Menu
2019-11-19T14:30:56-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Outro tipo de 4 e 20

Vitreo lança fundo de investimento em maconha para investidores do varejo

Trata-se do primeiro produto do tipo no Brasil aberto a qualquer tipo de investidor; aporte inicial mínimo é de R$ 5 mil

19 de novembro de 2019
14:24 - atualizado às 14:30
Maconha ações
Mercado de cannabis legal já é bilionário. Imagem: Shutterstock

A Vitreo lançou, nesta terça-feira (19), o primeiro fundo de investimento em maconha legalizada do país voltado para investidores de varejo, o Canabidiol Light.

No fim de outubro, a gestora já havia lançado o seu primeiro fundo de cannabis legal, o Vitreo Canabidiol FIA IE, voltado apenas para investidores qualificados. Ele investe em ações e fundos de índices (ETF, na sigla em inglês) de empresas americanas e canadenses de cannabis. Em duas semanas de mercado, o produto captou R$ 20 milhões.

Por concentrar seus investimentos em ativos no exterior, o primeiro fundo de maconha da Vitreo é restrito a investidores com mais de R$ 1 milhão em investimentos financeiros. Entenda os critérios para ser considerado investidor qualificado no Brasil.

O novo produto, porém, é aberto a qualquer tipo de investidor. Ele investirá apenas 20% no Vitreo Canabidiol FIA IE, limite máximo de investimento no exterior que um fundo aberto a todos os públicos pode ter. Os demais 80% dos recursos serão investidos em Tesouro Selic, o investimento mais conservador da economia brasileira.

O Canabidiol Light aceita investimentos a partir de R$ 5 mil e tem taxa de administração de 0,056% ao ano. Somada com a taxa ponderada do Vitreo Canabidiol FIA IE e a taxa de custódia de 0,02% ao ano, o custo total do investimento no fundo sai por 0,452% ao ano.

De acordo com projeções da Euromonitor, o setor de cannabis legal movimentou US$ 12 bilhões em 2018 e deve bater os US$ 166 bilhões em 2025.

A Vitreo é uma gestora de fundos com um ano de operação e R$ 2,65 bilhões sob gestão. A instituição tem, entre seus sócios, Patrick O’Grady, Alexandre Aoude, Paulo Lemann e George Wachsmann. Cerca de 85% dos seus clientes são pessoas físicas não classificadas como investidores qualificados.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

em busca de energia limpa

Criptomoedas: Elon Musk diz que Tesla vendeu 10% do que detinha em bitcoin

Segundo executivo, operação prova que a criptomoeda poder ser liquidada facilmente “sem mover o mercado”

imunização

Governo de São Paulo adianta em 30 dias vacinação contra a covid-19; veja novas datas

Plano é vacinar toda a população adulta do estado, ao menos com a primeira dose, até o dia 15 de setembro

luto

Ex-presidente do BC Carlos Langoni morre de covid-19 no Rio

Carlos Langoni trabalhou no governo na virada das décadas de 1970 e 1980, quando foi presidente do BC; ele colaborou com a equipe econômica do ministro Paulo Guedes, quase 40 anos depois

nos eua

Nova ‘ação meme’? Orphazyme dispara quase 1400% em um dia e mercado não sabe por quê

Investidores da empresa aguardam uma importante atualização sobre um tratamento experimental para a doença de Niemann-Pick; sem novidades, mercado não sabe a razão da alta

entrevista

Superávit primário pode voltar em 2024, diz secretário do Tesouro

Jeferson Bittencourt diz que a melhora no quadro fiscal do País não é “sorte”; confira a entrevista

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies