Menu
2019-07-30T19:02:30-03:00
Estadão Conteúdo
Tropeço no varejo

Lojas Renner encerra trimestre com lucro líquido de R$ 235,1 milhões, queda de 14,4%

Gigante do varejo também registrou recuo na sua geração de caixa medida pelo Ebitda

30 de julho de 2019
19:02
Lojas Renner
Fachada da Lojas Renner, em São Paulo - Imagem: Itaci Batista/Estadão Conteúdo

A rede varejista Lojas Renner encerrou o segundo trimestre deste ano com um lucro líquido de R$ 235,1 milhões, resultado 14,4% inferior ao mesmo período do ano passado, quando somou R$ 274,7 milhões.

O resultado inclui ajustes provenientes da norma contábil IFRS 16, e, sem esse ajuste, o lucro líquido teria recuado 11,5%, para R$ 243,1 milhões.

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciações e amortizações) ajustado das operações de Varejo, que excluem os números referentes a produtos financeiros, recuou 0,6% entre abril e junho, para R$ 350,8 milhões, com margem de 17,4%, queda de 2,4 pontos porcentuais na comparação com o mesmo período de 2018.

Sem o IFRS 16, o Ebitda do varejo teria subido 2,8%, para R$ 362,8 milhões, com margem de 18%, queda de 1,8 ponto porcentual.

Já o Ebitda total ajustado subiu 1,8%, para R$ 441,9 milhões, com margem de 21,9%, queda de 2,5 pontos porcentuais.

No cálculo que exclui o IFRS 16, teria havido alta de 4,5%, para R$ 453,9 milhões, com margem de 22,5%, queda de 1,9 ponto porcentual.

De acordo com o diretor financeiro e de Relações com Investidores da Lojas Renner, Laurence Gomes, a redução da margem Ebitda sofreu efeito do programa de participação nos resultados da companhia, cuja provisão está maior.

"No ano passado, estávamos em função de um primeiro semestre de vendas abaixo do esperado, com provisão para participação nos lucros aquém do plano. Este ano é o contrário", disse o executivo ao Broadcast.

A receita líquida de mercadorias totalizou R$ 2,019 bilhões no segundo trimestre, uma expansão de 13,4% ante o mesmo período de 2018.

As vendas no conceito mesmas lojas, ou seja, em estabelecimentos abertos há mais de 12 meses, subiram 9,3%, o que representou uma aceleração frente ao ritmo de crescimento observado um ano antes, de 2,5%. Vale lembrar que os resultados do ano passado foram impactados pela greve dos caminhoneiros.

Ainda que as vendas tenham aumentado, a Renner continua anotando reduções na margem bruta, que caiu 1 ponto porcentual no segundo trimestre, chegando a 56,4%.

Segundo Laurence, a queda não está relacionada ao inverno tardio deste ano, mas sim ao câmbio de importação.

"Este ano tivemos um câmbio maior do que o câmbio contratado no mesmo trimestre do ano passado. Já esperávamos essa redução da margem bruta", afirmou. Para o resto do ano, o câmbio deve ter impacto neutro, de acordo com Laurence.

O executivo aproveitou para dizer, ainda, que o ritmo de remarcação de produtos foi "bastante saudável" no trimestre, com os níveis de estoque crescendo abaixo do crescimento da receita.

Semestre

Nos primeiros seis meses de 2019, o lucro líquido da Renner subiu 2,7%, para R$ 396,7 milhões. Excluindo os efeitos do IFRS 16, a alta foi de 6,5%, para R$ 411,2 milhões.

Já o Ebitda ajustado das operações de Varejo avançou 14%, para R$ 569,4 milhões, enquanto no cálculo sem IFRS 16 houve alta de 18,3%, para R$ 591,2 milhões. O Ebitda total ajustado subiu 10,9%, para R$ 758,2 milhões. Sem IFRS 16, o número subiu 14,1%, para R$ 780 milhões.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

SE PROTEJA

Títulos de renda fixa atrelados ao IPCA viram opção

Alta da inflação em outubro faz investidores e gestores avaliarem novas formas de proteção de patrimônio

SELEÇÃO DE NOTÍCIAS

BDR, bitcoin, shopping: o melhor do Seu Dinheiro na semana

O fim de semana chegou com uma notícia bastante esperada pelos investidores: a volta do Ibovespa ao patamar de 100 mil pontos. O principal índice da B3 foi impulsionado esta semana por dois acontecimentos. O primeiro deles foi o alívio das preocupações em torno do risco fiscal brasileiro, com políticos e governo demonstrando compromisso com a manutenção do teto de gastos. Outro tema foi a esperança de aprovação de um pacote de estímulos […]

TRIBUTAÇÃO

É ilegal tributar doação fora do país, diz Toffoli

Ministro votou pela inconstitucionalidade da cobrança de ITCMD quando patrimônio herdado ou doado está no exterior

Prévia do terceiro trimestre

Grandes bancos começam a olhar crise pelo retrovisor, mas com lucro ainda em queda

Lucro combinado de Itaú, Banco do Brasil, Bradesco e Santander deve aumentar em relação ao trimestre anterior, mas ainda ficará bem abaixo dos patamares de 2019

Coluna do Mioto

Vinte conselhos não óbvios de carreira

Estes são conselhos de carreira para jovens profissionais que tenham a ambição de serem promovidos e terem relevância dentro das suas empresas

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies