depósitos e que proporciona um rendimento de 100% do CDI sobre o saldo. E, mais recentemente, com a concessão de empréstimos pessoais e conta para micro e pequenas empresas. Neste ano, também deu início à expansão internacional, com escritórios no México e na Argentina.

O único teste no qual o Nubank ainda não passou é o do lucro. Desde a criação, a empresa do cartão roxo sempre operou no vermelho. No primeiro trimestre, por exemplo, registrou prejuízo de R$ 50,6 milhões.

Os céticos em relação ao modelo do banco digital – e das fintechs em geral – questionam justamente a capacidade de transformar um bom produto para os clientes em um negócio rentável para seus acionistas. E você, o que acha? Deixe seu comentário logo abaixo ou lá no meu Twitter.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

Engordando o caixa

Dona de Le Lis Blanc e Dudalina, Restoque anuncia oferta de ações que pode chegar a R$ 278 milhões

Preço final da oferta da Restoque só será definido no dia 18 de dezembro, após a conclusão do processo de bookbuilding, quando o procedimento de coleta de intenções é realizada

olho nos dados

Vendas do comércio no varejo reduzem ritmo e sobem 0,1% em outubro

Esse é o sexto mês consecutivo de crescimento; no varejo ampliado, o volume de vendas cresceu 0,8% em relação a setembro de 2019

Títulos públicos

Veja os preços e as taxas do Tesouro Direto nesta quarta-feira

As taxas do Tesouro Direto abriram em queda nesta quarta-feira (11). O Tesouro IPCA+ 2024 (NTN-B Principal) é negociado com taxa de 2,20% ao ano mais IPCA, por um valor mínimo de R$ 58,99. O Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais 2050 (NTN-B) é negociado com taxa de 3,40% ao ano mais IPCA e aplicação mínima […]

Mais de 11 milhões de ações

BMG aprova programa de recompra de até 10% das ações em circulação

programa de recompra de ações do BMG entra em vigor nesta quarta-feira (11) e tem prazo de validade de um ano – até 8 de dezembro de 2020.

em brasília

Pacote de Moro e 2ª instância avançam

Bancada lavajatista não encarou esse sinal verde como uma vitória porque o pacote anticrime avalizado pela CCJ “carimbou” a mesma versão autorizada pela Câmara, que desidratou o projeto original

Aproximando banco do cliente

Banco Votorantim anuncia reposicionamento de marca e passa a se chamar BV

O Banco também apresentou um novo posicionamento de marca com a assinatura “leve para a sua vida”. A ideia é aproximar os clientes do banco, seguindo o case de sucesso das fintechs.

Não vai ter veto

Bolsonaro propõe fundo eleitoral de R$ 2,5 bi

Distribuição da verba para candidatos fica a critério das cúpulas partidárias, que, em geral, privilegiam políticos com mandato. Existe, ainda, o Fundo Partidário, que banca atividades do dia a dia das legendas

Tudo que vai mexer com seu dinheiro hoje

Olho nos BCs, na Oi e na XP

Hoje será mais uma super quarta-feira, com decisões importantes dos bancos centrais do Brasil e dos Estados Unidos sobre suas taxas básicas de juros. No caso do BC brasileiro, o mercado quer conferir se o discurso vai mudar ou não após a recente escalada do dólar. O dia começa também com novidades relevantes sobre a […]

Vai mudar

Banco do Brasil reduz diretoria executiva e anuncia novos nomes para o conselho

Banco estatal passará por uma redução de sua diretoria executiva e reestruturação nas atribuições de cada cargo. Agora, a diretoria do banco será composta por 26 posições

será que vai prosperar a ameaça?

EUA ainda discutem tarifas; Brasil espera decisão antes do Natal

Até agora, a ameaça ficou limitada ao tuíte do presidente dos EUA, no qual ele sugeriu que Brasil e Argentina estavam desvalorizando suas moedas para aumentar a competitividade dos seus produtos no mercado internacional

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements