IPCA + 7,5%: receba esta e outras ofertas ‘premium’ de renda fixa no WhatsApp; clique aqui

Cotações por TradingView
2019-04-24T12:15:43-03:00
Victor Aguiar
Victor Aguiar
Jornalista formado pela Faculdade Cásper Líbero e com MBA em Informações Econômico-Financeiras e Mercado de Capitais pelo Instituto Educacional BM&FBovespa. Trabalhou nas principais redações de economia do país, como Bloomberg, Agência Estado/Broadcast e Valor Econômico. Em 2020, foi eleito pela Jornalistas & Cia como um dos 10 profissionais de imprensa mais admirados no segmento de economia, negócios e finanças.
Setor aéreo

Gol divulga previsões para o trimestre — e ações reagem mal

A companhia aérea projeta crescimento na margem Ebitda, mas também prevê aumento nas despesas operacionais

9 de abril de 2019
11:56 - atualizado às 12:15
Avião da Gol
Gol prevê crescimento da margem Ebitda, mas também projeta aumento nas despesas operacionais - Imagem: Shutterstock

A Gol divulgou hoje algumas projeções operacionais e financeiras para o resultado do primeiro trimestre deste ano.

Por um lado, a companhia aérea projeta leve crescimento na margem Ebitda — isto é, a relação entre o lucro antes de juros, impostos depreciação e amortização (Ebitda) e a receita líquida. Mas, por outro, os custos operacionais, excluindo as despesas com combustível, também devem subir.

Tais previsões são preliminares e não auditadas. E o saldo dessas estimativas, ao menos para as ações da empresa, é negativo nesta terça-feira: os papéis PN da Gol recuam 2,93% no momento, a R$ 23,49, e aparecem entre os piores desempenhos do Ibovespa na sessão de hoje.

Segundo a Gol, a margem Ebitda deve ficar entre 29% e 30% entre janeiro e março deste ano, acima dos 28% contabilizados no primeiro trimestre de 2018. Na mesma base de comparação, a empresa também diz esperar um crescimento de cerca de 3% na receita unitária por passageiro (Prask, na sigla em inglês) e na receita operacional (Rask).

Já os custos operacionais, excluindo as despesas com combustível (Cask ex-combustível), também devem aumentar 3% na comparação anual. Segundo a Gol, o aumento desse tipo de gastos está relacionado à depreciação do real entre os períodos.

Em termos de capacidade, a companhia aérea prevê crescimento de 5% no ASK, um indicador operacional que mede a relação entre a quantidade total de assentos disponíveis e a distância de cada etapa de voo.

Por fim, a Gol ainda afirma ter amortizado R$ 203 milhões de dívida durante os três primeiros meses de 2019. "A liquidez total no final do trimestre está estimada em R$ 3,5 bilhões", conclui a companhia aérea.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

AGENDA ESG

Itaú (ITUB4) capta R$ 2 bilhões em títulos sociais para investir em negócios liderados por mulheres

2 de fevereiro de 2023 - 10:33

O banco emitiu R$ 2 bilhões em letras financeiras sociais, também chamadas de social bonds, no mercado local

EXPLORANDO OPÇÕES?

Veja as primeiras explicações da Oi (OIBR3) para o pedido cautelar que pode anteceder seu retorno à recuperação judicial

2 de fevereiro de 2023 - 10:14

Oi (OIBR3) antecipa a possibilidade de um ingressar em um novo processo de recuperação judicial sem nem bem ter saído do primeiro

O MEDO NA ESQUINA

Bitcoin (BTC) se aproxima dos US$ 24 mil e sobrevive ao Fed e ao Facebook — mas as big techs ainda podem melar o rali das criptomoedas; entenda

2 de fevereiro de 2023 - 9:49

A semana dos balanços das empresas de tecnologia tem potencial de movimentar as cotações das maiores moedas digitais do mundo

Eleições 2026?

Em evento do Credit Suisse, Faria Lima ‘elege’ Tarcísio de Freitas presidente da República em 2026

2 de fevereiro de 2023 - 9:18

No evento do Credit Suisse, faltou cadeira para os interessados em ouvir o que o governador de SP tinha a dizer

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Feitiço do tempo no Banco Central: Selic em 13,75% ao ano, nova recuperação judicial da Oi (OIBR3), Santander abaixo das expectativas e outras notícias do dia

2 de fevereiro de 2023 - 8:00

Na noite de ontem, a Oi (OIBR3) entrou com pedido cautelar e pode estar se preparando para a segunda recuperação judicial em menos de dois meses

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies