Menu
2020-06-05T11:20:00-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
dinheiro no caixa

Centauro levanta R$ 900 milhões em oferta de ações

Empresa deve usar os recursos para o financiamento de aquisições de empresas em curso e futuras que possam contribuir para a execução de sua estratégia de crescimento

5 de junho de 2020
6:59 - atualizado às 11:20
Centauro
Imagem: Divulgação

O Grupo SBF, dona da rede de artigos esportivos Centauro, anunciou que levantou R$900 milhões em uma oferta de ações. O valor dos papéis foi definido a R$ 30 cada.

Segundo a empresa, foram 30 milhões de novas ações. Seriam 25 milhões, mas foi exercido um lote adicional de 5 milhões de papéis ações - sendo que o limite desse lote era de 8,7 milhões ações.

Ontem, os papéis da Centauro (CNTO3) fecharam o dia cotados a R$ 31,50. As ações subiram cerca de 4% no mês e, no ano, acumulam uma baixa de 10,46%. O Ibovespa, principal índice acionário, acumula queda de 18% desde janeiro.

A Centauro pretende usar os recursos da oferta para o financiamento de aquisições em curso e futuras que possam contribuir para a execução de sua estratégia de crescimento.

A empresa anunciou em fevereiro a aquisição da Nike do Brasil, por R$ 900 milhões. A Centauro será a operadora do canal de vendas online da Nike no país, além de atuar como distribuidora exclusiva dos produtos da marca — incluindo aí os itens de vestuário e calçados, além de acessórios e equipamentos.

A oferta tem coordenação do Bradesco BBI (coordenador líder), BTG Pactual, Itaú BBA e Santander Brasil. A negociação das ações começa no dia 8. Neste mês, dia 26, a empresa divulga os resultados do primeiro trimestre.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

dados novos

Covid-19: Brasil chega a 72,8 mil óbitos e 1,88 milhão de casos

Até o momento, 1.154.837 de pessoas se recuperaram da doença

seu dinheiro na sua noite

A patada do urso da Califórnia

Desde o início da recuperação dos mercados após o pânico do mês de março, os investidores têm temido uma reversão nas medidas de reabertura das economias por conta de uma segunda onda de casos de coronavírus – ou simplesmente de uma piora da primeira onda nos países onde esta ainda não foi controlada. Ou seja, […]

números da construtora

Vendas líquidas da Cyrela no 2º trimestre somam R$ 818 milhões, queda de 57,3%

No acumulado do primeiro semestre, as vendas somaram R$ 2,175 bilhões, recuo de 26,6%

micro e pequenas empresas

Caixa recebe novo limite para Pronampe, agora de R$ 5,9 bilhoes

“Ajudar os pequenos empresários, tão importantes para o nosso país, faz parte da vocação da Caixa, especialmente nesse período de pandemia em que o consumo e a renda são afetados”, diz o presidente da Caixa, Pedro Guimarães

Azedou

Risco-Covid: Ibovespa vira e fecha nas mínimas com avanço da pandemia nos EUA

O Ibovespa perdeu força e voltou aos 98 mil pontos, repercutindo o aumento na percepção de risco após a Califórnia anunciar o fechamento de restaurantes e outros tipos de estabelecimentos por causa do aumento de casos do coronavírus no estado. O dólar também foi afetado e subiu a R$ 5,38

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements