Menu
2019-05-29T16:31:47-03:00
Kaype Abreu
Kaype Abreu
Formado em Jornalismo pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Colaborou com Estadão, Gazeta do Povo, entre outros.
OFERTA HOSTIL

Centauro parte para briga com Magazine Luiza e ações do Netshoes disparam mais de 40% em Nova York

A Centauro fez uma oferta hostil pela Netshoes — agora, a proposta terá de ser submetida em assembleia de acionistas da Netshoes marcada para votar a venda a empresa ao Magazine Luiza. Reunião será no dia 30.

23 de maio de 2019
8:14 - atualizado às 16:31
Estátua de Centauro e um céu de nevoeiro
Estátua de Centauro - Imagem: Shutterstock

A Centauro está disposta a brigar pela Netshoes. A empresa apresentou, nesta quinta-feira (23), uma proposta para comprar a varejista online de artigos esportivos. E o lance é tentador: o valor é 40% maior que o ofertado pelo Magazine Luiza, no mês passado.

A proposta da Centauro foi de US$ 2,80 por ação da Netshoes, de acordo com fato relevante encaminhado pela empresa à Comissão de Valores Imobiliários (CVM). Ao todo, a operação somaria cerca de US$ 87 milhões. É um valor superior ao oferecido pelo Magazine Luiza, de US$ 2,00 por ação.

Com o anúncio, as ações da Netshoes dispararam na bolsa americana de Nova York. Os papéis da empresa, que terminaram o pregão de quarta-feira (22) valendo US$ 1,96, subiram 43,88% hoje, atingindo US$ 2,82 — ligeiramente acima, portanto, do preço ofertado pela Centauro.

Trata-se de uma oferta hostil, ou seja, quando uma empresa envia uma proposta de compra a outra sem alinhar os termos com a companhia que é alvo de aquisição. Em casos como esse, o conselho de administração pode avaliar a proposta e enviar uma recomendação de voto aos acionistas. A decisão final entre aceitar ou não feita em assembleia de acionistas.

Em meio à disputa, as ações ON da Centauro (CNTO3) terminaram a sessão em queda de 0,44%. Já os papéis ON do Magazine Luiza (MGLU3) avançaram 0,11%.

Disputa acirrada

No mês passado, a Netshoes chegou a fechar um acordo de venda de suas ações para o Magazine Luiza, por US$ 62 milhões. A fusão, no entanto, ainda precisa do aval dos acionistas da Netshoes, que devem se reunir em Assembleia Geral Extraordinária na próxima quinta-feira, 30.

A Centauro diz que se debruçou sobre o acordo da Netshoes com o Magalu e identificou a possibilidade de apresentação de propostas concorrentes. Mas, para isso, a oferta teria de ser superior a feita anteriormente e precisaria ser apresentada antes da reunião dos acionistas que decide sobre a venda da empresa.

"(Fizemos uma) análise pormenorizada da estrutura do "Agreement and Plan of Merger”, identificando mecanismo que regula a possibilidade de apresentação por qualquer terceiro de proposta concorrente ao board of directors da Netshoes, o qual, diante do dever fiduciário de seus membros perante os acionistas daquela sociedade, está obrigado a avaliar proposta de aquisição da totalidade das ações da Netshoes, desde que seja apresentada de boa-fé por terceiros interessados antes da realização da Special Shareholders Meeting da Netshoes (que está
agendada para ocorrer em 30 de maio de 2019) e contemple uma transação que é capaz de ser consumada prontamente e que seja mais favorável aos acionistas da Netshoes sob a ótica financeira, quando comparada aos termos atuais da transação existente", explicou a Centauro, em comunicado.

A empresa disse ainda que vai comunicar a Netshoes que dispõe de financiamento em bancos de primeira linha com potencial para financiar a aquisição de 100% da Netshoes.

Caso desista da fusão anunciada no mês passado, a Netshoes deverá pagar ao Magazine Luiza uma multa de US$ 1,8 milhão, segundo o formulário anual 20-F entregue pela Netshoes à Securities and Exchange Commission (SEC).

O Seu Dinheiro entrou em contato com Magazine Luiza e Netshoes e aguarda posicionamento.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

Azul da cor do céu

Azul encerra 2020 com prejuízo de R$ 4,6 bilhões, mas com dinheiro em caixa

Com quase R$ 4 bilhões em caixa, o CEO da empresa acredita que na retomada para 2021 com boas perspectivas

o futuro já começou

Em breve, BRF vai vender carne cultivada em laboratório

Empresa assina memorando de entendimentos com startup israelense que desenvolve e produz carne a partir de células de boi

Exile on Wall Street

Uma dica de leitura e um pedido de ajuda

Conforme falei no Puro Malte, tenho muita dificuldade de ler livros de não ficção, especialmente em se tratando de Economia e Finanças. Boa parte desses livros caberia em dez páginas, sem qualquer demérito. As melhores ideias – simples e impactantes – conseguem se fazer entender em dez páginas. No entanto, por pressão do editor ou vaidade do […]

MERCADOS HOJE

Ibovespa sobe mais de 2% com avanço da PEC emergencial e votação do 2º turno ainda hoje; dólar recua

A queda no rendimento dos Treasuries no exterior também provoca uma reação positiva nos mercados emergentes. Lá fora, o mercado aguarda a fala de Jerome Powell na parte da tarde

óleo quente

Na frigideira, André Brandão deve deixar comando do Banco do Brasil

Notícias na mídia apontam nomes que podem substituir atual presidente do banco, que entrou em rota de colisão com Bolsonaro

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies