2019-05-03T19:50:34-03:00
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Diretor de redação do Seu Dinheiro. Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA, trabalhou nas principais publicações de economia do país, como Valor Econômico, Agência Estado e Gazeta Mercantil. É autor dos romances O Roteirista, Abandonado e Os Jogadores
Débito ou crédito?

Mercado Pago lança nova maquininha de cartão na disputa por pequenas e médias empresas

Correndo por fora na disputa do mercado de meios de pagamento, empresa do site de comércio eletrônico Mercado Livre vende máquina e oferece conta digital com rendimento

3 de maio de 2019
19:50
Point Pro, maquininha de cartões do Mercado Pago
Point Pro, maquininha de cartões do Mercado Pago - Imagem: Sergio Zacchi/Divulgação

Comendo pelas beiradas na feroz batalha do mercado de maquininhas de cartão, o Mercado Pago, empresa de meios de pagamento do site de comércio eletrônico Mercado Livre, anunciou o lançamento de um novo modelo de terminal: a Point Pro.

Voltada para pequenas e médias empresas, a nova maquininha do Mercado Pago custa R$ 358,80, e o valor pode ser parcelado em até 12 vezes. Não há taxas de adesão ou de aluguel.

Junto com a maquininha, a empresa do Mercado Livre oferece uma conta digital que oferece o rendimento do saldo a uma taxa de 5,2% ao ano, o equivalente a 85% do CDI. A conta pode ser movimentada por um cartão com bandeira Mastercard.

Assim como as outras empresas de maquininhas, o Mercado Pago também oferece o pagamento imediato das vendas realizadas no cartão aos lojistas. Nas operações realizadas no débito, a taxa é de 1,99% e, no crédito à vista, de 4,74%. O comerciante também tem a opção de receber os valores nas vendas realizadas no crédito em 14 ou 30 dias, com taxas menores.

A despeito da concorrência ferrenha no segmento, o Mercado Pago manteve o crescimento e atingiu um volume de transações de US$ 5,6 bilhões no primeiro trimestre deste ano, de acordo com dados do balanço do Mercado Livre, que possui ações listadas em Nova York. Trata-se de um avanço de 35,1% em dólares e de 82,5% em uma base cambial neutra na comparação com o mesmo período de 2018.

Se você quiser saber mais sobre a estratégia do Mercado Livre para a sua empresa de pagamentos, leia esta entrevista que eu fiz com Túlio Oliveira, diretor responsável pelo Mercado Pago.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

SOB NOVA DIREÇÃO

Passou, mas não foi unânime: indicado para comandar a Petrobras (PETR4) é aprovado por comitê — confira a próxima etapa

Caio Mário Paes de Andrade é o quinto gestor da estatal no governo de Jair Bolsonaro, mas seu nome ainda não recebeu aprovação final

VAI FICA DENTRO OU FORA DESSA?

Prepara-se: Metaverso vem aí com jogos, ensino e comércio eletrônico — e deve movimentar US$ 5 trilhões

De acordo com a empresa de consultoria McKinsey, os gastos globais no metaverso podem chegar a US$ 5 trilhões até 2030. Desse total, o e-commerce é visto como o meio que oferece a maior oportunidade, com um valor de mercado previsto de US$ 2,6 trilhões.

CARREIRA DOS SONHOS

Google (GOGL34) é eleita a empresa dos sonhos dos brasileiros; Nubank (NUBR33) e Itaú (ITUB4) também estão na lista

A gigante de tecnologia se mantém na liderança como empresa dos sonhos dos brasileiros na última década; a Google é desejada principalmente entre os mais jovens

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Político pesa no Ibovespa, projeções melhores para VIIA3 e outros destaques do dia

A inflação global elevada e as apostas cada vez maiores de que o mundo deve enfrentar um cenário de recessão econômica continuam alimentando os ursos do mercado financeiro nos quatro cantos do mundo, monopolizando a atenção dos investidores.  Mesmo com um cenário marcado por uma forte aversão ao risco, os principais índices de Wall Street […]

AUMENTA O SOM

Ex-ministro Milton Ribeiro diz ter recebido ligação de Bolsonaro sobre busca e apreensão — ouça o áudio

O telefonema ocorreu em 9 de junho, antes do ex-chefe da pasta da Educação ter sido alvo da operação da Polícia Federal (PF), deflagrada na quarta-feira (22)

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies