O melhor time de jornalistas e analistas do Telegram! Inscreva-se agora e libere a sua vaga

2022-04-26T14:07:35-03:00
Estadão Conteúdo
SINAL DE ALERTA

O Nubank (NUBR33) tremeu na base: fintech alerta para riscos derivados do aumento da concorrência e das mudanças regulatórias

Depois de reduzir a dependência do cartão de crédito, Nubank agora teme crescimento da concorrência e do aperto nas regras de capital para fintechs

23 de abril de 2022
14:18 - atualizado às 14:07
NuBank cartão enterrado cemitério RIP
Carro-chefe da fintech, cartão de crédito agora é motivo de preocupação para o Nubank. Imagem: Shutterstock e Andrei Franco

O Nubank (NUBR33) nem teve tempo de começar a comemorar a redução da dependência do cartão de crédito e colher frutos do investimento em uma prateleira de serviços mais ampla.

Num comunicado a seus acionistas esta semana, o "neobanco" listou uma série de riscos ao negócio que vão merecer atenção.

Mudanças regulatórias que apertaram as regras de capital para as fintechs e aumento da concorrência no setor de cartões estão entre os fatores citados.

Carro-chefe preocupa o Nubank

No ano passado, as tarifas de intercâmbio e os juros relacionados aos cartões de crédito responderam por pouco menos da metade da receita da fintech, ante fatia de 63% em 2020.

Nascido do cartão de crédito sem anuidade, o Nubank obtém receitas com o produto através desse intercâmbio pago pelas adquirentes (empresas que fazem a liquidação das operações) e do crédito rotativo.

"Nossa receita será significativamente prejudicada se perdermos todo ou parte substancial de nosso negócio de cartão de crédito, seja devido à perda de clientes, alterações regulatórias ou legislativas", advertiu a fintech no documento, citando a possibilidade de as taxas cobradas passarem a ser limitadas por reguladores.

Não é só a gente que tem dor de cabeça com o cartão de crédito

Analistas acreditam que o cartão de crédito pode se tornar fonte de dores de cabeça neste ano, em um cenário de inflação e endividamento altos.

"Notavelmente, créditos ao consumidor sem garantias e cartões de crédito devem enfrentar alguma pressão, à medida que o ano começa com alta inflação e endividamento das famílias", afirmou o JPMorgan, em relatório.

A fintech também admite que a concorrência deve aumentar "à medida que as tecnologias emergentes continuam a entrar no mercado e as grandes instituições financeiras buscam cada vez mais inovar os serviços (...) que oferecem."

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

BYE BYE GOVERNO!

Privatização vem aí: conselho do PPI altera regras da capitalização da Eletrobras (ELET3); saiba por que mudou

O TCU aprovou na sessão de quarta-feira (18) o processo de privatização da companhia — a proposta do relator venceu por 7 votos a favor e 1 contra

NOVO SHAPE

Da academia pra carteira: Smart Fit (SMFT3) tem potencial de alta de 34%, diz Itaú BBA — saiba se é hora de comprar

Depois do confinamento provocado pela covid-19, a indústria fitness enfrenta agora um cenário desafiador, com inflação alta, segundo o banco de investimentos

SEM LIMITE

STF nega impor prazo a Lira para análise de pedidos de impeachment de Bolsonaro

O chefe do Executivo é alvo de mais de 140 solicitações de impedimento; entenda a decisão da corte máxima

VAI TER DISNEY?

Dólar acumula desvalorização de 12,59% frente ao real no ano — veja o que mexe com o mercado de câmbio

A moeda norte-americana teve o pior desempenho semanal em quase dois meses, quando levou um tombo de mais de 5%

SOBE E DESCE

IRB (IRBR3) lidera pelotão de altas do Ibovespa e Méliuz (CASH3) vai na direção oposta — veja o que foi destaque na bolsa na semana

Lá fora, as negociações da semana foram marcadas pela entrada do S&P 500 no chamado bear market, ou território de queda; por aqui, o principal índice da B3 acumulou ganhou de 1,46%

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies