BRASIL JOGA HOJE! Veja aqui como buscar lucros de mais de 160% com a Copa do Mundo

Cotações por TradingView
2019-11-19T14:30:56-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Outro tipo de 4 e 20

Vitreo lança fundo de investimento em maconha para investidores do varejo

Trata-se do primeiro produto do tipo no Brasil aberto a qualquer tipo de investidor; aporte inicial mínimo é de R$ 5 mil

19 de novembro de 2019
14:24 - atualizado às 14:30
Maconha ações
Mercado de cannabis legal já é bilionário. Imagem: Shutterstock

A Vitreo lançou, nesta terça-feira (19), o primeiro fundo de investimento em maconha legalizada do país voltado para investidores de varejo, o Canabidiol Light.

No fim de outubro, a gestora já havia lançado o seu primeiro fundo de cannabis legal, o Vitreo Canabidiol FIA IE, voltado apenas para investidores qualificados. Ele investe em ações e fundos de índices (ETF, na sigla em inglês) de empresas americanas e canadenses de cannabis. Em duas semanas de mercado, o produto captou R$ 20 milhões.

Por concentrar seus investimentos em ativos no exterior, o primeiro fundo de maconha da Vitreo é restrito a investidores com mais de R$ 1 milhão em investimentos financeiros. Entenda os critérios para ser considerado investidor qualificado no Brasil.

O novo produto, porém, é aberto a qualquer tipo de investidor. Ele investirá apenas 20% no Vitreo Canabidiol FIA IE, limite máximo de investimento no exterior que um fundo aberto a todos os públicos pode ter. Os demais 80% dos recursos serão investidos em Tesouro Selic, o investimento mais conservador da economia brasileira.

O Canabidiol Light aceita investimentos a partir de R$ 5 mil e tem taxa de administração de 0,056% ao ano. Somada com a taxa ponderada do Vitreo Canabidiol FIA IE e a taxa de custódia de 0,02% ao ano, o custo total do investimento no fundo sai por 0,452% ao ano.

De acordo com projeções da Euromonitor, o setor de cannabis legal movimentou US$ 12 bilhões em 2018 e deve bater os US$ 166 bilhões em 2025.

A Vitreo é uma gestora de fundos com um ano de operação e R$ 2,65 bilhões sob gestão. A instituição tem, entre seus sócios, Patrick O’Grady, Alexandre Aoude, Paulo Lemann e George Wachsmann. Cerca de 85% dos seus clientes são pessoas físicas não classificadas como investidores qualificados.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Dobradinha na Fazenda, as cinco ações para investir no governo Lula e o dia do bitcoin; confira os destaques desta quinta-feira

24 de novembro de 2022 - 19:45

Com o Dia de Ação de Graças fechando as bolsas em Nova York e a seleção brasileira fazendo a sua estreia na Copa do Mundo do Catar nas últimas horas do pregão, o dia foi de baixo volume de negócios na B3, mas o Ibovespa voltou a subir depois de duas sessões em queda.  Enquanto […]

FECHAMENTO DO DIA

Volume de negócios cai sem NY e com a Seleção Brasileira em campo, mas Ibovespa sobe forte com possível dobradinha na Fazenda; dólar recua

24 de novembro de 2022 - 19:21

A expectativa do mercado é que, caso o nome de Haddad seja confirmado, a nomeação do ex-presidente do BC possa servir de equilíbrio para as contas públicas

ENGORDANDO O CAIXA

Petrobras (PETR4) embolsa R$ 10,3 bilhões por cessão de parte do Campo de Búzios para CNOOC Petroleum; entenda o acordo

24 de novembro de 2022 - 19:10

O dinheiro é fruto de um dos contratos de partilha de produção do volume excedente da cessão onerosa do campo, que está localizado no pré-sal da Bacia de Santos

SEU DINHEIRO NA COPA

Brasil segue favorito ao hexa na Copa do Catar; veja quanto a aposta na Seleção está pagando após vitória contra a Sérvia

24 de novembro de 2022 - 18:05

A Espanha subiu do quarto para o segundo lugar entre as seleções favoritas depois de ter aplicado a maior goleada da primeira rodada

CARTEIRA RECOMENDADA

As 5 ações da Genial para investir no governo Lula: quais empresas podem sobreviver à inflação, ao juro alto e ao furo no teto de gastos?

24 de novembro de 2022 - 16:55

A carteira sofreu duas alterações com relação a setembro, e a corretora reforça que ainda tem duas atualizações para fazer, que levarão em consideração a dinâmica econômica e a escolha dos membros do novo governo

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies