Menu
2021-06-07T16:57:28-03:00
Renato Carvalho
Nova realidade

Inter coloca preço de R$ 57,84 por Unit em oferta primária

Empresa afirma que operação ainda precisa ser aprovada, e marca assembleia de acionistas para aumentar limite de capital

7 de junho de 2021
9:54 - atualizado às 16:57
Sede da bolsa norte-americana Nasdaq reproduz o logo do Inter
Sede da bolsa norte-americana Nasdaq reproduz o logo do Inter - Imagem: Reprodução Twitter

O Banco Inter deu mais um passo rumo ao acordo com a Stone. A companhia divulgou nesta segunda-feira (07) o preço que pretende fixar por Unit em sua oferta pública de ações.

Ao mesmo tempo em que ressalta a necessidade de aprovação da operação, e que ainda “está avaliando” a realização da oferta, o Inter colocou o preço de R$ 57,84 por Unit.

Este valor representa um desconto de 12,6% em relação ao preço de fechamento da última sexta, 4, de R$ 66,24 por Unit.

O papel acumula uma valorização de 467% no espaço de 12 meses. Não por acaso, recentemente o Inter decidiu fazer uma reestruturação bem importante, passando a ter suas ações listadas na bolsa norte-americana Nasdaq. Por aqui, serão negociados somente Brazilian Depositary Receipts (BDRs). 

E a parceria com a Stone também faz parte desta reestruturação. No documento divulgado hoje, o Inter reitera que a empresa de meios de pagamento vai adquirir ações ON ou Units no limite de até 4,99% do capital do banco, investindo até R$ 2,5 bilhões.

Neste sentido, o banco digital convocou uma Assembleia Geral Extraordinária (AGE) para que seus acionistas deliberem sobre um aumento do limite de capital autorizado, dos atuais R$ 5 bilhões para R$ 12 bilhões.

Os números mais recentes dão suporte para esta necessidade de ter mais espaço de crescimento. O Inter ultrapassou a marca de 10 milhões de contas digitais, e somente entre janeiro e março deste ano, foram quase 1,8 milhão de novos correntistas.

No segmento de cartões, mais interessante para a Stone, o Inter conseguiu aumentar em 156% o número de unidades utilizadas, para mais de 3,4 milhões. O volume de transações superou os R$ 7,6 bilhões, crescimento de 173% em um ano.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

Fome para crescer

Em mais uma aquisição, Magazine Luiza se fortalece em food services com a Plus Delivery

Segundo a varejista, plataforma de entrega de comida tem cerca de 1.500 restaurantes parceiros e atende mais de 250 mil clientes por mês

mercados hoje

Bolsa opera com alta volatilidade, à espera de fala de Powell; dólar avança

Mesmo com uma queda acentuada do petróleo nesta manhã, o setor vê a commodity nos maiores níveis desde o início da pandemia, com a retomada das atividades

O melhor do Seu Dinheiro

A rima das commodities, último capítulo da novela da MP da Eletrobras e outros destaques

A história não se repete, mas rima. Se Mark Twain fosse um analista do mercado financeiro, provavelmente seria um grande especialista em ciclos econômicos. Logo no começo da crise da covid-19, quem ousasse falar em investir em commodities ou ações de empresas produtoras de matérias-primas seria taxado de louco. As cotações de todas elas — […]

SINAIS DO BC

COMPARATIVO: Veja o que mudou na ata da reunião do Copom

Veja o que mudou e o que permanece igual na ata da última reunião do Copom — o BC elevou a Selic em 0,75 ponto percentual, para 4,25% ao ano

Outro escorregão

Bitcoin perde os US$ 30 mil, menor patamar desde janeiro; Confira como anda o mercado cripto

Isso motivou a queda das dez principais criptomoedas do mercado, em especial do Dogecoin, que cai quase 25%

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies