2019-05-14T06:45:34-03:00
Estadão Conteúdo
tensão comercial

BC chinês faz injeção de US$ 29,5 bilhões em meio a tensão comercial com EUA

A iniciativa tem o objetivo de compensar quaisquer impactos na liquidez relacionados a pagamentos tributários por empresas chinesas, entre outros fatores, informou o PBoC

14 de maio de 2019
6:45
China
China - Imagem: Shutterstock

O Banco do Povo da China (PBoC, o BC chinês) injetou recursos adicionais no sistema bancário por meio de uma ferramenta de crédito especial nesta terça-feira, 14, em meio ao acirramento da tensão comercial com os Estados Unidos.

O PBoC fez uma injeção de 200 bilhões de yuans, equivalente a US$ 29,5 bilhões, através de sua linha de crédito de médio prazo, valor que excedeu o total de empréstimos que vence no mesmo dia em 44 bilhões de yuans, segundo comunicado do BC chinês.

A iniciativa tem o objetivo de compensar quaisquer impactos na liquidez relacionados a pagamentos tributários por empresas chinesas, entre outros fatores, informou o PBoC, sem oferecer mais detalhes.

Os empréstimos de um ano foram oferecidos a bancos comerciais a uma taxa de juros de 3,3%, a mesma de operações anteriores.

Economistas dizem que a China provavelmente irá ampliar esforços para impulsionar o crescimento de sua economia à medida que suas desavenças comerciais com os Estados Unidos se agravam.

Pequim anunciou ontem planos de ampliar tarifas sobre US$ 60 bilhões em produtos americanos, em resposta à decisão de Washington de aumentar tarifas sobre US$ 200 bilhões em bens chineses na última sexta-feira (10).

Os Estados Unidos também revelaram a intenção de impor tarifa de 25% a mais US$ 300 bilhões em importações da China em meados deste ano. Fonte: Dow Jones Newswires.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

DESINVESTIMENTO

Sinal verde: Petrobras (PETR4) confirma a venda de participação na Bacia do Espírito Santo — negócio pode chegar a US$ 75 milhões

Do valor total, US$ 3 milhões serão pagos na data de assinatura dos contratos, US$ 12 milhões no fechamento da transação e até US$ 60 milhões em pagamentos contingentes

FRUTOS DO CASAMENTO?

Dividendos: Localiza (RENT3) e Unidas (LCAM3) distribuirão R$ 135,6 milhões; datas de corte serão às vésperas de fusão

A Unidas é quem distribuirá a maior quantia, cerca de R$ 82,6 milhões, já a Localiza pagará R$ 53 milhões aos acionistas

MUDANÇA CABELUDA

Espaçolaser (ESPA3) anuncia troca de CEO após dia de alta de até 20% na B3

Paulo Morais, que é um dos fundadores da companhia, detém 10,04% das ações ESPA3 e seguirá como membro do conselho de administração

ELEIÇÕES 2022

Mesmo após turbulências no governo, distância entre Lula e Bolsonaro segue praticamente inalterada no primeiro turno, mostra Datafolha

De acordo com levantamento, o petista tem 19 pontos de vantagem sobre o atual presidente — diferença equivalente à sondagem feita entre 25 e 26 de maio

Político volta a pesar no Ibovespa, Binance suspende saques e Inter tomba na estreia; confira os destaques do dia

Se nos primeiros meses do ano o cenário político foi mero figurante nas discussões do mercado financeiro, Brasília agora é protagonista absoluta e não houve um dia nas últimas semanas que os investidores locais tenham conseguido desviar dos acontecimentos na capital federal.  A crise na Petrobras (PETR4), que ainda aguarda um desfecho, é apenas um […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies