Menu
2020-11-04T18:44:39-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
sinal verde

Nike do Brasil e Centauro terão de manter equipes separadas após aquisição

Cade aprovou compra de uma companhia pela outra; condições foram propostas por ambas

4 de novembro de 2020
15:15 - atualizado às 18:44
Centauro
Imagem: Divulgação

A aquisição da Nike do Brasil pelo Grupo SBF, controlador da Centauro, foi aprovada pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) com restrições.

As empresas se comprometeram a manter equipes separadas de distribuição dos produtos Nike, não trocar informações confidenciais, não discriminar pontos de venda em favor das lojas da Centauro, entre outros pontos.

Segundo o presidente do Cade, Alexandre Barreto, o acordo coloca em um documento intenções que haviam sido colocadas pela Centauro e pela Nike em contrato. "O que foi negociado reforça pontos destinados a mitigar eventuais riscos concorrenciais", disse.

Centauro e Nike

A Centauro anunciou em fevereiro que assumiria a operação da Nike do Brasil, em um negócio de R$ 900 milhões. O negócio envolve todas as operações comerciais da norte-americana no Brasil.

A empresa deve ficar responsável pelas megastores da marca em shopping center, operações em outlet, distribuição dos produtos da Nike para todas as varejistas multimarca do País e administração do e-commerce da marca. O prazo do contrato entre Nike e Centauro é de 10 anos.

O acordo exclui a coordenação da fabricação dos produtos - que é majoritariamente terceirizada a indústrias locais e continuará a ser feita pela matriz norte-americana -, as marcas e também ativos de marketing.

Embora o acordo tenham animado o mercado financeiro em um primeiro momento, com as ações da Centauro disparando, os papéis da empresa acumulam baixa de 30% neste ano.

A pandemia impôs uma série de desafios para varejista, que no segundo trimestre acabou registrando prejuízo de R$ 102 milhões e queda brusca das receitas.

*Com informações e Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

seu dinheiro na sua noite

E essa Black Friday em ano de crise, vai dar bom?

Estamos prestes a viver uma Black Friday num ano de forte crise, em que as pessoas ficaram confinadas em casa. Definitivamente não é o melhor dos cenários para uma data tão voltada para o consumo. Por outro lado, foi na internet que a Black Friday ganhou força no Brasil, e o e-commerce deu um enorme […]

alta de 32% no ano

Parte da desvalorização maior do real se deve à dívida, diz presidente do BC

Roberto Campos Neto lembrou que o encerramento do ano é, tradicionalmente, um período de mais remessas de recursos ao exterior

fim do dia

O rali continua: Ibovespa deixa Wall Street de lado e sobe quase 20% em novembro

Ações de CVC e siderúrgicas lideram alta do índice. Dólar cai com fluxo e divulgação do dado das contas externas e juros recuam de olho em fiscal

Em pleno calendário eleitoral

Senado aprova mudanças na Lei de Falências

O projeto amplia o financiamento a empresas em recuperação judicial, permite o parcelamento e o desconto para pagamento de dívidas tributárias e possibilita aos credores apresentar plano de recuperação da empresa

Olha o Gol

Boeing 737-8 Max é autorizado a retornar operações no Brasil pela Anac

A informação é vista com bons olhos pela Gol, que é a única credenciada a operar o modelo no Brasil.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies