🔴 AÇÃO QUE JÁ DISPAROU 1.200% E AINDA ESTÁ BARATA – VEJA QUAL

Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
No Seu Dinheiro você encontra as melhores dicas, notícias e análises de investimentos para a pessoa física. Nossos jornalistas mergulham nos fatos e dizem o que acham que você deve (e não deve) fazer para multiplicar seu patrimônio. E claro, sem nada daquele economês que ninguém mais aguenta.
tombo

‘Prévia’ do PIB e relatório Focus indicam menos otimismo para a economia em 2019

IBC-Br tem baixa de 0,73% em fevereiro ante janeiro; Relatório de Mercado Focus diminui projeção para 1,95%

Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
15 de abril de 2019
9:42 - atualizado às 10:37
Gráfico indicando queda
Gráfico indicando queda - Imagem: Shutterstock

Está cada vez mais difícil ficar otimista com o crescimento da economia brasileira. O Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br), considerado uma "prévia" do resultado do PIB, recuou 0,73% em fevereiro ante janeiro, na série com ajuste sazonal, informou a instituição na manhã desta segunda-feira, 15.

O índice de atividade calculado pelo BC passou de 138,15 pontos para 137,14 pontos na série dessazonalizada no período. Este é o menor patamar para o IBC-Br com ajuste desde maio do ano passado (133,15 pontos).

Pouco otimismo também para o Relatório de Mercado Focus. O documento diminuiu as expectativas sobre o PIB: de 1,97% para 1,95%. Há quatro semanas, a estimativa de crescimento era de 2,01%. Para 2020, o mercado financeiro alterou a previsão de expansão do produto de 2,70% para 2,58%. Quatro semanas atrás estava em 2,80%.

Câmbio e Selic estáveis

O relatório Focus também mostrou manutenção no cenário para a moeda norte-americana em 2019. A mediana das expectativas para o câmbio no fim deste ano seguiu em R$ 3,70 — igual ao mês anterior.

Para o próximo ano, a projeção para o câmbio no fim do período passou de R$ 3,75 para R$ 3,78, ante R$ 3,75 de quatro pesquisas atrás.

As projeções para a taxa básica de juros no fim de 2019 e 2020 também se mantiveram. O relatório Focus diz que a Selic fica em 6,50% ao ano. Há um mês, estava no mesmo patamar. Já a projeção para a Selic no fim de 2020 permaneceu em 7,50% ao ano, ante 7,75% de quatro semanas atrás.

No caso de 2021, a projeção seguiu em 8,00% — igual ao verificado um mês antes. A projeção para a Selic no fim de 2022 também permaneceu em 8,00%, mesmo patamar de um mês antes.

Em março, o Comitê de Política Monetária (Copom) anunciou a manutenção, pela oitava vez consecutiva, da Selic em 6,50% ao ano. Ao mesmo tempo, o BC indicou que, em seu cenário básico, o balanço de riscos para a inflação tornou-se simétrico.

Ou seja, o risco de uma inflação mais baixa - em função da ociosidade na economia - tem o mesmo peso do risco de uma inflação mais alta - por conta do andamento das reformas e do cenário externo. A instituição reiterou, porém, que manterá a "cautela, serenidade e perseverança" em suas próximas decisões, "inclusive diante de cenários voláteis".

No grupo dos analistas consultados que mais acertam as projeções (Top 5) de médio prazo, a mediana da taxa básica em 2019 seguiu em 6,50% ao ano, igual a um mês antes. No caso de 2020, seguiu em 7,50%, mesmo patamar de quatro semanas atrás.

A projeção para o fim de 2021 no Top 5 permaneceu em 8,00%. Há um mês, estava no mesmo patamar. Para 2022, a projeção do Top 5 também seguiu em 8,00%, igual ao visto um mês antes.

Projeção do IPCA 2019 passa de 3,93% para 4,03%

A projeção mediana para o IPCA 2019 atualizada com base nos últimos cinco dias úteis passou de 3,93% para 4,03%, conforme o Relatório de Mercado Focus. Houve 46 respostas para esta projeção no período. Há um mês, o porcentual calculado estava em 3,88%.

No caso de 2020, a projeção do IPCA dos últimos cinco dias úteis permaneceu em 4,00%. Há um mês, estava no mesmo patamar. A atualização no Focus foi feita por 41 instituições.

As projeções mais recentes do BC, considerando o cenário de mercado, apontam para inflação de 3,9% em 2019, 3,8% em 2020 e 3,9% em 2021. Elas constaram no Relatório Trimestral de Inflação (RTI) de março.

*Com Estadão Conteúdo 

Compartilhe

VOLTANDO À NORMALIDADE

Focus está de volta! Com o fim da greve dos servidores, Banco Central retoma publicações — que estavam suspensas desde abril

6 de julho de 2022 - 18:17

O Boletim Focus volta a ser publicado na próxima segunda-feira (11); as atividades do Banco Central serão retomadas a partir de amanhã

SEM NEGOCIAÇÕES

Servidores do Banco Central devem manter a greve e consulta a “dinheiro esquecido” segue fora do ar; entenda

30 de maio de 2022 - 17:02

Uma nova assembleia dos servidores do Banco Central deve acontecer amanhã (31), às 9h; sem avanço nas negociações, o Sindicato prevê a continuidade da greve

ELA VOLTOU

Muita coisa mudou na pesquisa Focus durante a greve dos servidores do Banco Central. Confira a evolução das projeções para a inflação e a Selic

26 de abril de 2022 - 10:58

Banco Central retomou nesta terça-feira a divulgação da pesquisa Focus; projeção para o IPCA foi a que mais se deteriorou nas últimas semanas

De olho na bolsa

Esquenta dos mercados: Bolsas no exterior avançam após balanço da Alphabet e Ibovespa aguarda decisão do Copom

2 de fevereiro de 2022 - 7:49

A definição da política juros é o grande destaque do dia no cenário local, com as estimativas apontando para uma Selic acima de 10%

De olho na bolsa

Esquenta dos mercados: Bolsas de Nova York caem, mas Europa sobe antes dos balanços do dia e Ibovespa mira em palestra de Paulo Guedes

1 de fevereiro de 2022 - 7:53

Além disso, os dados de emprego dos Estados Unidos voltam ao radar com a divulgação do relatório Jolts de hoje

Segredos da Bolsa

Esquenta dos mercados: Bolsas no exterior operam mistas, em semana de Copom, emprego nos EUA e aumento da tensão no mundo acelera alta do petróleo; confira

31 de janeiro de 2022 - 7:54

Além disso, o investidor deve permanecer de olho no balanço das big techs da semana, como Meta (Facebook), Alphabet (Google) e Amazon

De olho na bolsa

Esquenta dos mercados: Bolsas no exterior tentam se recuperar da queda após decisão do Fed e Ibovespa busca manter ritmo de alta mesmo com risco fiscal no radar

27 de janeiro de 2022 - 7:54

Depois de tocar os 112 mil pontos ontem (26), a bolsa brasileira precisa enfrentar o ajuste de carteiras ao novo cenário de juros altos

De olho na bolsa

Esquenta dos mercados: Bolsas buscam recuperação no exterior em dia de decisão do Fed e balanços; Ibovespa tenta manter boa fase de olho no IPCA-15

26 de janeiro de 2022 - 7:53

O Ibovespa conseguiu recuperar o patamar dos 110 mil pontos e a entrada do país na Organização pode acelerar a reforma tributária

Segredos da Bolsa

Esquenta dos mercados: Bolsas iniciam a semana em tom negativo, de olho na decisão do Fed; Ibovespa acompanha desdobramentos da inflação e PEC dos combustíveis

24 de janeiro de 2022 - 7:52

No cardápio da semana, os primeiros números do IPCA-15 e a tensão envolvendo os servidores públicos permanecem no radar

De olho na bolsa

Esquenta dos mercados: Bolsas seguem sob pressão, bitcoin (BTC) cai abaixo dos US$ 40 mil e PEC dos combustíveis liga alerta antes da abertura da B3

21 de janeiro de 2022 - 7:51

As atenções se voltam para a próxima quarta-feira (26), quando ocorrerá a próxima reunião do Federal Reserve sobre a alta nos juros este ano

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar