🔴 [EVENTO GRATUITO] COMPRAR OU VENDER VALE3? INSCREVA-SE AQUI

Estadão Conteúdo
Maquininha aberta

Santander espera aval do Banco Central para levar Getnet à bolsa

Enquanto dá andamento ao processo para se tornar empresa aberta, adquirente está separando seus negócios do banco

getnet
Imagem: Reprodução/Youtube

O Santander Brasil está na expectativa de receber o aval do Banco Central para avançar com a listagem da Getnet, sua empresa de maquininhas, no Brasil e nos Estados Unidos, apurou o Estadão/Broadcast.

Enquanto a bênção ainda não vem, a empresa já entregou, na semana passada, os documentos necessários para iniciar as operações na B3 e na Nasdaq, berço de tecnologia dos EUA.

Em paralelo, o negócio da Getnet está sendo segregado do banco dentro da estratégia de dar vida própria à empresa e torná-la parte de uma operação global de pagamentos do conglomerado.

A proposta de segregação da participação acionária do Santander Brasil na Getnet foi aprovada no fim de março.

Dessa forma, automaticamente, a empresa de maquininhas estará cotada tanto no Brasil quanto nos EUA, assim como o próprio Santander Brasil.

Na última sexta-feira, 14, a Getnet entrou com pedido na Comissão de Valores Mobiliários (CVM) para ser uma empresa aberta. A solicitação é para a categoria A, ou seja, que permite a emissão de ações.

Não há atrelada, contudo, uma solicitação para uma oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês), de acordo com informações da autarquia. O mesmo processo foi feito com a Nasdaq, conforme informações no site da SEC, a CVM americana.

No primeiro trimestre, a Getnet capturou R$ 86,8 bilhões, volume 46,62% maior que o visto um ano antes. O lucro líquido foi de R$ 110 milhões no primeiro trimestre deste ano. Já em 2020, o resultado foi de R$ 359 milhões.

A base de clientes ativos da Getnet atingiu 875 mil ao fim de março, 14% de crescimento em um ano.

Compartilhe

AINDA NA FASE BETA

Criptomoedas no crédito: Binance e Mastercard lançam cartão pré-pago na Argentina

4 de agosto de 2022 - 17:05

Ainda em fase de testes, os clientes podem fazer compras com criptomoedas, usando o cartão de crédito; a conversão da moeda digital em pesos argentinos acontece em tempo real

Mais roxo, menos vermelho

Sai da frente! Nubank deve ultrapassar Santander em compras no cartão no segundo trimestre

2 de agosto de 2022 - 12:54

Analistas do Goldman Sachs veem Nubank dobrando sua participação em transações com cartões no Brasil num intervalo inferior a dois anos

CARTÕES

O PIX vai acabar com as maquininhas de cartão? O Itaú BBA diz que não — e indica uma ação barata para comprar

25 de maio de 2022 - 13:05

O PIX não é um vilão para o mercado de cartões e está ganhando espaço principalmente das transações em dinheiro, de acordo com os analistas do banco

FUTURO BATE À PORTA

Pagar conta com criptomoeda? A Visa mostra que é possível: uso de cartão em bitcoin (BTC) explode e atinge US$ 2,5 bilhões no trimestre

31 de janeiro de 2022 - 18:29

Em julho, a empresa norte-americana havia informado que o uso do plástico vinculado a criptomoedas atingiu US$ 1 bilhão nos primeiros seis meses do ano passado

DE OLHO NA OPERAÇÃO

XP (XPBR31) e Inter (BIDI4) sobem embalados pelas prévias operacionais; Goldman Sachs vê potencial de alta de 116,5% em ações da XP

11 de janeiro de 2022 - 16:49

Papéis do Banco Inter (BID4) têm dia de volatilidade alta, XP (XPBR31) sobe com força após publicação de dados operacionais favoráveis

Banco digital

Nubank baixa a pedida do IPO e agora pode chegar à bolsa valendo até US$ 41 bilhões

30 de novembro de 2021 - 10:19

Para convencer os investidores a comprar as ações, o Nubank reduziu a faixa de preço por ação sugerida no IPO em aproximadamente 20%

Cartões

Santander avança em cisão da Getnet com registro na Nasdaq

27 de setembro de 2021 - 13:17

A empresa de maquininhas de cartão passará a ser negociada na bolsa de forma separada do Santander e obteve aval em agosto para listar certificados de ações (units) na B3

Momento ruim

Dinheiro de volta? Méliuz (CASH3) tem queda de dois dígitos após balanço do segundo trimestre – Veja por quê

16 de agosto de 2021 - 13:49

Ação mais que triplicou de valor somente este ano, mas números de hoje mostraram alguns problemas nos resultados operacionais da empresa

Aposta em diversificação

Ação da XP sobe após prévia do 2º trimestre, que tem evolução no crédito como destaque

20 de julho de 2021 - 15:28

Carteira da instituição financeira cresceu 43% em três meses, chegando a R$ 6,8 bilhões ao final de junho, e transações com cartões chegaram a R$ 2,1 bilhões

Comida mais cara

Covid e inflação acentuam perda do poder de compra do cartão alimentação, revela Fipe

13 de julho de 2021 - 7:13

Levantamento foi feito com base nos dados da Alelo entre janeiro de 2018 e maio de 2021, e no valor da cesta básica medido pelo Dieese

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar