Menu
2019-04-04T13:54:42-03:00
Estadão Conteúdo
"Acordo muito bom"

Trump sinaliza otimismo com a China ao dizer que Estados Unidos estão “muito próximos” de um acordo comercial

Em pronunciamento presidente norte-americano voltou a dizer que gosta de tarifas e que os EUA ganharam bilhões de dólares da China por causa delas

15 de fevereiro de 2019
15:49 - atualizado às 13:54
donald-trump
De acordo com Trump, enquanto outras economias estão "horríveis", a dos EUA está "fenomenal" - Imagem: Giphy

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou na tarde desta sexta-feira que americanos e chineses estão "muito próximos" de um "acordo muito bom", que será positivo para os dois países.

O comentário veio na esteira de uma nova rodada de negociações entre americanos e chineses em Pequim e antes de novas conversas marcadas para a próxima semana em Washington. "Sou um amigo do presidente da China, Xi Jinping. Nossas tarifas estão ferindo a economia deles. Nossa relação com a China está muito boa e, agora, eles respeitam o nosso país", afirmou o líder americano.

Em pronunciamento feito no jardim da Casa Branca, seguido de uma entrevista coletiva, Trump disse, novamente, que gosta de tarifas e que os EUA ganharam bilhões de dólares da China por causa delas. No entanto, de acordo com ele, "também adoro negociar e estamos fazendo isso agora com a China".

Trump não deu muitos detalhes nem aprofundou seus comentários sobre as negociações comerciais sino-americanas. No entanto, ele se mostrou cético quanto a um aval da oposição democrata caso um acordo com os chineses seja firmado. "Qualquer acordo que fizermos será contestado pelos democratas", disse o republicano, citando, diretamente, o líder republicano no Senado dos EUA, Chuck Schumer (Nova York).

O presidente também se gabou da força da economia americana. De acordo com ele, enquanto outras economias estão "horríveis", a dos EUA está "fenomenal". Ele se disse, também, ansioso para uma segunda cúpula entre ele e o líder da Coreia do Norte, Xi Jinping, que terá a ajuda da China e da Rússia.

Ainda sobre as relações comerciais dos EUA, Trump comentou que tem uma relação "muito boa" com o Reino Unido e disse acreditar que os britânicos irão se favorecer de um acordo comercial que for firmado com Washington, embora tenha colocado um sinal de cautela devido ao processo de divórcio entre o Reino Unido e a União Europeia (Brexit).

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

em meio à crise

Em reunião com empresários, Bolsonaro defende vacinação e diz não ter preocupação com CPI da Covid

Presidente e ministros participaram de uma videoconferência com o grupo que reúne os 50 maiores grupos privados do País

seu dinheiro na sua noite

Ação da Moura Dubeux caiu 50% desde o IPO. Ficou barata?

O ano de 2020 começou promissor para a economia brasileira e com boas perspectivas para a chegada de novas empresas à bolsa. A temporada de IPOs se iniciou nos primeiros dias de fevereiro, com a estreia da construtora Mitre, seguida da empresa de tecnologia Locaweb. Mais para meados do mês, vimos a abertura de capital […]

ampliação de sortimentos

Lojas Americanas compra Imaginarium e prevê aumentar marcas próprias

Companhia anunciou aquisição do Grupo Uni.co, mas não revelou valores; com negócio, Americanas avança sobre varejo especializado em franquias

FECHAMENTO

Mercado olha desconfiado para Orçamento e Ibovespa acompanha queda do exterior; dólar fica estável

Com a agenda de indicadores esvaziada e a véspera de feriado, os investidores acabaram optando pela cautela

Prioridade na Casa

Câmara aprova requerimento de urgência sobre projeto de privatização dos Correios

A medida permite que a proposta “fure” a fila de votação de projetos e pode agilizar o processo de desestatização

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies