Menu
2019-10-24T10:44:20-03:00
Estadão Conteúdo
China-na-na

‘Estou em um país capitalista’, diz Bolsonaro na China

Na chegada à capital chinesa, o presidente destacou que há interesse por parte do Brasil e da China em ampliar o comércio entre os países e que está disposto a fazer o que for possível para que isso ocorra.

24 de outubro de 2019
10:25 - atualizado às 10:44
Presidente da República, Jair Bolsonaro
Imagem: Clauber Cleber Caetano/PR

No mês em que a República Popular da China completa 70 anos da revolução comunista, o presidente Jair Bolsonaro afirmou, em Pequim, que está em um país "capitalista".

Na chegada à capital chinesa, o presidente destacou que há interesse por parte do Brasil e da China em ampliar o comércio entre os países e que está disposto a fazer o que for possível para que isso ocorra. "Essa é a prioridade número um", afirmou a jornalistas no primeiro dia da visita oficial.

Ele disse que o encontro com o presidente chinês, Xi Jinping, do Partido Comunista, é "normal". "Devo estar com ele amanhã (sexta-feira, 25)", relatou. "O que for possível fazer para o desenvolvimento do País nós faremos", acrescentou.

Indagado sobre a pressão de parte do seu eleitorado para que explique o motivo da sua presença em um país comunista, ele respondeu: "Estou em um país capitalista".

Sobre outras críticas feitas à China no passado na área comercial, Bolsonaro falou que "não veio (a Pequim) para falar de questão política sobre a China". "Me recuso a falar", reagiu ao questionamento.

No ano passado, o presidente adotou uma retórica inflamada anti-China durante a campanha eleitoral e chegou a dizer que os chineses estavam "comprando o Brasil".

Nesta quinta-feira, 24, Bolsonaro voltou a adotar tom de neutralidade sobre a guerra comercial entre China e Estados Unidos. "Não é uma briga nossa. Nós queremos nos inserir sem qualquer viés ideológico nas economias do mundo."

O presidente da República foi recepcionado no aeroporto da capital pelo ministro do Comércio chinês, Zhong Chan. Após se instalar no hotel, ele deve fazer um passeio pela Muralha da China. Não há compromissos oficiais no período da tarde.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

alerta

Lockdown maior do que esperado pode gerar 1º semestre um pouco pior, diz presidente do BC

Com a vacina, o segundo semestre deverá registar uma taxa de crescimento econômico melhor, disse Roberto Campos Neto

Esquenta dos Mercados

Destaques do dia incluem saída de conselheiros da Petrobras, votação de PEC emergencial e dados do PIB

Como se não bastasse, a divulgação de dados da economia norte-americana deve influenciar na cautela da bolsa de hoje

temos um desafiante

Via Varejo supera projeções no 4º tri e mostra que quer a coroa do e-commerce

Reestruturação promovida pela administração e mudança de hábito dos consumidores faz vendas pela internet crescerem três dígitos

nova crise?

Após interferência, quatro conselheiros da Petrobras pedem para não ter mandatos renovados

Para Paulo Guedes, decisão de trocar o comando da estatal foi “satisfação política” que Bolsonaro deu aos caminhoneiros

Seu mentor de investimentos

Os segredos de um bom especulador: como ganhar dinheiro sem ter medo do lucro

Se para cada hora que gastar “treidando” você dedicar outras três estudando poderá até ser um ótimo especulador. Mas tem de seguir algumas regrinhas básicas

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies