2019-10-14T14:10:36-03:00
De olho nos números

Magazine Luiza, Rumo, Cosan, Eletrobras e Itaúsa: os balanços que vão movimentar os mercados nesta terça-feira

Pregão deve ser de digestão dos resultados divulgados pelas companhias de capital aberto

12 de agosto de 2019
20:15 - atualizado às 14:10
Com ações despencando, o que esperar da varejista e suas concorrentes? É o fim? - Imagem: Divulgação

Depois da ressaca vivida na segunda-feira pelos resultados eleitorais da Argentina, o mercado deve ganhar novo combustível de volatilidade nesta terça-feira (13): os balanços do 2º trimestre de 2019.

E resultados importantes estão por aí! O pregão deve ser de digestão dos resultados divulgados por Magazine Luiza, Itaúsa, Cosan, Eletrobras e Rumo. Confira os principais números de cada companhia.

Magazine Luiza

Olha como ela vem! A queridinha do mercado provou mais uma vez porque é merecedora desse posto. Superando todas as estimativas, o Magazine Luiza registrou um lucro líquido de R$ 386,6 milhões no 2º trimestre de 2019. O número, que ficou muito acima dos R$ 110,7 milhões projetados pelos analistas, representa um expressivo aumento de 174,7% na comparação com o mesmo trimestre do ano passado. E não para por aí: a geração de caixa medida pelo Ebitda da companhia fechou o período em R$ 379,9 milhões, alta de 21,6% e acima dos R$ 294,2 milhões esperados.

  • Lucro líquido: R$ 386,6 milhões (↑174,7%)
  • Ebitda: R$ 379,9 milhões (↑21,6%)
  • Receita líquida: 

Itaúsa

A holding de investimentos do banco Itaú também trouxe resultados positivos no 2º trimestre. Com lucro líquido de R$ 2,43 bilhões, a Itaúsa viu seu faturamento aumentar 19% na comparação anual. Já o lucro líquido recorrente fechou em R$ 2,41 bilhões, alta de 11,2% ante o segundo trimestre de 2018. Destaque para o aumento das despesas, que passaram de R$ 23 milhões um ano antes para R$ 26 milhões agora, graças ao aumento da estrutura administrativa da empresa que envolveram projetos de fusões e aquisições e investimentos em tecnologia.

  • Lucro líquido: R$ 386,6 milhões (↑174,7%)
  • Ebitda: R$ 379,9 milhões (↑21,6%)

Rumo

A empresa de logística conseguiu reverter um prejuízo registrado no segundo período do ano passado e fechou o período deste ano com lucro líquido de R$ 185 milhões. O resultado ficou em linha com a projeção de analistas (R$ 173 milhões). A geração de caixa via Ebitda também veio dentro do esperado e fechou junho em R$ 924 milhões. Em documento de divulgação dos resultados, a Rumo apontou que o segundo trimestre foi "atípico" em termos de dinâmica de mercado, com o grande volume de milho transportado no período compensando o atraso no comércio da safra de soja.

  • Lucro líquido: R$ 185 milhões
  • Ebitda: R$ 924 milhões (↑1,9%)
  • Receita líquida: R$ 1,729 bilhão (↑3,9%)

Eletrobras

A Eletrobras registrou lucro líquido de R$ 5,56 bilhões no segundo trimestre deste ano, avanço em relação ao ganho de R$ 1,3 bilhão do mesmo período de 2018. No período de abril a junho, a empresa teve receita de vendas de R$ 6,64 bilhões, frente à cifra de R$ 5,9 bilhões registrada no segundo trimestre do ano passado. A compra de energia para revenda custou R$ 466 milhões e os encargos para uso da rede elétrica, R$ 575 milhões.

Cosan

A Cosan registrou lucro líquido de R$ 418,3 milhões no segundo trimestre de 2019, revertendo prejuízo de R$ 64,3 milhões de igual período de 2018. O Ebitda da companhia somou R$ 1,409 bilhão, contra R$ 803 milhões no mesmo trimestre de 2018, alta de 75,5%. Já a dívida líquida cresceu 18,4% entre os períodos, para R$ 12,875 bilhões. Com isso, a alavancagem, medida pela relação dívida líquida/Ebitda, fechou em 30 de junho em 2,1 vezes, ante 1,8 vez em igual data do ano anterior.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente
Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

RAIO-X DO ORÇAMENTO

Fundo eleitoral, emendas do relator e reajuste dos servidores: 3 pontos do Orçamento para 2022 que mexem com a bolsa esta semana

Entre emendas parlamentares superavitárias e reajuste dos policiais federais, o Orçamento deve ser publicado no Diário Oficial na segunda-feira (24)

PEC DOS COMBUSTÍVEIS

Tesouro pode perder até R$ 240 bilhões com PEC dos Combustíveis e inflação pode ir para 1% — mas gasolina ficará só R$ 0,20 mais barata; confira análise

Se todos os estados aderirem à desoneração, a perda seria de cifras bilionárias aos cofres públicos, de acordo com a XP Investimentos

Seu Dinheiro no Sábado

E a bolsa ainda pulsa: os grandões do Ibovespa brilham e puxam o índice — mas e as demais empresas?

Além do ciclo aquecido das commodities e da entrada de recursos estrangeiros, também vale lembrar o desconto nos ativos domésticos

BITCOIN (BTC) HOJE

Bitcoin (BTC) aprofunda queda da semana e é negociado aos US$ 35 mil hoje pela primeira vez em seis meses; criptomoeda já caiu 17% em sete dias

Especialista dá dicas de como sobreviver ao momento de “sangria” do mercado de criptomoedas — e o que não fazer no desespero

Dê o play!

A bolsa ainda pulsa, mas será um último suspiro? O podcast Touros e Ursos discute o cenário para o Ibovespa

No programa desta semana, a equipe do Seu Dinheiro discute o cenário para o Ibovespa e os motivos que fazem a bolsa brasileira subir