Menu
2019-03-29T12:02:58-03:00
Victor Aguiar
Victor Aguiar
Jornalista formado pela Faculdade Cásper Líbero e com MBA em Informações Econômico-Financeiras e Mercado de Capitais pelo Instituto Educacional BM&FBovespa e UBS Escola de Negócios. Trabalhou nas principais redações de economia do país, como Bloomberg, Agência CMA, Agência Estado/Broadcast e Valor Econômico.
Balanços

Lucro da Kroton cai 16,6% em 2018, para R$ 1,569 bilhão

A gigante do setor de educação registrou piora em seu lucro e Ebitda, tanto no quarto trimestre de 2018 quanto no dado consolidado do ano passado. Os resultados não consideram os números da Somos

29 de março de 2019
11:56 - atualizado às 12:02
kroton
Resultados da gigante do setor de educação foram divulgados nesta manhãImagem: Reprodução/Facebook

A Kroton terminou o ano de 2018 com lucro líquido de R$ 1,569 bilhão, cifra 16,6% menor que a registrada em 2017. No quarto trimestre do ano passado, o lucro da empresa chegou a R$ 269,3 milhões, queda de 31,1% na base anual — os resultados não consideram os números referentes à operação da Somos Educação.

No critério ajustado — que considera itens não recorrentes, amortização do intangível e impostos —, o lucro líquido da Kroton em 2018 foi de R$ 1,945 bilhão, queda de 13,2% em um ano. Nos três últimos meses do ano passado, o lucro ajustado totalizou R$ 403,4 milhões, cifra 17,4% menor que a verificada no mesmo período de 2017.

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebtida, na sigla em inglês) da Kroton também caiu, tanto no resultado de 2018 quanto no do quarto trimestre. No acumulado do ano passado, a linha totalizou R$ 2,028 bilhões (-10,1% ante 2017); entre outubro e dezembro de 2018, chegou a R$ 422,9 milhões (-11,1% na base anual).

O mesmo comportamento foi observado sob o critério ajustado: nesse caso, o Ebitda da gigante do setor de educação ficou em R$ 2,301 bilhões em 2018 (-6,1%) e em R$ 509,6 milhões no quarto trimestre (-4,6%).

A receita líquida, por outro lado, mostrou tendência diferente. Em 2018, a Kroton teve receita de R$ 5,55 bilhão, resultado praticamente estável ante 2017. No quarto trimestre do ano passado, a receita foi de R$ 1,41 bilhão, crescimento de 4,5%.

Assim, as margens da Kroton pioraram. A margem líquida caiu de 33,9% em 2017 para 28,3% em 2018 — no quarto trimestre do ano passado, ficou em 19,1%, ante 28,9% no mesmo período do ano anterior.

A margem Ebitda seguiu a mesma direção: em 2018, ficou em 36,5%, ante 40,6% em 2017; no quarto trimestre, chegou a 30%, abaixo dos 35,2% vistos nos três últimos meses de 2017.

Base de alunos

Ao final de 2018, a Kroton contava com 856,2 mil alunos em sua base, considerando graduação e pós-graduação — montante 2,3% menor que o do final de 2017, quando a base era de 876,1 mil alunos.

Esse resultado foi influenciado pela queda de 3,1% no total de estudantes de graudação, para 815,3 mil. Por outro lado, o número de alunos de pós graduação subiu 17,2% e chegou a 40,8 mil.

Considerando apenas o ensino presencial, o total de alunos da Kroton chegou a 365,3 mil no fim de 2018, queda de 4,6% ante o nível de fechamento de 2017. No segmento de EAD, a queda foi de 0,4%, para 490,8 mil estudantes.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

varejo online

B2W tem alta de 56% nas vendas e diminui prejuízo, que chega a R$ 43,8 milhões

Linha final do balanço é 57% melhor do que há um ano, enquanto mercado falava em prejuízo de R$ 60 milhões no terceiro trimestre; receita teve alta de 58,5% no período

cardápio de balanços

Suzano, Fleury e Totvs: os balanços que mexem com o mercado nesta sexta

São empresas cujas ações fazem parte da carteira teórica do Ibovespa – ou seja, os resultados das companhias ajudam a calibrar o índice

Sucessão no bancão

Milton Maluhy Filho será o novo presidente do Itaú Unibanco

Maluhy tem 44 anos e ingressou no Itaú em 2002. Após passar por diversas funções, o executivo ocupa o cargo de vice-presidente da área de riscos e finanças do maior banco privado brasileiro.

Big Techs

Resultados de Facebook, Google, Amazon, Twitter e Apple mexem com o mercado; veja números

Apesar dos resultados estarem bastante acima do esperado pelos analistas, as ações de algumas das gigantes caíram no pós-mercado em NY

Rombo

Governo Central tem déficit de R$ 76,1 bilhões em setembro

O resultado, que reúne as contas do Tesouro Nacional, Previdência Social e Banco Central, sucede o déficit de R$ 96,096 bilhões de agosto.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies