Menu
2019-05-29T16:31:47-03:00
Kaype Abreu
Kaype Abreu
Formado em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Colaborou com Estadão, Gazeta do Povo, entre outros.
OFERTA HOSTIL

Centauro parte para briga com Magazine Luiza e ações do Netshoes disparam mais de 40% em Nova York

A Centauro fez uma oferta hostil pela Netshoes — agora, a proposta terá de ser submetida em assembleia de acionistas da Netshoes marcada para votar a venda a empresa ao Magazine Luiza. Reunião será no dia 30.

23 de maio de 2019
8:14 - atualizado às 16:31
Estátua de Centauro e um céu de nevoeiro
Estátua de Centauro - Imagem: Shutterstock

A Centauro está disposta a brigar pela Netshoes. A empresa apresentou, nesta quinta-feira (23), uma proposta para comprar a varejista online de artigos esportivos. E o lance é tentador: o valor é 40% maior que o ofertado pelo Magazine Luiza, no mês passado.

A proposta da Centauro foi de US$ 2,80 por ação da Netshoes, de acordo com fato relevante encaminhado pela empresa à Comissão de Valores Imobiliários (CVM). Ao todo, a operação somaria cerca de US$ 87 milhões. É um valor superior ao oferecido pelo Magazine Luiza, de US$ 2,00 por ação.

Com o anúncio, as ações da Netshoes dispararam na bolsa americana de Nova York. Os papéis da empresa, que terminaram o pregão de quarta-feira (22) valendo US$ 1,96, subiram 43,88% hoje, atingindo US$ 2,82 — ligeiramente acima, portanto, do preço ofertado pela Centauro.

Trata-se de uma oferta hostil, ou seja, quando uma empresa envia uma proposta de compra a outra sem alinhar os termos com a companhia que é alvo de aquisição. Em casos como esse, o conselho de administração pode avaliar a proposta e enviar uma recomendação de voto aos acionistas. A decisão final entre aceitar ou não feita em assembleia de acionistas.

Em meio à disputa, as ações ON da Centauro (CNTO3) terminaram a sessão em queda de 0,44%. Já os papéis ON do Magazine Luiza (MGLU3) avançaram 0,11%.

Disputa acirrada

No mês passado, a Netshoes chegou a fechar um acordo de venda de suas ações para o Magazine Luiza, por US$ 62 milhões. A fusão, no entanto, ainda precisa do aval dos acionistas da Netshoes, que devem se reunir em Assembleia Geral Extraordinária na próxima quinta-feira, 30.

A Centauro diz que se debruçou sobre o acordo da Netshoes com o Magalu e identificou a possibilidade de apresentação de propostas concorrentes. Mas, para isso, a oferta teria de ser superior a feita anteriormente e precisaria ser apresentada antes da reunião dos acionistas que decide sobre a venda da empresa.

"(Fizemos uma) análise pormenorizada da estrutura do "Agreement and Plan of Merger”, identificando mecanismo que regula a possibilidade de apresentação por qualquer terceiro de proposta concorrente ao board of directors da Netshoes, o qual, diante do dever fiduciário de seus membros perante os acionistas daquela sociedade, está obrigado a avaliar proposta de aquisição da totalidade das ações da Netshoes, desde que seja apresentada de boa-fé por terceiros interessados antes da realização da Special Shareholders Meeting da Netshoes (que está
agendada para ocorrer em 30 de maio de 2019) e contemple uma transação que é capaz de ser consumada prontamente e que seja mais favorável aos acionistas da Netshoes sob a ótica financeira, quando comparada aos termos atuais da transação existente", explicou a Centauro, em comunicado.

A empresa disse ainda que vai comunicar a Netshoes que dispõe de financiamento em bancos de primeira linha com potencial para financiar a aquisição de 100% da Netshoes.

Caso desista da fusão anunciada no mês passado, a Netshoes deverá pagar ao Magazine Luiza uma multa de US$ 1,8 milhão, segundo o formulário anual 20-F entregue pela Netshoes à Securities and Exchange Commission (SEC).

O Seu Dinheiro entrou em contato com Magazine Luiza e Netshoes e aguarda posicionamento.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

Energia elétrica

IPCA pode ir a 6,5% na bandeira vermelha

A bandeira vermelha 2, que tem custo adicional de R$ 6,243, iria a R$ 7,571 caso adotada a proposta da consulta pública

Esquenta dos Mercados

Relatório da inflação, leitura do PIB dos EUA e queda de ministro devem guiar a bolsa hoje

Assim como uma noite no deserto, o investidor deve ficar atento aos sinais para atravessar um momento de dificuldade

Volta ao original

Câmara rejeita emendas do Senado e retoma texto original de MP que eleva imposto para bancos

Deputados retomaram a alíquota de 25% na CSLL também para as agências de fomento e bancos de desenvolvimento estaduais

Para dar e vender

Defensivas e com potencial de crescimento: como as ações do setor de saúde ainda podem dar muitas alegrias na bolsa

A combinação de baixo endividamento, bons níveis de caixa e espaço para consolidação tornam as ações do segmento muito atrativas, segundo analistas

Fernando Cirne

A importância das fusões e aquisições para a Locaweb

Já avaliamos mais de 1.900 empresas e, desde o IPO, concluímos 10 importantes aquisições, que se somaram às outras seis concretizadas antes da abertura de capital

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies