Menu
2019-06-13T11:42:53-03:00
Kaype Abreu
Kaype Abreu
Jornalista formado pela Universidade de Federal do Paraná (UFPR). Fez curso de jornalismo econômico oferecido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) e colaborou com Estadão, Gazeta do Povo, entre outros veículos.
Mais uma

Em nova oferta pela Netshoes, Magazine Luiza oferece mesmo valor que a Centauro

Disputa começou em 23 de maio, quando a Centauro fez uma oferta hostil para comprar a empresa, a US$ 2,80 por papel; primeira oferta foi do Magalu, US$ 2

13 de junho de 2019
9:00 - atualizado às 11:42
Fila de consumidores em frente à loja Magazine Luiza na Avenida Senador Teotônio Vilela, Cidade Dutra
Imagem: Estadão Conteúdo/Sérgio Neves

Um dia após a repercussão de uma nova oferta da Centauro pela Netshoes, o Magazine Luiza elevou novamente sua proposta pelo site de produtos esportivos. Dessa vez propondo US$ 3,70 por ação, assim como a Centauro.

O mercado reagiu com animação. Por volta das 11h15 desta quinta-feira, 13, as ações da Netshoes listadas na bolsa de Nova York operavam em forte alta, de 11%, cotadas a US$ 3,83. Os papeis do Magazine Luiza na bolsa brasileira seguiam um ritmo mais leve, numa alta de 2,63%, a R$ 283,46. Confira nossa cobertura dos mercados de hoje.

A operação entre as duas empresas ainda será submetida à deliberação dos acionistas da Netshoes em uma assembleia convocada para amanhã, 14. Caso aprovada, deve ser concluída até o dia 19 de junho.

Segundo o Magalu, o Conselho de Administração da varejista de artigos esportivos reiterou "por unanimidade" sua recomendação para que seus acionistas votem a favor dessa operação.

Quem dá mais?

A briga pela Netshoes começou em 23 de maio, quando a Centauro fez uma oferta hostil para comprar a empresa, a US$ 2,80 por papel. Até então o destino do site de artigos esportivos estava praticamente certo com a oferta que o Magalu havia feito no final de abril, de US$ 2 por ação.

O contra-ataque veio em 26 de maio, quando o Magazine Luiza ofereceu US$ 3,00 por ação da Netshoes. Em seguida, a Centauro aumentou seu lance para US$ 3,50 por papel.

Foi então que o o Conselho de Administração da Netshoes mostrou-se favorável à proposta feita pelo Magazine Luiza, alegando que a Centauro não fornecia garantias suficientes em relação à condição financeira da companhia.

A Centauro não desistiu: nesta semana elevou novamente sua proposta, chegando a US$ 3,70, oferecendo um empréstimo de R$ 120 milhões para reforço de capital de giro da empresa, entre outras coisas.

Situações distintas

Netshoes e Magazine Luiza estavam em situações distintas, conforme contou por aqui o repórter Vinícius Pinheiro.  Quando que abriu capital em Nova York, há dois anos, a Netshoes era apontada como grande aposta na renovação no varejo brasileiro. Mas o fôlego se mostrou curto.

No terceiro trimestre do ano passado, a empresa registrou prejuízo líquido de R$ 140,6 milhões, quase o triplo do mesmo período de 2017. A dívida líquida da Netshoes somava pouco mais de R$ 140 milhões ao fim de setembro do ano passado.

Já o Magalu, depois de abrir o capital em 2011, a chegou ter a ação negociada abaixo de R$ 1,00. Mas sob o comando de Frederico Trajano, a varejista se reinventou como uma plataforma multicanal. No primeiro trimestre deste ano, a empresa registrou lucro de R$ 132 milhões e avanço expressivo no e-commerce.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

Check up dos investimentos

O que considerar na hora de avaliar o desempenho da sua carteira – e quais ferramentas podem te ajudar

Montei um guia para você saber tudo que precisa levar em consideração na hora de avaliar o desempenho da sua carteira de investimentos, principalmente se você investe por meio de diversas instituições financeiras. Também listei algumas ferramentas que podem te ajudar na empreitada.

DE OLHO NO NUBANK

Número de contas do Nubank cresce 485%, mas prejuízo também acelera e chega a R$ 312,7 milhões

Mas nem tudo foi ruim. De acordo com o documento apresentado pela fintech, o Nubank fechou o ano passado com 16 milhões de contas, sendo que 45 mil foram apenas contas voltadas para pessoas jurídicas (PJs)

AVERSÃO AO RISCO

‘Índice do medo’ dispara mais de 48% em meio a movimento de aversão ao risco no mundo

Seguindo na mesma direção, o ouro também apresentou alta na tarde desta segunda-feira por conta do movimento de busca por proteção

ECONOMIA

Carnaval 2020 deve movimentar R$ 8 bilhões na economia, diz CNC

Segundo a CNC, “a recuperação gradual da atividade econômica, combinada à inflação baixa” tendem a refletir na recuperação moderada dos serviços turísticos

AVIAÇÃO

Empresa americana ExpressJet Airlines compra 36 aviões da Embraer

A companhia anunciou também que vai diminuir gradualmente a sua frota de aeronaves E175 para acelerar o crescimento e se tornar uma companhia mais eficiente

PESQUISA

Avaliação do governo Bolsonaro fica estável em fevereiro, mostra pesquisa

A expectativa da população para o restante do mandato de Bolsonaro também não variou. Para 40%, a perspectiva é ótima ou boa e para outros 33% é ruim ou péssima

ECONOMIA

Bolsonaro diz que PIX do BC trará mais agilidade e menos custos ao cidadão

O PIX será disponibilizado pelas instituições financeiras a partir de 16 de novembro

Uns crescem, outros recuam

Desigual, recuperação do mercado imobiliário se concentra no Sudeste

Construtoras mantiveram a política de fechamento de postos de trabalho em 14 Estados em 2019

Incentivo à economia

China vai flexibilizar política monetária em resposta a coronavírus

Objetivo é auxiliar a economia do país a se fortalecer em meio aos impactos econômicos do surto da doença

Entrevista

Diretor do FGC: “sempre é melhor prevenir do que improvisar”

Daniel Lima defende as mudanças previstas no texto de Resolução Bancária enviado pelo governo

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements