🔴 3 ações para LUCRAR com a SELIC em alta: clique aqui e descubra quais são

2019-05-29T16:31:27-03:00
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Diretor de redação do Seu Dinheiro. Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA, trabalhou nas principais publicações de economia do país, como Valor Econômico, Agência Estado e Gazeta Mercantil. É autor dos romances O Roteirista, Abandonado e Os Jogadores
Disputa com Centauro

Magazine Luiza contra-ataca e eleva oferta pela Netshoes para US$ 93 milhões

A varejista decidiu elevar a oferta pelo site de produtos esportivos para US$ 3,00 por ação depois que a Centauro entrou na disputa com uma oferta hostil lançada na quinta-feira

26 de maio de 2019
21:02 - atualizado às 16:31
Site da Netshoes
Site da Netshoes - Imagem: Reprodução

Após a Centauro incendiar a disputa pela Netshoes ao lançar uma oferta hostil na quinta-feira, o Magazine Luiza (MGLU3) não deixou barato. Literalmente. A varejista decidiu elevar a oferta pelo site de produtos esportivos para US$ 3,00 por ação. Esse valor equivale a US$ 93 milhões – ou R$ 374 milhões, na cotação de sexta-feira.

A nova proposta foi aprovada pelo conselho de administração do Magalu, que inicialmente havia anunciado acordo para levar a Netshoes (NETS) por US$ 2,00 por ação (US$ 63 milhões) da companhia, que é listada na bolsa de Nova York (Nyse).

O Magalu já havia praticamente "calçado o tênis" da Netshoes quando surgiu a proposta da Centauro. O negócio, inclusive, foi aprovado pelo Cade, órgão de defesa da concorrência, no mesmo dia da divulgação da oferta concorrente.

Com o aval do Cade, o Magazine Luiza prevê que poderá concluir o negócio até o dia 12 de junho. O próximo passo decisivo no cronograma é a assembleia de acionistas da Netshoes, marcada para esta quinta-feira, dia 30 de maio.

As ações da Netshoes, que dispararam depois da oferta da Centauro, agora devem buscar o patamar da US$ 3 da nova proposta do Magalu no pregão desta segunda-feira.

Já o comportamento das ações do Magazine Luiza não é tão simples de prever. Os acionistas podem considerar que a Netshoes, uma empresa que hoje nem sequer é lucrativa, não vale tanto esforço (e dinheiro).

"O Magalu reforça a sua visão de que a aquisição da Netshoes potencializará as suas atividades e está em linha com a sua visão estratégica de diversificação de categorias, aumento da base ativa de clientes e de aumento da frequência anual de compra destes", informou a empresa, em comunicado divulgado neste domingo à Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Resta saber ainda como a Centauro (CNTO3) vai reagir, se é que vai reagir. Afinal, a varejista de produtos esportivos está com o caixa recheado para aquisições depois de abrir o capital na B3 no mês passado.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

Disputa pelos ares

China compra cerca de 300 aviões da Airbus, em novo golpe à rival Boeing

A Boeing citou repetidamente a China como essencial para seus planos de crescimento da produção, mas perdeu para a rival Airbus na encomenda mais recente do gigante asiático

ROTA DO BILHÃO

Warren Buffett: Como o megainvestidor acumulou uma fortuna de US$ 95 bilhões e se tornou o sexto homem mais rico do mundo

Aos 11 anos, Buffett fez seu primeiro investimento na bolsa de valores; CEO da Berkshire Hathaway, construiu riqueza com alocações a longo prazo e baixo risco

TRILHAS DE CARREIRA

Orgulho LGBTQIAP+ e carreira: três passos para a sua afirmação profissional

Sendo parte da comunidade LGBTQIAP+, sinto o dever de falar sobre carreira para todos os que, de alguma forma, não conseguem se ver representados no ambiente de trabalho

Fraqueza nos números

Entrega de veículos da Tesla (TSLA34) recua no segundo trimestre e vem abaixo da expectativa do mercado

Apesar do crescimento das vendas na comparação anual, houve uma queda em relação ao trimestre anterior

Mais uma vítima

Após tomar calote do 3AC, exchange Voyager Digital suspende saques, depósitos e negociações de clientes

Corretora de criptomoedas tomou calote de mais de US$ 670 milhões, mas, apesar de ter tomado empréstimos, precisou paralisar atividades

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies